Amenize Minha Dor

Dando continuidade aos posts enviado por vocês, hoje eu publico este texto feito pela Baronesa em 96.
Baronesa concordo com você quando, tu comenta que na insônia a criatividade é ampliada. Com certeza boa parte deste primeiro livro que estou produzindo foi feita em momentos em que eu precisa de uma luz ou pelo menos tentar por as ideias no lugar.

OBS: Uma noite dessas me perguntaram sobre este espaço de FanArt e de suas possibilidades. Pessoal aqui é com vocês, podem enviar fotos, música, vídeos, textos… Divirtam-se!

**Amenize Minha Dor.**

Amenize a minha dor
Pois morro todos os dias
E distribuo minha falsa alegria
Por piedade e não por amor
Faça-me esquecer todo o medo!
Do saber do não saber da vida
Se arrastando futilmente no cotidiano
Vagando… Como uma alma perdida
Abrace-me! Proteja-me! Querido estranho.
Sei que observa as minhas lágrimas
E enxerga a escuridão em meu coração
Que anseia por algo que não compreende
Mas sente…
Fecho meus olhos, ouço sua voz distante…
E agora o que virá?
O que será?
Hoje…sei que nunca mais serei como sou.

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: http://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

45 Resultados

  1. Lin-Kun Cadu disse:

    Baronesa *.* Deixou esse povo no chinelo u.u

  2. rafizia-a-critica disse:

    Eu nasci em 96 mas a Baronesa já sabia como ia ser a minha história. Parabéns Baronesa. Sabe que eu até me identifiquei um pouco com o poema? me pergunto qntos anos agora você tem. xD. escreva mais hein Baronesa, você tem talento.

    P.S – Aguardando o texto do Victor e da Chet.

  3. rafizia-a-critica disse:

    Nem a sombra dela eu pude alcançar. rsrs. Está melhor do que o próximo texto que vou enviar pro Galego. Será que eu envio mesmo? Baronesa, não sei pq vc ficou com medo do povo te zoar, pq vc escreve super bem. o povo vai zoar “a mim” por causa do meu texto que vou enviar.

    Parabéns mais uma vez.

  4. Lin-Kun Cadu disse:

    Baronesa, não quero humilhar esse povo mas foi um dos melhores poemas que eu ja li, junto com a da Lella.

  5. Baronesa disse:

    Ai gente que bom que gostaram… Galego querido obrigado pela postagem, fico muito feliz viu…
    eu contumo colocar toda a minha essência quando escrevo. acho que tira todo o peso do coração quando você passa seus sentimentos para o papel.

  6. Lin-Kun Cadu disse:

    Se a Lella e a Vinicius de Moraes do site a Baronesa é o Carlos Drummond u.u ( se é que eu escrevi certo).

  7. Baronesa disse:

    rsrs..que honra Cadu. Mas é uma sacrilégio se comparar a estas feras.

  8. Moon disse:

    Pouco me importo Lin-Kun Cadu ja que tu não tem criatividade fazer oque né.

    Nossa Baronesa te aplaudindo de pé viu !
    Parabéns como disse temos poetas aqui no Site.

    Será que o Galego Vai Publicar o Meu e o Da Chet ?

  9. rafizia-a-critica disse:

    Bom, de poemas e poesia, não posso de dizer nada. Tem realmente poetas ake: lella, Lin(rsrsr), Baronesa, Moon e Xis. eu só finjo que escrevo alguma coisa pra tudo não ficar um tédio. não canso de te elogiar baronesa. vc num entendeu minha brincadeira de 96 e minha vida? bom tudo bem.

    Chet – quero ver seu texto

  10. Moon disse:

    kkkkk olha Rafizia Para Que Você é uma escritora e tens muita criatividade…
    Baronesa nota 1000 !

  11. Baronesa disse:

    Entendi sim. Rafizia rsrsrs, só que questão de idade incomoda um pouco, mas não sou nenhuma velhinha caquética não. Digamos que estou na idade ideal e hoje vivo intensamente cada oportunidade que me é proposta. 🙂
    Qualquer hora a gente se se vê pela cam e voce pode comprovar. 🙂

  12. Baronesa disse:

    Obrigado gente muito obrigado pelos elogios, na época que fiz esse texto me sentia muito sozinha, tinha uma janela no meu quarto que dava para uma pequena floresta, da minha cama podia ver o céu repleto de pontinhos cintilantes. então em meio a calmaria onde só se ouvia o barulho do mato e dos grilos eu despejava todo o meu sentimentos nesses textos. Em breve mandarei outro.

  13. ChetFriedrichAlighieri disse:

    Parabêns Baronesa,Você escreve Muito bem.A clareza do poema e os sentimentos a flor da pele são tudo de bom!
    Ah, e só para avisar, eu nao vou mais escrever não.

  14. Moon disse:

    Poxa Chet Estavamso Ansiosos pelos Seus Poemas e Agora ???

  15. Moon disse:

    Só Falta A Rafizia-a-Critica Mandar o Dela Para O Galego E Ele postar… né ?

  16. Janielly Rodrigues disse:

    Baronesa esse poema é demaiis!
    Parabéens!
    Este poema descreve o que eu sinto todos os dias de minha vida!
    Beijo

  17. Baronesa disse:

    Obrigado Janielly, Chet. é toda a exposição dos meus sentimentos está aí. ♥

  18. rafizia-a-critica disse:

    Ah Chet. Eu estava tão ansiosa para ver o seu texto. Bom. mas se num quer enviar pro Galego tudo bem. me envie seus contos por email. Olha, até eu to com um poko de medo, mesmo assim vou enviar meu texto pro galego.(povo vai me zoar)

    saiba: lhe dou todo apoio e força que precisar pra enviar uma história ou um conto seu.

  19. Nívea disse:

    Nossa Baronesa! Que lindo esse texto!*.* Parabéns!!! =D
    Me identifiquei muito com ele! Tem dia que esses sentimentos são intensos demais!

  20. Lin-Kun Cadu disse:

    Tadinho do Moon, foi afetado por que eu achei que o poema das duas foram melhores ¬.¬
    Opinião minha, dane-se se tu não gosta xD
    Mais uma vez,Baronesa está de parabéns! Sua vez agora Chet ;D

  21. avlisetnara disse:

    Parabéns Baronesa.
    Para ti e para os outros que já enviaram também.
    Vocês têm talento.
    Continuem assim…
    🙂

  22. Baronesa disse:

    Nivea, Va, Cadu… Valew!! a solidão é tão triste que seja a ser bela…

  23. Moon disse:

    não não Lin-Kun Cadu sei reconheçer um bom poema tua o pinião é mesmo que nada pra mim, xD.

    Pelo Menos tenho Criatividade… u.u

  24. Lin-Kun Cadu disse:

    Wow ,tem tanta que o seu português é ”só o ouro” ‘_’
    Já vi muita criança de 3ª série escrever o início de todas as palavras com letra maiúscula xD

  25. Lin-Kun Cadu disse:

    Mas você merece Baronesa ^.^

  26. rafizia-a-critica disse:

    mais um poko e o Galego encerra os comentários ake tbm. kk. Gal, qnfo tiver on , fale.

  27. ChetFriedrichAlighieri disse:

    Não vão começar a brigar por causa da Grafia dos outros!!!
    Continuando,Não vou mais escrever porque nao tenho nada no meu coração para transmitir, e porque eu nao tenho confiança o suficiente para enviar um texto meu para o Galego…é,é isso.
    Quando um desses dois problemas se resolver,talvez eu volte a pensar no assunto.

  28. Fernanda disse:

    Muitoooooooooo bom!
    Barosena, quanto a idade, se serve de consolo em 96 eu tinha 16 anos

  29. Baronesa disse:

    Fê não to muito longe disso não…rsrs

  30. Baronesa disse:

    O que eu estou achando muito legal é que muitos de vocês etsão se identifcando com minhas palavras, mas é bom levar em consideração que quando escrevi tinha a idade de vocês 😉

  31. Lin-Kun Cadu disse:

    O povo pede bis u.u

  32. Baronesa disse:

    Cadu eu tenho um texto que é um desabafo de uma presa que está prestes a morrer diante do predador, com um desfecho surpreendente. em breve eu mandarei. 😉

  33. ChetFriedrichAlighieri disse:

    XD eu também quero Bis dos textos escritos pela Baronesa!

  34. rafizia-a-critica disse:

    eu tenho um texto que é um desabafo de uma presa que está prestes a morrer diante do predador, com um desfecho surpreendente. em breve eu mandarei.

    “baronesa, você não teria aew o desabafo do predador? Estou interessada na morte, no desespero, em como ele descreve seus passos. Algo bem do doutor. Em pensar que eu achava um poko diabolicas as histórias dele, mas não agora. estou aguardando o desabafo da presa, preciso saber tbm como a vitima descreve os seus medos. O que foi? Achou estranho o meu comentário? não se preocupe, eu não bebi hj. hahaha. Viw galera, sou bem paranoica tbm.

  35. rafizia-a-critica disse:

    ow Gal, pedido ake, pq vc ou algupem num escreve um poema com o tema tortura? Pode ser fisica(prefiro, jgos), ou emocional.

  36. Lin-Kun Cadu disse:

    Eu já pensei em enviar um poema mas tô com tanta preguiça u.u Acho que ta mais pra desabafo mesmos u.u

  37. Baronesa disse:

    Curioso você perguntar Rafizia, pior que eu tenho sim, pelo menos é o que eu imagino, já que nunca passei por isso.

  38. rafizia-a-critica disse:

    Curioso você perguntar Rafizia. “Curioso pq?” menos é o que eu imagino. “Tudo bem, não precisa ser tão real assim. manda aew, me manda por e-mail baronesa.”

  39. Lin-Kun Cadu disse:

    Me gusta poema da Baronesa, quando é que vem os próximos? xD

  40. Baronesa disse:

    Vou esperar um pouco Cadu. o pessoal enviou também e vamos aproveitar a arte deles u.u

  41. rafizia-a-critica disse:

    povão enviou mesmo hein. Realmente, o galego tem uma equipe de escritores. Ow gal, já que você tem mais de 100, ou mais que 300, sei lá. Não acha que já esta na hora de se aposentar? Vampiros envelhecem não é? Não foi você mesmo que disse? Se vc achar que não, tudo bem. É só para lembrá-lo que se o fizer, sera bem substituido. xD

  42. Baronesa disse:

    lol, não tem como não ficar com a criatividade a mil recebendo tantos textos não é?

  43. Lin-Kun Cadu disse:

    O pessoal tá é se empolgando com isso u.u

  44. Baronesa disse:

    Assim o Galego não tá tendo nem dificuldade em escrever, faz tempo que ele não posta nada.