Sangue frio – Pt3

Sempre me perguntam por que os vampiros não controlam o mundo, ou por que eu, que sou meio justiceiro, não vou atrás de políticos e afins. Bom, primeiro que as cousas não são tão simples assim e segundo, que apesar de tudo o que falo, eu preciso me proteger ao máximo. Acho até que já comentei por aqui, que não vou atrás de famosos, onde certamente eu seria “pego”, em função de paparazzos, câmeras de segurança ou dos novos Drones.

Pensando nisso, eu Ferdinand, resolvi fazer o “dever de casa” e lembrei-me que já tivemos problemas com pedófilos aqui no site e fui atrás dos atuais membros. Sempre é bom monitorar o que vocês andam falando de nós pelas costas, e me deparei com algumas conversas de um pseudo-sósia do Drácula. Sujeito até então criativo e que provavelmente deve ter achado que isso aqui é brincadeira de gente fingindo-se passar por vampiro e se não bastasse, quis agir conosco como se fosse qualquer merda da cabeça dele. Acontece que eu só pareço legal e odeio os metidos a espertinho.

Então, com a ajuda da Pepe nós cruzamos alguns “IP’s”( endereço virtual dos computadores), que ele usava para acessar o site. Além dos telefones, sites e perfis que ele insistia em mandar para alguns de vocês por aqui e chegamos há alguns endereços reais. Por mais que eu queira propagar o caos, não vou publicar tais locais, mas garanto que deixei meus queridos Hector e Becky muito felizes.

Inclusive ouvi de Hector por telefone:

– Manda esse cara pra cá. Quero testar as habilidades da tua amiga, se for igual umas brincadeirinhas que fizemos outra noite, vai render. Na verdade assim, ela é amiga da Eleonor e não tens nada com ela, certo? Tô pensando seriamente numas paradas ai… mas deixa quieto, manda o que a Pepe acho, que vou pensar em algo para breve…

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: http://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

24 Resultados

  1. Ana Julia Petrova disse:

    Hahaha realmente deve ter deixado o Hector felississimo!! Não acredito que estais a ter problemas com pedófilos! (De novo?!) espero que isso acabe logo!! Te cuidas!!

  2. simplesmente humana disse:

    O blog é seu e como um aviso para esses escrotos de humanos pedófilos,estarem longe daqui…colocaria sim o nick name deles bem expostos para que tdos é qualquer vítima fique atento e a larga deles ….

  3. Ana disse:

    Pedófilos por todo lado… Já estou a ficar um pouco farta desse nome… É nas notícias é em sites… Credo! Já mete um pouco de dó, eles não tem mais nada que fazer na vida não?!

    • Como diria um amigo meu, a pedofilia é uma doença. Algo tão bárbaro quanto aquela história das bonecas humanas da Deep Web. Porém, confesso que me encheram tanto o saco por aqui, que resolvi “limpar” alguns.

      • E digamos que, nesse caso, já que nos deu essa tarefa, Hector e eu fizemos isso, da maneira mais dolorosa possível para tal criatura.

        • Ana disse:

          Ainda bem que o vão fazer dessa maneira Rebecca, é para prenderem, porque isto, o mundo, assim não tem jeito…
          Mas pelo menos, já que expulsou alguns daqui, acho que já ninguém ou quase ninguém vai ser chateado por essa gente, que só faz dor de cabeça a muitas pessoas boas.

  4. jota pe disse:

    É cada trouxa que pensa que vivemos no século mil novecentos e bolinhas que a tecnologia é antiga e também gente todos sabem que vampiros nunca pode expor.

  5. Erin disse:

    E pensar que eu estive correndo perigo. Vish…..

    • Rhu disse:

      Pois então, mas agora seja mais precavida ao conversar com pessoas estranhas. ~ É um velho conselho da mamãe que nunca se deve esquecer 😉

      • Exatamente Rhu, cuidado nunca é demais. Nós sempre lhes alertamos sobre essa questão… Mas agora, não precisam se preocupar com esse fato por aqui, pois já damos um jeito 😉

  6. Eu imaginei que este texto do site geraria algumas polêmicas, mas assim como lhes digo por e-mail ou nas mensagens privadas, nós sempre monitoramos o site. Principalmente, para a nossa segurança, ou atrás de “metidinhos” que tentam vir aqui e aprontar algo. Todavia, vale a dica que eu sempre comento:

    Nós não marcamos encontros ou pedimos dados pessoais de ninguém e além disso, tenham um pouco de bom senso. Por que diabos um vampiro de verdade marcaria um encontro pela internet com alguém? Nós vampiros temos o mundo às mãos e não é num site ou rede social, que vamos caçar ou encontrar pessoas para se transformar! #FicaDica 😉

    • Gabriel disse:

      Poxa Autor, desacreditando as guriazinhas ahahahahahaha

      Mas vai saber né ? Vivemos na era digital, grande fluxo de informações, novas tecnologias são desenvolvidas a cada instante aperfeiçoando antigos sistemas e criando novos.

      Então, porque não esperar uma forma de alimentação ou mesmo transformação via Skype, torrent ou menos através do site “baixaki”……Ok, parei.

      • Ahh Digamos que para algumas cousas eu ainda sou aquele cara a moda antiga, que abre portas e prefere o olho no olho rss

        • Gabriel disse:

          Nada como um bom olho no olho. Os gestos mentem, os olhos, espelhos da alma (profundo né??), jamais.

          Infelizmente esse excesso de tecnologia à disposição nos faz muitas vezes perder essas sensibilidades com o próximo, de poder perceber o outro através de um toque ou por um simples e inocente “olho no olho”.

          • É sobre esta percepção que eu tento falar por aqui, e que certamente nenhuma rede social ou programa de chat conseguiu proporcionar ainda. Não me oponho e inclusive apoio a tese de que em algum momento este tipo de relacionamento on-line será o principal. Todavia, por enquanto eu prefiro os meus cinco sentidos estimulados diante uma boa conversa. Seja pelo simples relacionamento fraterno ou naquela gostosa aproximação a dois…

  7. Angélica disse:

    Bem que eu estranhei que o numero de meus amigos aqui desceu!!!! Felizmente nunca ninguém aqui me chatiou e nem nunca me convidaram para ir a um encontro.

  8. Larissa Andrade disse:

    Ferdinand ! Conheço esse blog e acompanho a muito tempo mais com os anos meu tempo ficou curto e a uns dias tava lembrando da sua voz e do seu blog, os contos e as histórias e claro a segurança que tem por aqui rsrsrs um lugar muito aconchegante! não é legal fugir do assunto do post mais enfim estava cm saudades desse lugar ! vou logo me atualizar nas novas histórias por aqui!

    • Olá Larissa, é sempre bom ver vocês retornando e empolgados com as novas histórias. Não disponho de muito tempo on-line, mas sempre que possível eu tento mantê-los atualizados para com as minhas andanças 😉

      • Larissa Andrade disse:

        Você como sempre atencioso ! e eu sempre lendo suas respostas com sua doce e sedutora voz na mente !

  9. gisele sanntos disse:

    realmente em todo lugar aparece um engraçadinho,bom faz pouco tempo que faço parte dessa turma e estou adorando,sou do tipo meio desconfiada sabe que fica questionando tudo inclusive a existencia de seres assim meio magicos,mas quando leio seus textos Ferdinand sei lá eles possuem uma verdade que estou adorando acreditar belo escritor tu es,sinceramente nesse pouco tempo que estou aqui ja me imaginei diversas vezes dentro de seus contos!

  10. gisele sanntos disse:

    realmente em todo lugar aparece um engraçadinho,bom faz pouco tempo que faço parte dessa turma e estou adorando,sou do tipo meio desconfiada sabe que fica questionando tudo inclusive a existencia de seres assim meio magicos,mas quando leio seus textos Ferdinand sei lá eles possuem uma verdade que estou adorando acreditar,um belo escritor tu es,sinceramente nesse pouco tempo que estou aqui ja me imaginei diversas vezes dentro de seus contos!

  11. gisele sanntos disse:

    sim diversas vezes! em partes tipo sinistras rsrsrs
    seria uma honra viver uma aventura com um de voces!!