Amor de Vampiro

dark-secret-loveBela noite para um romance, não? Essa paixão, essa coisa que aproxima os humanos é algo pensado, filosofado e escrito por muito por ai. É algo que gerou guerras, batalhas, desavenças… também: felicidades, afetos e muitos momentos de profundo prazer e alegria.

Não existe ser consciente que consiga viver sem se apaixonar. Este sentimento, geralmente ocorre proporcionado pela necessidade do acasalamento e sempre mexe com todo o ser. É desculpa para faltas no trabalho,  para deixar família e amigos de lado, é coisa que quando bate é pior do que magia por que a pessoa nem se toca de que está acontecendo e sendo influenciado.

Falar de tal sentimento é fundamental para o entendimento de como a vida anda e de como os seres são influenciados nesse caminho. Um vampiro ama? Alguém pode perguntar. Será que uma besta que suga sangue ou mata outros similares no canibalismo profano de suas necessidades pode ter algo de bom e belo dentro de si? Na realidade para início de resposta os vampiros não se reproduzem como humanos ou como os outros mamíferos.

Mesmo assim existe algo que mexe com um vampiro, algo que faz seus pensamentos irem em direção do infinito, rumo aos lugares onde os “porquês” entalam na garganta dos mais afoitos. Amar será somente sexo? Não lógico que não! Quem já amou e por algum motivo perdeu quem ama, sabe que não é necessário a presença, nem o toque para se gostar e sentir falta. As emoções vão além do corpo a corpo e se confundem com a alma num entrelace de idéias e vontades.

Os humanos caíram no pecado da carne e nunca mais se levantaram, Onde estão os sentimentos, onde está o verdadeiro amor se não dentro da cabeça e no espírito. É ele que deve ser estimulado e acariciado, o corpo morre e quem fica?

Dia dos namorados não deveria existir, pois o amor não pode ser medido ou engarrafado ele é integral, vivido a cada dia na mente daqueles que o tem.

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil.

Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos.

Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: https://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

13 Resultados

  1. Nan disse:

    Caro Galego.

    Concordo contigo.
    O amor não é somente algo carnal, apesar de que todas as ideologias impostas e expostas fazem com que esses dois aspectos distintos de amor, “amor-sentimento e amor-sexo” caminhem juntos. Algumas culturas citam o sexo como a elevação do êxtase, a aproximação com algo superior, o amor feito e consumado. Da mesma forma que outras dizem que o mesmo não deve ser praticado, a não ser que tenha intuito de procriação. Mesmo levando em consideração o seu texto, acredito que o fato de que o sexo para vampiros não tem como função á procriação, não podemos negar que o sexo esta inserido em histórias de vampiros, pois elas caracterizam o vampiro como um ser belo, sensual e acima de tudo atraente, uma vez que as pessoas estão expostas a esse tipo de imagem dos vampiros, criam uma visão um tanto que distorcida do mesmo. A quem diga que os vampiros amam e á quem diga que eles só usam de sua beleza e sensualidade para atrair novas vítimas. Já eu acredito que ambas as teorias estão certas, a idéia da imortalidade é realmente tentadora, e o que seria dela sem o amor em todos os seus aspectos?

    Abs

  2. Galego disse:

    Como diria Bruce Dickinson: “L’amour ce n’est pas seulement un homme fuck un ami, ce n’est pas. L’amour c’est, c’est plus en bas, dans la tete, dans le coeur, dans toute la forme”… Mas enfim bem verdade o que tu disse realmente um vampiro pode e usa seu charme com frequencia para atrair vítimas…
    E sem isso de que é o nosso principal poder, se fosse assim, seria tudo mais fácil hehehehe

  3. Carmina disse:

    Dias dos namorados é desculpa do mercado para vender mais…rsrsrs, mas nessa vida agitada de hoje, uma desculpinha a mais para ficar junto, não cai tão mal…
    Eu acredito no amor, acredito em almas gêmeas e quando olho para o meu lado, tenho mais certeza disso.
    Concordo com o Nan que é impossível desassociar vampiros de sexo, é uma imagem que já se formou a muito tempo, com tudo que é exposto e falado sobre…
    Gostei do texto!
    Bacios vampiri!!!
    Arrivederte! 🙂

    • Galego disse:

      Ok confesso que é difícil mesmo, tirar essa fama de que todos os vampiros são garanhões… Melhor, pois poderia ser muito pior ter de tirar essa fama de matador, sanguinário, besta idiota consumidora de almas…
      Às vezes é preciso dizer que devo muito aos criadores desse mito dos galãs ^^

  4. Nan disse:

    hahaha..
    Mais não se sinta tão aliviado meu caro, a fama de “garanhões” não são tão predominantes.
    Em determinados lugares associam vampiros a seres perebentos e horripilantes, vai entender.. Oo.

    • Galego disse:

      Por isso que eu pego no pé do meu amigo “Zé” que é meio feio, afinal ninguém escolhe uma família para nascer e ter a sorte que tive ^^

  5. gloria disse:

    Voltei. Amor….Amar….Ser amado……Gostei de sua forma de falar, mas aposto que nem conseguiste dizer tudo sobre ele… é impossível. Só sentindo, pois tem coisas que se muito descritas perdem-se na vulgaridade, Não que o amor tenha necessariamente se perdido em si ou nas almas, mas tentam explicá-lo através de elementos materiais ou temporais como o dia dos namorados, das mães, pais, etc…pois querem que compremos o amor e ele pior e esperto mais que tudo é como uma erva silvestre, como o vento tempestuoso, como as lembranças que ninguém domina…..

    • Galego disse:

      Esse amor realmente é algo dificil de compreender, ainda mais na atualidade onde tudo parece ter virado comercial. Não pensa-se mais em dar presentes para agradar ou retribuir um favor já virou rotina e tudo que vira rotina se torna fútil…

  6. rita disse:

    Estive a ver melhor a “tua” pagina e afinal é muito interesante to a ver k mordi a lingua!!!!!mas continuo a nao perceber certas cenas mas ok….mudei um “bocado” de ideias em relaçao a “tua” maneira de te exprimires ,apesar de me perder completamente em certos excertos “teus”….nao faças nada de k “te”arrependas…. AHAHAH 😀

    • Galego disse:

      Olá, senhorita,

      Antes de qualquer coisa bem vinda ao meu humilde “cantinho”.
      Que bom que gostasse desse artigo sobre o amor. Confesso que as vezes meu lado humano aflora, quem dera fosse assim o tempo todo hehehe
      Vou a aproveitar meu retorno para responder mais alguns e-mails, incluindo o seu.
      Blood Kisses ^^

  7. rita disse:

    “Lado humano aflora”…:D ok nao to a gozar ( prontos confesso que ri me um pouco)mas essa “tua”maneira de te exprimires é um maximo!!!nao sei se realmente és um vampiro ou nao ….e sinceramente nao acredito muito mas o importante é que a “tua pagina” cativa me….hoje tive oportunidade de me esgueirar mais sobre a “tua ” escrita…muito interesante e dá o que pensar…..e volto a dizer que há “excertos” que fico as escuras!!!! o artigo do amor proriamente nao foi o que mais gostei de ler foi o unico que consegui postar um comentario!!!!sempre que tento aprofundar mais a tua pagina o meu pc bloqueia…. looooooooool vo trabalhar 🙁

    • Galego disse:

      Realmente minha docescriança existem coisas que são de difícil compreensão, espero não estar deixando sua cabeça tão confusa ^^ Confesso que minha escrita é de certo modo confusa, pois coloco muito elementos e sentidos em poucas palavras, mas se você ler algumas das histórias ai de cima talvez tenha alguma luz… Kisses

  8. ingred alves disse:

    Nossa que texto lindo,,me fez ate suspirar pensando num certo vampir que tenho conversado esses dias…
    Será que é possivel amar um vampir que você nunca viu na vida,que adora filmes,livros e musica classica? Meu eu to sonhando ou eu to apaixonada pelo homem ou melhor vampir que sempre desejei??
    Bjoss