O lobo sem alma

Certamente as histórias de lobos e vampiros estão muitos próximos nos últimos filmes e livros.
Aqui frequentemnte eu falo dos peludos e certamente no meu livro eles também serão parte importante da história.
Hoje eu fui agraciado com a história enviada pela Kiria (Valkiria) e espero que gostem.

O Lobo sem alma

A mais ou menos cem anos atras quando minha pequama cidade não passava de uma simples aldeia, minha bisa chega da italia casa se com um brasileiro e tenta constituir uma familia. Os anos se passaram e sua familia foi crescendo e Ana Cristina passou a se sentir em casa nesse pais que ate ontem era desconhecido para ela. Mas os seus visinhos a achavam uma mulher muito peculir pois Ana tinha abitos muitos diferentes dos deles como por exemplo seguir as fases da lua para colher plantas ou ate mesmo para cortar os cabelos, embora esses fatos não fossem muitos comuns os seus visinhos nada disiam. Somente um deles se encomodava com isso, não porque a achase esquisita e sim porque minha bisa havia diminuido o teritorio de caça.
Era uma sexta feira meu biso teve um emprevisto no trabalho, e mandou um garoto avisar Ana que iria demorar para o jantar. Ana sai a janela e ve a lua cheia tomar conta do ceu, vira se e vai ate o fogao de lenha e começa a ascender o fogo quando senti um cheiro diferente cheiro de cachorro molado, ao virar se para porta ve um imenso lobo na porta olhando para ela e mostarndo os dentes, o lobo flexiona as patas da frente para atacar Ana pega um pedaço de madeira que começava a pegar fogo e quando o lobo a ataca ela o certa com a madeira em chamas, o lobo ferido tenta escapar mas a porta se fecha sosinha por meio de um encantamento que Ana conjurou naquele momento e disse:
__Como voçe ousa entrar em minha casa e me atacar?
__Voçe voltara aqui amanha mas como humano e ai sim acertaremos as contas.
A porta se abriu o o lobo se foi ferido pelo fogo. Assim que meu biso chegou Ana lhe contou tudo e ele ficou furioso.
__ Como ele ousa entrar na casa de meus filhos para te atacar e não o amaldiçou!
___joseph ele já esta amaldiçoado, ele não um lobisomem de verdade ele não nasceu assim foi uma maldiçao.
__ mas quem? Bruxos?
__nao sei, acho que somos os unicos aqui.
__entao não vou trabalhar amanha
__pode ir Joseph ele vira de dia e tomarei cuidado.
__va bene
Amanheceu um sabado frio e chuvoso, joseph acordou cedo seus quatro filhos e os levou com ele para o trabalho. Ana ficou preparando tudo embora ele viesse como humano havia uma parte dele que ela podeia controlar. As tres da tarde Ana ouve uma batida a porta:
__ Posso entrar?
__ Entao Pedro!
O lobisomem não era ninguem menos que seu compadre o homem que batisara um de seus filhos!.
__ me desculpe comadre eu acordei com uma ideia fixa que tinha que vir hoje aqui.
__Voce sabe muito bem por que veio aqui, porque eu mandei que viesse.
__ Sua bruxa maldita! Voçe acha que pode mandar em mim!
__ Posso seu cachorro sarnento!
__ quem te transformou?
__ a uns dois anos eu tentei matar um lobisomem que vivia matando minhas ovelhas, mas entes de morrer ele disse que eu tomaria o seu lugar, o desgraçado me amaldiçou! E voçe o conhecia!
__Gian! Voçe matou Gian!
__ sim porque tanta indignaçao? pensei que as bruxas odiasem os lobisomens?
Sim era verdade, existia uma certa antipatia entre bruxos e lobisomens, mas Ana tinha uma divida com Gian ele a ajudou a fugir da fogueira na italia.
__ gian nunca matou nenhum humano. Agora voçe!
__ não sei doque esta falando
__ Sabe sim as crianças desaparecidas!
__Porque se importar eles tem muitas crianças assim como voçe.
__ maldito! Gosta de matar não, voçe não perde totalmente a razao não e!?
__ Não não perco toda a razao, e eu gosto de sentir o medo nos olhos das minha presas a ouvir disendo socorro mamae!
__ desgraçado!
__Voçe e tao melodramatica Ana! Talves seja esse seu sangue italiano.
Entao voçe gosta de ser um lobo sem alma não gosta?
__Sim não quero outra coisa da vida!
__que assim seja! Pela força da natureza que assim me conferiu, pela mae terra, pelo deus sol, pela mae lua que a sua vida seja feita de trevas e escuridao enquanto em seu coraçao não brotar arrependimento e compaixao, se um lobo que quer um lobo sera, mil veses amaldiçoado por mil anos sera contado a historioa de uma lobo sem alma e coraçao.
QUEM ME CONTOU ESSA HISTORIA FOI MINHA AVO, FILHA DE ANA, E UMA VEZ POR ANO SEMPRE NA LUA CHEIA ESCUTAMOS O UIVO ARREPENDIDO DE UM LOBO. E NÃO ME ESTA MAIS NADA A FAZER A NÃO SER DISER:
AQUI ESTA CONFIRMADO A HISTORIA DO LOBO SEM ALMA.

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: http://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

25 Resultados

  1. Doombringer disse:

    Cuidado com erros sintáticos e ortográficos da próxima vez. Isso quase arruinou tudo.

  2. Galego disse:

    Pois é Doom, as vezes eu até estou paciente para corrigir os erros… Hoje não… Povo utilizem o word ou qualquer outro editor gráfico antes de me mandarem algo. isso facilita! Escrever é como desenhar, ninguém gosta de desenhos sujos ou mal feitos 😉

  3. Lin-Kun Cadu disse:

    Era isso que eu ia dizer e mais uma coisa : Lobo e lobisomem não são as mesmas coisas. Diferenciem um ser bípede com feições lupinas de um transmorfo por favor.

  4. Galego disse:

    Humm a nomenclatura é variável nobre Cadu… Eu e meus amigos chamamos os Lobisomens de peludos por exemplo. Já ouvi muita gente chamar de lobos ou de metamorfos ou licantropos ou licans. Muitas variações de um canto para outro do mundo 😉

  5. Joseph Scott disse:

    Hahahaha eu vi meu nome ^^ Joseph

  6. Lin-Kun Cadu disse:

    Peludo até que faz lembrar a música da Chiquinha ”Peludinho, din,din, din,”
    Metamorfo fica meio nonsense já que a característica deles é mudar para outra formas diferente dos transmorfos que é só uma ‘_’

  7. kiria13 disse:

    podem deixar, vou tomar mais cuidado da proxima vez, eu sei que lobo e lobisomem sao criaturas diferentes, mas eu queria contar a historia como a minha avo me contou.

  8. kiria13 disse:

    rsrs ou talvez eu deva abandonar a escrita de vez.

  9. fabiana lee disse:

    e e historia e boa e quem sou eu pra dizer alguma coisa dos erros ortograficos , eu tambem sou uma negaçao para escrever ….

  10. Joseph Scott disse:

    Gostei da historia..parabens…gostei mas por que tem o meu nome..hehehe

  11. Lin-Kun Cadu disse:

    Aham, música da CHiquinha.

  12. fabiana lee disse:

    adoro chaves

  13. Lin-Kun Cadu disse:

    Eu canto essa música pro meu cachorro.

  14. que historia legal mexer com bruxas da nisso.

  15. Lin-Kun Cadu disse:

    Sei disso D= Bruxas podem fazer o caramba a quatro com a pessoa, mas não quer dizer que vá funcionar com todas xD

  16. selene13 disse:

    bom a qui estou eu com muitas saudades daqui nao estava vendo a hora de postar aqui de novo

  17. Vitor Jnr disse:

    Oi Kiria… tbm adorei a estória postada…!!! Se realmente houver raízes na sua família… que herança recebeu…!!! Agora, se foi imaginada por você, meus parabéns…!!! Eu tenho que concordar os alguns dos comentários ditos sobre a escrita… perde-se um pouco o fio da meada ao ler a estória, pois o que acaba sobressaindo aos olhos são alguns tropeços que teve – não falo do conteúdo em si… esse está ótimo…!!!
    Mas não desista nunca – como mencionou – somente com mais leituras variadas e praticando o que escreve-se é que irá sanar isso… além do que, como disseram, há ferramentas no computador que ajuda com isso… Mas deixo meus Parabéns novamente…!!!

  18. fabiana lee disse:

    e na vida agente sempre sera leigo em todos os sentidos nunca iremos parender tudo pois a vida e uma estrada muito longa e e cheia de dificuldades mais estamos ai para aprender nao e mesmo ? a vida e sempre um aprendizado …. blood kisses

  19. Baronesa disse:

    Muito boa a historia Kiria, muitos não respeitam mais suas raízes e compartilhar uma de suas histórias, foi bem legal de sua parte! 😉

  20. cara eu sempre escrevi coisas bem legal…mais meus erros ortográficos e tenso por causa da minha Dislexia.

  21. Meus parabéns para pessoa que escreveu O LOBO SEM ALMA…\O
    E para o galego que sempre posta coisa muito legal e boa…\o/

  22. Baronesa disse:

    Jeff Hayashi Andreoli (cebolinha) aushaushaushaush sem preconceito viu!!

  23. Samuel Heiderich disse:

    O texto é criativo, se tem cunho verdadeiro ou não, não me cabe o julgamento. Quanto a nomeclatura comentada a respeito dos “lobos” os reconheço pela designação de lycanthropes.