Como (não) se transformar em vampiro?

Atualmente, tenho recebido muitos e-mails de humanos que gostariam de se trans formar em vampiro. Até entendo que a vida para alguns é difícil, mas garanto que “virar” vampiros não é a cura de todos os males, na verdade seria para muito um grande problema.

Digo isso, pois existem pessoas que não possuem disciplina e certamente seriam mortos pelo primeiro raio de sol ao acordar e sair de casa pela manha, quando o sol está mais puro.
Existem também aqueles que têm a mente repleta de cobiça, avareza, orgulho, preguiça, gula, vaidade e inveja. Caso elas viessem a se transformar em “sanguessugas” certamente morreriam por si próprias depois de certo tempo.

Ser vampiro é mais do que chupar sangue, pegar varias gatinhas, ter uma banda de rock e viver pra sempre. É algo que ocorre somente a certos escolhidos de tempos em tempos de tal forma que se controle a existência da raça de tal modo que não vire anarquia. Já imaginou se fosse assim como nas histórias de RPG, Filmes e outros romances? Certamente a raça humana não existiria mais.

Regras e condutas fazem parte da vida de um sugador. Eu mesmo, por exemplo, quebro várias falando por aqui e certamente vou ser punido quando meu tio acordar daqui alguns anos…

Com relação à transformação, ela é simples, mas faz parte de um ritual. Quem não conhece mais a fundo as antigas tradições apenas vê um cara tomando sangue de outro cara e depois dando do próprio a vitima. No fundo existem as palavras certas, existem as conjunções astrais certas e acima de tudo o pacto entre pai (mãe) e filho (filha).

Para aqueles que ainda tinham esperanças, infelizmente eu sou o portador das más notícias, mas quem sabe você dê azar e encontre uma bruxa ou peludo por ai e sua vida piore…

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: http://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

18 Resultados

  1. John disse:

    Creio que qualquer sociedade tenha suas regras, e mudando de sociedade você não fica livre, e sim tem que aderir as regras da sociedade atual. Creio que pessoas que pedem para serem transformados pensando que estarão se livrando de problemas, estão enganados, terão mais deveres, até porque os vampiros estão camuflados na sociedade.

    Acho que a pessoa que pede para ser transformada, deve ter um desejo de aventura, e viver cada dia aproveitando o maximo, mas com negligencia, não se deixando levar totalmente por impulsos. A pessoa deve ter consciencia das regras que enfrentará, sua necessidades e deveres para com o criador.
    Creio que a pessoa deva ter uma grande força de vontade e esteja pronta para muito conhecimento, também tenha noçoes de que nem tudo vai ser como o planejado, talvez encontre um peludo na primeira semana…
    Se possivel, gostaria que você comentasse sobre como é feita a escolha da pessoa, é algo que me intriga, assim como todo o sobrenatural.

  2. John disse:

    Aliás, o que seria necessário em uma pessoa para que ela fosse escolhida?

  3. Renan disse:

    Como o John ja comentou,gostaria que você comentasse mais sobre como é feita a escolha das pessoas e o q é necessário para uma pessoa ser escolhida

  4. Galego disse:

    Boa noite senhores, gostei do seu comentário John.
    Realmente a força de vontade é algo sempre presente em nossas não-vidas, confesso que por vezes faço como dizem “ligo o foda-se” e deixo o monstro interior me levar. Por sorte, mita sorte ainda estou aqui…
    Como escolher uma cria? Resposta difícil essa heim! Afinidade? Necessidade? Eu poderia te responder através de diversos pontos de vista, mas basicamente a pessoa precisa estar no lugar certo na hora certa, sendo que cada vampiro pode ter a quantidade de crias que quiser desde que possa manter a “sanidade” e o “segredo” em seu grupo…

  5. John disse:

    Eu sou uma pessoa que tem muita curiosidade em relação ao sobrenatural, acho que a sociedade é muito massante, sempre gostei das histórias onde as pessoas mantinham um grupo, uma relação e um segredo, algo que nem todos estariam preparados para saberem.
    É como dizem, uma pessoa é inteligente, mas unida a sociedade, ela se torna mais um na multidão reprovadora/rotuladora.
    Por muitas vezes as pessoas dizem ter medo do desconhecido, mas se olharmos a nossa volta, veremos que por muitas vezes temos medo das coisas erradas.

    Mas então, acho que o assunto de transformação sempre será discutido e jamais chegaremos a um fim, talvez até mesmo vocês ja transformados e com muitos anos de experiencia ainda tenham dúvidas, assim como humanos tem da criação.

    Penso que a Necessidade citada por você, seja algo em relação a sanidade e ficar sozinho por anos, estou certo? Penso que deve ser dificil, você esta por muitos anos na mesma condição e os humanos com quem criou afinidade foram levados pelo tempo, aos poucos a besta fica mais forte e a pessoa perde o contato social, acho que a cria seja importante neste aspecto.

  6. rita disse:

    Conversa muito interesante concordo com o john….gostava que aprofundasses mais esse tema…. bye bye

  7. LuanGG disse:

    Galego mesmo sabendo de todas as coisas ruins que acontece se virar um vampiro se a “pessoa” ainda quiser virar (tranformar-se) o que ela deve fazer?

  8. The Fallen disse:

    Ser vampiro é mais do que chupar sangue, pegar varias gatinhas, ter uma banda de rock e viver pra sempre , ( quer mais ? )

    vida comum ; brincar , estudar , namorar , estudar , trabalhar , casar , ter filho , netos e morrer!
    talvez eu tenha alterado a ordem , polem os humanos vivem
    presos em um sistema , um sistema tão complexo que muitos ( a maioria ) n consegue enxergar as mentiras que foram impostas para conduzir A HUMANIDADE , logo a mente humana se vÊ presa á uma prisão psíquica .

  9. LellaMorais disse:

    The Fallen tem a digna razão… Concordo com ele, em algumas partes como “…Logo a mente humana se vê presa a uma prisão psíquica. “

  10. Nata disse:

    kakakakaka,Saudações Galego.Realmente,existem pessoas que ainda se iludem pensando que podem fugir dos problemas da vida,¨eles devem ser enfrentados¨,e concerteza não será uma bruxa boa que irá destruir a vida de alguém,pessoas que fogem da vida se auto-destroem.E a pergunta foi ótima,Como (não)se transformar em vampiro?,acho que com um colar de alho quem sabe(como se a lenda do alho fosse verdade kakakaka).Abração.

  11. Lenna P. disse:

    The Fallen,

    vejo que você é bem consciente.
    Seria um prazer conhece-lo.^^

  12. JosePereiira disse:

    Olá a todos. Galego, eu gostaria de saber como vocês escolhem as pessoas… Se escolhem por afinidade ou por outra coisa.. E se existe a possiblidade de vocês escolherem pessoas que moram mesmo longe de vocês.

  13. Keelvin Criistiaan disse:

    Boom eaew galego e pessoal, tipoow comoo vcc vai escoolher uma cria por internet, ou pessoalmente? Se fosse no caso dos pedidos que vc vive recebendo por e-mail..
    E o’que pai e filho ttem a veer coom a traansformação?
    Poode ocorrer dee um garotoo (a) naascer vampiro? tipow um vampiro nascido, ando ouvindo muitos casos como esse…

    • Sinceramente? Acho que tens conversado com muitas pessoas que viram a Bella ter um filho em Amanhecer…Vampiros não podem ter filhos, somos estéreis. Se uma mulher está grávida e é transformada o feto morre, simples assim…

  14. Keelvin Criistiaan disse:

    Entãão o’que ttem a dizeer sobre vampiros naascidos? uma farça ou uma nova raça?

  15. meu nome é Edgar mais pode me chamar de stefan disse:

    oi eu queria pode falar com um vampiro não por qualquer motivo mais sim pelo fato de que estou morrendo e quero cuidar do meu amor qualquer coisa entre em contato edgar12@hotmail.com.br

  16. Ana Catarina Jordão Tavares/anita disse:

    ola eu queria poder falar com um vampiro qualquer coisa avisam por favor.