Foi a vez da caça! Parte 2

Por que ele está me olhando?
Por que ainda não virou a besta no qual eles sempre se transformam?
Ele tem cheiro de peludo, mas não parece um?

Tantos porquês em tão poucos segundos… Se não fosse minha velocidade avantajada acredito que eu seria uma presa fácil por ficar tanto tempo pensando antes de agir de verdade.

Em meio a tantos questionamentos a sobrevivência sempre fala mais alto. Então saquei as duas pistolas e rolei para cômodo a frente, enquanto via a criatura correr escada a cima em direção ao segundo andar. O bom é que ele correu na velocidade normal de um humano e isso me deixou um pouco mais tranqüilo.

O cheiro de lupino sempre incomoda e alguns vampiros mais sensíveis até ficam atordoados, mas esse não é o meu caso. O meu ódio por eles é tão grande que meu demônio até se sente excitado com o maldito odor satânico exalado por suas glândulas.

Subi então as escadas e para o meu azar lá estava a fera encarnada, com seu lado canino bestial aflorado. Agora o olhar dele era diferente, o fedor de carne podre misturado com o suor havia aumentado e parecia que aguardava minha iniciativa. Nos poucos segundos conseqüentes minhas pistolas automáticas fuzilaram o corpo do infeliz.

Acontece que para minha surpresa as balas atravessaram o seu corpo e redecoraram a parede as suas costas. Nesse momento outros porquês vieram a minha mente e antes que eu pudesse emitir alguma outra ação eu sinto a dor e o calor de um tiro de escopeta em minha perda direita. Isso me faz cair vendo ao longe e por trás da ilusão o maldito cara do sofá.

Nessas horas costumo dizer que o meu demônio assume e é ele que guia a nossa salvação. Os meus caninos afloraram e como um animal feroz que fora cutucado saltei em uma das paredes agarrando o reboco como se fosse um pedaço espuma. Enquanto ele atirava novamente e errava eu saltei para o chão e de lá saltei em sua direção. Com o peso do meu corpo lhe derrubei e tentei morde-lo mas não consegui, pois ele segurou minha boca com a arma. Rolamos então para perto de uma cama e lá eu consegui segura-lo… Maldito magista, achou que iria me enganar com a ilusão daquele peludo? E lhe dei um tapa corretivo com as costas da mão…
Ele cuspiu sangue em mim e antes que pronunciasse algo a sede me consumiu e lhe dei a morte final como presente, pois merecia ao menos um pouco de sofrimento por tudo que havia aprontado.

Tantos barulhos chamaram atenção da vizinhança e não tive outra escolha senão a de por fogo no local para eliminar tanta sujeira. Por causa do tiro que havia levado eu me aproximei meio manco de uma das janelas que dava para frente da casa e percebi três ou quatro indivíduos. Sendo que um deles já estava com o telefone no ouvido, falando provavelmente com a policia.

Essa era minha hora de ir ou os problemas aumentariam. Pulei então para o quintal e pelos fundos das casas cheguei até o terreno que havia deixado a moto. Lá eu rasguei minha camiseta e com ela estanquei um pouco o sangue da perna para logo em seguida voltar para o meu lar doce lar.

Obviamente a festinha me gerou alguns problemas. A Beth limpou e cuidou do ferimento, mas a minha regeneração fez o trabalho que precisava para que em um dia eu voltasse ao normal. Mesmo assim ela ficou brava e passou os próximos dois dias na casa de uma amiga.

Alem disso, meu cunhado me ligou puto um dia desses:
– Cara não sei o que houve lá, mas eu to me fudendo. Os caras tão querendo investigar o sangue que foi achado fora da casa. A mana me disse que tu foi ferido, porra veio que que eu faço?
– Relaxa se forem analisar o sangue Irão ver que é o sangue daquele babaca… Eu fiz besteira, sei que não devia ter usado as pistolas, mas o cara não era um humano normal e uma outra hora te falo o que houve…
– Véio vou resolver esses teus pepino depois te mando a conta, pelo menos a mulher e o guri se livraram daquele traste.

E ele desligou na minha cara, nada como um pouco de amor familiar para se resolver as questões mais cabeludas.

O que eu aprendi? Bom, vou ficar um tempo usando as bolsas de sangue, pelo menos até a poeira baixar e vou em busca de armas mais silenciosas pois ultimamente estou levando muito azar, quem sabe praticar um pouco de esgrima ou até mesmo voltar a estudar o Kenjutsu…

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: http://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

26 Resultados

  1. enzo ferreira disse:

    cara quer um conselho compra umas armas mais poderosas com silenciadores e treina tiro ou alvo, e tambem alguma arte de defesa, aproveita q ta no brasil e treina jiu jitsu.

    • Galego disse:

      Pois então… quem disse que estou direto no Brasil? Mas jiu jitsu é uma boa, quem sabe. Boa dica!

      • enzo ferreira disse:

        poisé galego eu treino muay thai mas o meu mestre sempre fala q pra melhorar a agilidade e a defesa é sempre bom treinar outras artes marciais pricipalmente jiujitsu q a arte absoluta em defesa. e ja q vc viaga muito procura a familia gracie é a melhor se tratando dessa arte.

  2. BELZINHA disse:

    Poxa qeu sufoco hein Galego! Galego vou te fazer uma perguntinha que me veio na cabeça lendo este seu relato; desculpa se a pregunta é meio tosca mas tenho a curiosidade de saber. O sangue de um lobisomem tem o sabor semelhante ao de um humano? Bju

    • Galego disse:

      Oi Belzinha então, O sangue tem semelhança no sentido sabor, na verdade é uma mescla do sabor do sangue dos Canis lupus familiaris com o de humanos, mas isso não é o que importa o legal do sangue deles é podem conferir alguns poderes semelhante ao nosso. Existem relatos de vampiros que consumiram sangue deles e ficaram mais fortes, mais rápidos e até conseguiram alguns poderes mais diabólicos como o dom das sobras ou da morte… Pena que isso é somente temporário.

      • BELZINHA disse:

        Legal Galego cada dia eu me surpreendo mais um pouco. Obrigado por me tirar esta duvida. Te adoro beijossss

  3. Priky disse:

    E a mordida deles, e mortal para vcs?Sabe existe essa lenda correndo por ai, entao gostaria de exclarecer!

    Beijos

  4. Gustavo Anime disse:

    Olá Galego! Tenho 33 anos, sou cartunista iniciante e tenho alguns personagens criados,produzidos mas não postados. Brevemente te enviarei imagens de alguns trabalhos que já fiz e gostaria de saber a sua opnião. Ah, tbm gostaria de provar um pouco a vida eterna… Bom conhecer o seu blog! 🙂

  5. mau disse:

    vc é vamp mesmo

  6. Lauro-Lândia disse:

    Cara vc num consegue se controlar???
    Desculpa, é pq eu achava que eles só atacavam qdo com raiva

    • galego disse:

      Então sir. Lauro, o controle existe até certo ponto, depois de uma determinada fase o demônio assume e não há muito o que possa ser feito.
      Existem alguns vampiros que possuem o poder de prolongar o seu controle ou até mesmo em casos mais avançados expulsar por um tempo o demônio de sí, mas isso é para apenas um seleto grupo…

  7. Lauro-Lândia disse:

    só num pode ver sangue….

    • humm atahh
      conhece ele ??

      • Lauro-Lândia disse:

        não pow conheso um vampiro, ai fiquei com vontade de procurar na net sobre eles…
        na moral Galego te entendo, mas tem coisas que vc mentiu ai… com aquele post de como virar um vampiro…
        Sei que não pode falar tudo, nem eu…

        • Galego disse:

          Lauro, mentira é uma acusação um tanto quanto grave não achas? Eu parto do princípio de que se ataco alguém pelo menos um “por que” preciso dar. Então aguardo os teus argumento!

          Abs

  8. Jeff Andreoli disse:

    carakkk a cada dia eu gosto mas deste blog…Galego vc e muito foda…\o/( momento eu so fã do Galego hahahahahahaha )

  9. Jeff Andreoli disse:

    a mordida do peludo pode mata vcs vampiros….???
    ou nao…

  10. fabiana lee disse:

    nossa em galego sao tantas as perguntas eu tambem tenho essa mania de ficar perguntando mais ja que e u toquei no assunto ,,,, vc tarnsformaria uma pessoa que estivesse morrendo tipo de uma doença rara ou um acidente grave ? responda se puder ta ? valeu beijos …

  11. fabiana lee disse:

    eh galego quase que vc ia se dando mal ne? maios a inda bem que vc e esperto astuto e corajoso e artes marciais seria uma boa misturados com a rapidez ia ser uma combinaçao perfeita eu comecei a praticar o karate mais ai parei por questoes de trabalho colegio e pela minha mudança para aqui em goiania ;

    PS; VEM UM DIA CONHECER ESSE ESTADO QUE E TAO BONITO TENHO CERTEZA QUE VC VAI GOSTAR .. VALEU 😉

  12. fabiana lee disse:

    evanescence huuuuuuuuuuuhhhhhh !!1

  13. eita Galego mais cuidado se não sua garota que vai tre que postar aqui dizendo sobre o teu fim. te cuida. boa sorte.

  14. fabiana lee disse:

    ahhahahahaha! e vero galego te cuida !

  15. fabiana lee disse:

    brincadeirinha kkkkkk ,, hein galego o povo sumiu ?