Luz do sol

Hoje depois de algúm tempo resolvi procurar mais algumas fotos do sol, e me surpreendi pela quantidade, são uma maravilha o Google, o Fliker e o Picasa

Entre tantas fotos que achei, a que mais me emocionou foi essa:

sol

O sol é a fonte de amor, saúde, alegrias, vida! Privar alguém disso é um crime!!! Não sei quem foi o primeiro  vampiro, quem foi o culpado por tal ato de maldade, se existe um Deus ou tantas outras coisas, só sei que fui amaldiçoado e isso doi. Sim, claro, doi por que me machuca de verdade, mas doi mais na cabeça. Doi quando lembro da minha família que a muito já se foi, doi pelos tempos que eu brincava com meu irmão na beira da praia de Coqueiros depois de levar quase 2 horas em um trexo que hoje se faz em 5 minutos…

Eu invejo os mortais, eu invejo esse sol que vocês têm, eu invejo esse amor que vai durar pouco mais de 90 anos e que se tornará eterno a medida que o fim se aproximar…

Não quero resolver os problemas da humanidade, tenho muitos para resolver, mas pensa, será que a falta de objetivos e um amor de verdade, não acabaria com tanta coisa ruim que se vê por ai?

Ta estou filósofo demais, mas eu fico puto com algumas pessoas que se negam a ver a vida e se entregam a morte antes de vive-la…

Post Scriptum: Este post não é dedicado a ninguém em especial, mas se o chapéu servir…

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: http://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Vampire Princess Satory disse:

    Primeira a ler…o/

    Entendo seu ponto de vista Galego…Deve ser realmente ruim não ver o sol, não poder sentir aquele calor bom quando acordamos e abrimos a janela…
    As pessoas que se entregam a morte assim, achando que é o melhor a se fazer são bobas..Não vêem que só estarão causando sofrimento às pessoas que gostavam delas…
    Eu aproveito minha vida enquanto posso, pois ela é curta…
    Gostei desse seu post, assim como dos outros…
    Eu realmente gostaria que você pudesse voltar a ver o sol, Galego…
    Boa sorte então…Até o próximo post…

  2. Shizuka disse:

    Poxa, me senti mal agora… Deve ser bem triste isso pra você…
    Eu sou uma pessoa que não gosta muito de sol… prefiro passar o dia com as janelas fechadas dormindo e ficar acordada de noite… Acho a noite tão mais romântica e profunda… Mas não há como negar, creio que sem o sol a humanidade se extinguiria…
    Blood Kisses! rsrsrs

  3. Allice disse:

    Kra, n qr troca de lugar cmg n?!