Wampir Os vampiros existem!

Vampiro Élfo 5

Gone – Parte III

Sabe qual é a melhor parte dessa loucura toda de me isolarem? É deixar pensarem que eles possuem algum controle sobre mim! A ironia disso tudo é aquela merda de sempre, quando você acha que está “por cima da carne seca” na verdade você está embaixo, pois se... Continue lendo

Gone II 01 0

Gone – Parte II

Daniel POV Depois de um tempo afastado da Ordem eu achei que voltaria aqui por algum motivo bom, mas infelizmente não era isso que iria acontecer, a minha volta aqui talvez fosse uma das mais dolorosas da minha existência, hoje eu iria colocar minha pequena para hibernar e... Continue lendo

esgoto 6

Pelos esgotos da cidade

Ser quem eu sou me permite ir além dos lugares comuns à sociedade dita: normal. Afinal o mundo não se restringe a superfície, aos shoppings ou locais encontrados no Google maps. Vocês sabem que os vampiros, bruxas e lobisomens vivem à margem da sociedade. Mas afinal de contas... Continue lendo

goth cry 2

GONE

-Hey! Wake up sleepbeauty! ( Bom dia bela adormecida!) -What the fuck Steve? (Mas que porra Steve!) -Come on! It’s late! Get your ass from the bed!( Ah fala sério! Está tarde! Sai dessa cama!) -No! ( Não!) -Don’t be a fucking kid! Get up man! ( Não... Continue lendo

tumblr_m6gj7d4imH1qfs9y7o1_500 14

Que roupa um vampiro usa?

Não sei até que parte do meu livro vocês leram, mas está lá em vários lugares a informação de que eu já tive uma fábrica de roupa. Na verdade, as fábricas eram do clã, naquelas idas e vindas em Berlin de mil oitocentos e alguma coisa. Época boa,... Continue lendo

bolo aniversario 4

Wampir 8 anos no ar!

Não sou de comemorar aniversário, confesso que já fui muito festeiro, mas nos últimos anos o tempo me serve apenas para separar o dia da noite. Apesar disso eu entendo que os ciclos anuais são muito importantes para os humanos e isso me faz lembrar que o site... Continue lendo

Altar igreja católica 1

Em busca da fé

Até onde você iria em busca da fé? Sempre que saio para me alimentar vou em busca de novidades. Não que eu seja exótico a ponto e querer uma vítima nova a cada refeição. Digo isso no sentido de que não gosto de me alimentar sempre de um... Continue lendo