1º dia no outro lado do mundo

Olá pessoas e vampiros,

Bom cá estou, Japão. É pois é, vim parar aqui no final de semana. Na verdade cheguei faz pouco. Consegui uma carona num jatinho com um amigo, que me devia uma grana. Mesmo por que seria inviável eu vir direto de avião comercial.

Cara como Japão é louco, sabe revista em quadrinhos, to me sentindo dentro de uma, só tem doido nas ruas daqui. Olho pro lado e vejo o Elvis. Olho pra outro lado vejo uma menina com trajes primários, que mais parece uma puta fantasiada de heroína de gibi. Essas crianças não tem pai não? Ta ta no fundo eu sou um pouco conservador…

Bom, até agora não achei o vampiro líder da cidade, ou alguém com quem eu possa me comunicar. Meu contato me passou um nome e uma rua daqui, mas no momento procuro algum lugar para passar o dia.

Gostei deste negócio de internet liberada. Estou aqui escrevendo no blog pelo meu celular e vou tentar mandar uma foto do lugar tb.

Fui…

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: http://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Letycia Marie disse:

    Precisa de paz ne?? Queria poder ajudar…….se controle…hehe…isso pode te mar (piadinha legal)……preciso de mtas informações…..nao tenha um lapso de controle…ok??? Vamos ter q arranjar outro lugar pra isso…..por enquanto pavio loooooooongo…kk bju…

  2. Suellen Dahmer disse:

    Mais uma vez amore, não consigo ver tuas fotos, ai que vontade de ver.

    • Nossa ao rever estes posts do passado eu percebo como minha linguagem ainda estava digamos se adaptando a forma culta de hoje em dia… Desculpe quanto a foto minha querida, ela estava hospedada em um site que foi retirado do ar.