Livro: Ilha da magia Conheça a história do vampiro Ferdinand

Introdução

“Crime com requintes de crueldade, estorrica os miolos d’os moradores de bairro nobre da capital carioca. Encontraram-se dois corpos horridamente sem sangue, vestes ou cabeças na casa do famoso bon vivant Sr. Carlinhos de Albuquerque. Eis que porém os peritos fazem análises, com o intuído de comprovar se elle fora vitimado. O Sr. Carlinhos é desaparecido faz dias e não o é de sumir por tanto tempo. Disse-nos o estrompado mordomo…”

BARBOSA, W. P. de. Crime atormenta moradores da capital carioca. Diário da Plebe, Rio de Janeiro 17 mar. 1955. Cotidiano, p. 4.

Esta foi uma das últimas publicações que li naquela época e me lembro muito bem, que por alguns momentos eu desejei ser culpado por tal crime. Não tive nenhuma relação com o ocorrido, mas digamos que tenha sido uma época complicada. Fiz muita merda e daquelas que geram insônias perpétuas ou pensamentos ridiculamente suicidas.

Para ter ideia eu estava tão ensandecido que a solução mais plausível foi aceitar a proposta de alguns membros do meu clã e iniciei minha primeira hibernação. Uma espécie de coma no qual me submeteram até meados de 2005 e que foi suficiente para reestabelecer minha sanidade mental. Ok.  Eu sei que isso tudo que eu te falei até agora gerou uma série de dúvidas, então vou tentar deixar esse meu jeito geminiano de lado e contarei detalhes da minha morte a seguir.

Nossa senhora do Desterro, algum momento no século XIX:

– É bem simples. Tu colocas o carvão quente aqui, apertas estes dois parafusos para prender a tampa e libera a água por essa corda…

Eu juro que sempre tentei fazer tudo conforme ele me falava, mas por diversas vezes me dei mal…

– Adolffffffffffffffffffffff seu pamonha, a corda soltou de novo!!!

Assim como em várias outras vezes, lá estava eu reclamando, xingando e mandando para o inferno todas as invenções do meu irmão. Apesar de tantas brigas e discussões, que por vezes acabavam entre socos e pontapés, assumo que Adolf era muito inteligente e sendo honesto possivelmente até mais que eu….

Gostou e quer continuar a leitura? Recomendo a leitura no Wattpad.