Girls night out – A missão – Becky – Pt5

Corri o máximo que pude junto a Pepe, mas não estava com intenção alguma de fugir. Estava extremamente com raiva por não ter sentido a magia que nos rodeava antes de sermos capturadas. Mas, tínhamos uma missão a cumprir e faríamos isso com perfeição, mesmo com os incidentes. Além disso, a Lilian acabou ficando para trás, tentando nos ajudar e, ainda estava capturada, por tanto, não iríamos deixá-la.

Sentamos em baixo de algumas árvores para recuperarmos o fôlego e pensarmos no que iríamos fazer. Pepe já não parecia tão machucada, se recuperava muito rapidamente e eu, era um pouco mais resistente, pois com as seções de tortura que Erner fazia a mim, meu corpo aprendeu a se regenerar mais facilmente.  Porém, aquela magia estranha vinda do tal mago parecia ter afetado nossas energias.

– Pepe, precisamos pensar rápido no que fazer, não podemos ficar aqui paradas.

– Eu sei Becky, mas ainda estamos fracas. Precisamos recuperar nossas energias, salvar a Lilian, que agora está lá sozinha e matar aquele maldito.

-Matar todos aqueles malditos! Além disso, esquece que Lilian conseguiu mandar aquela mensagem para avisar o mestre dela.  Os nossos celulares foram completamente destruídos, não temos certeza se a mensagem foi realmente enviada e não podemos ficar esperando por eles, afinal, não é isso que o Fê esperava de nós quando nos mandou para cá.

-Está mais do que certa Rebecca! Já sei o que podemos fazer… Ainda consegue confundir algumas mentes?

Pepe era muito esperta, e teve sorte por ter como mestre, o Ferdinand. Eu havia aprendido muitas artimanhas com a necessidade de me virar sozinha. E então, partimos para a ação. Não tínhamos tempo a perder, afinal haveria poucas horas até o amanhecer. Aproximamo-nos do local, era uma casa antiga, com janelas altas e fechadas por dentro com madeiras mal pregadas. Mas, era possivel ver que havia luzes acessas. Caminhamos até os fundos da casa. Havia seguranças por todos os lados. Alguns capangas levavam Lilian cabisbaixa para dentro de uma caminhonete, ela e dois deles entraram no banco de trás, na frente, havia um na direção e um no banco do carona fortemente armado. Em outro carro, vimos mais alguns caras armados e o tal mago escoltado por todos eles.

Pepe e eu nos aproximamos lentamente de dois caras que vigiavam mais a frente e estavam fora de vista dos demais. Com o pouco dos poderes que me restavam, confundi-os fazendo com que vissem vultos, algo que eu raramente conseguia fazer. Em um momento de distração de ambos, os pegamos pelas costas e com muita fome, bebemos todo aquele sangue sujo até não restar uma gota. Com as forças recuperadas conseguimos matar mais alguns pelo caminho, até acharmos algo que nos permitisse segui-los.

-Para onde será que eles estão indo, Becky?

-Para onde, eu não sei. Mas, acho que essa” troca” de esconderijo deve ter algum motivo.

-Sabe pilotar essa moto?

Eu olhei para Pepe, só havia pilotando uma moto em minha adolescência, o que quer dizer, há muuuuito tempo.

– E temos outra opção, minha querida?

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Ana Julia Petrova disse:

    Ahhhhh, então quer dizer que o maldito mago trocará de lugar?! Eu espero que a próxima parte seja rápida a vir!!! Estou gostando cada dia a mais dessa história!!

    • Pois é… Foi o que dificultou um pouco nossa missão. Mas, Pepe, Lili e eu fazemos um belo trio e fomos muito espertas, enfim, logo contaremos como tudo aconteceu e como resolvemos o problema ^^

  2. TheMarchHare disse:

    Que infeliz mais inteligente… Trocar de lugar com certeza deve ter dificultado o resgate de Lilian. Bem que a tua espada poderia ter um rastreamento GPS, não? :s

  3. (w) Lilian K. disse:

    Curti essa idéia, acho que vou dar um jeito de colocar um rastreador na Sassy (minha espada). Kkkkkk