Por que somos assim?

Artigo enviado por Xis, desculpe só colocar ele no ar agora…

Hoje, após mais um trauma na minha vida, parei para pensar por que eu sou assim. Eu tento entender qual das características da minha natureza afastam todos que eu amo. Será que sou tão horripilante quanto acho que sou? Eu preciso passar por tudo isso? Por que eu tenho que ser imortal e subsistir com isso. Por que eu tenho que amar tanto tantas pessoas e proteger elas com minha própria vida? Por que eu não tenho coração e mesmo assim esse vazio onde ele deveria estar dói tanto?

Por favor, alguém pode me explicar? Eu simplesmente queria minha vida de volta. Chorar, rir, gargalhar como uma pessoa normal. Sair e ver pessoas. Mas assim, do jeito que estou, minha reclusão é muito mais cômoda. Não vou ferir ninguém, não vou viver, não vou matar, não vou magoar, simplesmente pelo fato de ter perdido isso no momento em que me tornei isso.

Eremita, talvez isso me defina. Palavra que docemente descreve todo mal que se isola dentro de mim, longe de todos. Ser poderoso é fácil, quero ver ser fraco. Eu quero ser fraco. Ser insensível, indiferente, mau é fácil. Quero ver se tornar vulnerável. Sentir-se vivo novamente. Doce ilusão, sonho impossível. Minha ânsia em destruir tudo me toma e faz despertar tudo que esperam de mim. Mas eu nego, chega!

Um dia eu fui humano, hoje sou meramente algo vazio. Uma armadura indestrutível que não permite nada entrar. Algo que foi feito para ter algo em seu interior e que sem isso não tem utilidade.

“Um dia eu sorri, um dia chorei. Hoje não sou nem sombra do que passou.”

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: http://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

28 Resultados

  1. Jeff Andreoli disse:

    nossa….q triste isso….mas o mesmo tempo legal…
    nao sei nem o que fala…sem palavras.

  2. Moon disse:

    Nossa Xis proteger as pessoas que amamos isso é muito dificil sei como é que voc~e se sente…

  3. Doombringer disse:

    Sou a unica pessoa de bem com a vida por aqui ou é só impressão? ‘_’

  4. va disse:

    Nossa, é muito bonito o que ele escreveu. Triste. Espero que ele esteja melhor.

  5. Janielly Rodrigues disse:

    Sem palavras… Não posso dizer que entendo sua dor e o vazio no seu peito. Mas posso dizer que convivo com minha dor e o meu vazio, não é igual, nem vai ser. Eu penso que você não é um monstro, você é apenas diferente de nós.
    Força meu Amigo!
    Beijos…

  6. Moon disse:

    Acho que sim Doombringer…
    mais acho que todos temos que ser felizes com a vida que temos.

  7. avlisetnara disse:

    Doombringer a minha vida não é perfeita e posso dizer-te que já passei por muito nesta vida. Mas neste momento estou de bem com a vida. Sou feliz e todos os dias luto por uma felicidade maior. Não posso me queixar da minha vida quando há milhares de pessoas bem pior do que eu.
    No mundo de hoje a maior parte das pessoas são muito pessimistas e “fracas” de personalidade. Toca a acordar para a vida que ela só é uma. Não há uma eternidade à nossa espera para termos tempo de remediar as coisas e não deixar para amanhã o que se pode fazer hoje.

  8. avlisetnara disse:

    Quanto ao artigo enviado por Xis é complicado de falar…
    Acho que as pessoas têm de aprender a “viver” com aquilo que são e tentar arranjar uma maneira de serem felizes. E as pessoas à nossa volta podem-nos ajudar. Não é a reclusão que nos vai fazer melhor. Procurar ajuda é a melhor coisa quando não estamos bem ou quando não conseguimos resolver as coisas sozinhos 🙂

  9. Doombringer disse:

    “Vida perfeita”?
    Se existir alguém com isso deve ser a pessoa mais infeliz desse mundo. (Que dó, que dó…)
    As dificuldades deixam as coisas mais… emocionantes! \o/

  10. AghataBronteMary disse:

    Talvez o significado da vida seja transformar as coisas más em boas,tentar viver na situação presente ou,até mesmo,modelar a vida do modo que for mais cômodo.
    De qualquer maneira,a vida sempre será dificil,nao importa que lado estejamos.

  11. Viktor disse:

    Poxaa, sem palavras. – Você é um poeta e tanto hein – ^^
    Sei laá, eu penso comigo sobre algumas palavras citadas acima, ex. chorar, rir,que um dia você foi humano. Aah, sei não, eu não diferencio as pessoas pelo que vejo a minha frente, apenas tento encontrar o que há dentro dela. Será que dentro de você Galego, não existe alguém? Uma pessoa não ter sentimentos dentro de sí é uma coisa, tipo…aa sei explica não.. =/ Más não é motivo para ficar apenas sentindo saudade do que antes de se tornar um ” ser-eterno “, acho que você deveria tentar sentir essas emoções.. Você já tentou?
    – Mais uma vez, me desculpe se falei de uma maneira grossa… Não era minha intenção – =)

  12. Lady Mistery disse:

    Se você preocupa-se em ser humano novamente para ter esses sentimentos, devia ser muito feliz por não tê-los.
    Já vi muitos humanos se suicidarem ou enlouquecerem por conta dos sentimentos aumentados que tem.
    Eu ainda estou aqui, não por mim, mas por aqueles que cuido e protejo, não tenho vida embora viva, eu simplesmente estou aqui passando pela vida como um borrão.
    Sim a Avlisetnara pode ter razão é coisa de gente “fraca”,pois existem muitas pessoas piores, mas elas se agarram a alguma coisa, talvez “FÉ”, e isso eu já perdi faz tempo.
    Por isso eu adoraria não sentir nada, pois o que sentes é muito mais real para mim do que imagina.
    Procure viver com a realidade do que tu és, aceitar-se é o melhor a fazer.

  13. Moon disse:

    Vejo Que Muitos Aqui Devem recuperar sua fé.

  14. va disse:

    Como diz Oscar Wilde: “Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.”

  15. Moon disse:

    concordo VA

  16. liaalves disse:

    so eu quero ser vampira, cansei de sofrer por gente que não merece, e não é so isso também por outros motivos, so nao sei como ate agora, se souberem como posso ficar vampira ou for um vampiro verdadeiro pff falem me, obrigada.

  17. Lin-Kun Cadu disse:

    Mais uma galego ² ‘_’

  18. Doombringer disse:

    “ficar vampira”? pfff…oAHSaOHSAHSOAHSO!

    Engula uma colher de chá de cianureto de potássio que fica nos trinques! -n
    Não me responsabilizo se você acabar pegando uma passagem só de ida pro inferno. rs

  19. Lin-Kun Cadu disse:

    Doom, ela quer ser uma vampira porque acha que isso é uma válvula para escapar dos problemas emocionais ‘_’

    Ah vai nessa ¬.¬

  20. rafizia-a-critica disse:

    Alguém tem contato com o Xis, alguém pode me passar o e-mail dele?

    Xis, eu não chego aos seus pés. suas palavras me lembram o kei, embora ele apenas tenha virado um monstro e tudo. essa coisa de: Um dia eu fui humano, hoje sou meramente algo vazio. Você escreve muito bem Xis, parabéns.
    Por favor, alguém pode me explicar? não posso te explicar, mas gostaria de te conhecer. sou sua fã desde as 19:32 , sou tua fã até um pouco antes, pois li primeiro o que vc escreveu e seus comentários. espero que um dia nos tornemos amigos. beijos Xis.
    Acho que vou escrever algo baseado em suas palavras Xis. aqui despede-se sua nova fã.

    Celular de Galego vai despertar,kkk

  21. ChetFriedrichAlighieri disse:

    Hum,Liaalves, eu respeito os seus problemas e tudo o mais, mas voce quer mesmo se tornar uma vampira? Toda a vez que eu escuto alguem falando isso,me dá um ódio tão grande que, sinceramente,dá vontade de socar a parede até minhas mãos quebrarem. Se voce quer mesmo, porém, aqui vao as dicas:
    -Conheça um vampiro. Não tem como se transformar em um Vampiro sem ser por meio de um.A nao ser por magia negra, e a probabilidade de voce ficar louca depois é bem grande.
    -Faça com que ele ache que voce vale alguma coisa.Pode ser em qualquer assunto, mas faça com que esse vampiro ache que voce serve em alguma coisa para ele,seja em política,artes ou até mesmo sendo sua amante ou guarda-costas.Nunca se sabe.
    Se voce conseguir esses dois pontos, provavelmente esse tal vampiro nao vai pensar duas vezes antes de te transformar em uma imortal.Depois disso, voce vai ficar trabalhando para esse vampiro feito uma condenada até poder andar no mundo da noite com as próprias pernas,o que é um saco,nao acha?
    Bem,pelo menos é o que eu fiquei sabendo, agora se é verdade ou não, pergunte ao Galego.Acho que ele escreveu coisa bem parecida nos antigos posts nesse blog. Uma maneira mais facil de resolver sua vida seria respirar fundo e encarar os problemas de frente, do que ir atrás dos dois pontos que eu citei acima…Mas a escolha é sua, é claro…E eu nao tenho nada a ver com isso.

  22. Nívea disse:

    Concordo com você, ChetFriedrichAlighieri!

    Nós temos a mania de sempre querer a saída mais fácil para resolver os problemas, mas nem sempre o jeito mais fácil é o certo! O jeito é parar, respirar fundo e colocar os pensamentos em ordem! Para tudo existe solução nessa vida! Ninguém carrega uma cruz maior do que pode carregar! =)

  23. Lin-Kun Cadu disse:

    De acordo o/

  24. Baronesa disse:

    De acordo o/

    Todos nós queremos achar um “atalho” para nossos problemas, mas as vezes o “atalho” nos leva a caminhos sem saída…

  25. Lupino Urbano disse:

    Como a Sib já disse uma vez, as pessoas acham que caso elas se tornem seres sobrenaturais a vida delas vão melhorar, isso por culpa de quê? Dos filmes e livros juvenis.

  26. ChetFriedrichAlighieri disse:

    Se isso fosse verdade,seria tão bom,não?

  27. Lupino Urbano disse:

    Pois é, só por que sou um lican não quer dizer que não tenho de pagar impostos, não terminar os estudos ou deixar de cumprir as regras da cidadania.

  28. Esta fase deve ser realmente difícil, perder tudo para uma vida nova então temos que aproveitar a que temos.