Vampiros, sexta-feira 13 e pseudo bruxas

Há tantos fatos sobre vampiros que não fazem sentido, que as vezes nem mesmo eu consigo usar palavras para explicar. Por que alguns vampiros suam de verdade e lacrimejamento e outros sangram? Por que certos vampiros tem poderes mentais, enquanto outros têm habilidades com o corpo, ou ainda alguns exercem influência sobre os elementos da natureza?

Cara, se estais aqui em busca de explicações sobre o porque disso tudo, desculpa, sorry… NÃO SEI.

Sério, tenho minhas habilidades, domino-as até certo ponto e não sei de onde vem ou para onde vão. Por vezes me sinto abençoado, em alguns momentos me sinto um pequeno Deus. Só que também há momento mas em que me sinto um anticristo, amaldiçoado, demoníaco ou maldito.

Ao meu ver, saber o porquê das coisas é importante, pois gera algo chamado “liberdade”. Sim, acredito que ao jogar certos dons aos deuses, ou pelo menos aquilo que é difícil de lidar ou entender. Nos permite a liberdade de agir, a liberdade para tentar ou praticar aquela tal tentativa e erro.

Noites atrás eu estava naquele lugar que mencionei no post. Onde levei uma pseudo bruxa para o meu quarto de hotel. Fizemos aquilo que nossos corpos quiseram e depois troquei uma ideia com ela. Eu já tinha percebido que ela era apenas um “cosplay de bruxa”, mas resolvi levar o lance dela um pouco mais para frente por diversão.

Foi quando entramos nesse papo de Deus(a), sobrenaturais e afins, aliás foi onde consebi essa ideia de “liberdade pelos Deuses”.

A garota não conseguiu ir muito longe nas suas explicações acerca dos “seus poderes”. Juro, ela acredita piamente ser abençoada e detentora de poderes psíquicos.

  • Pensa em algo e deixa eu adivinhar.
  • Tô pensando…
  • Vocês tá pensando em nós!
  • Cara, tô pensando no que vou fazer amanhã…

Na verdade eu estava pensando em como mandar ela embora mais rápido.

E tu querido(a) leitor tens alguma explicação para a existência de vampiros, sexta-feira 13 e bruxas?

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: http://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

25 Resultados

  1. Ronald Santos disse:

    Bom eu nasci na sexta-feira 13 e para mim e um dia bem legal… E sou de junho tambem geminiano… Muito loko… ._.

  2. alefcrz disse:

    Extraterrestres. Me chamem de louco se quiser

  3. Ronald Santos disse:

    a rebeca excluio o twitter dela?

  4. Sophi De Lima disse:

    ” Cosplay de bruxa” hahahha nem tem como definir isso. É incrivel como as pessoas podem achar que é só você colocar uma roupa e agir como pensam que deveria ser e se tornam alguma coisa. Coitada da menina se ela soubesse que ah coisas bem além de poderes psíquicos.. E que ela não virou o seu lanche por que você não quis..kkk

  5. Bya Walker disse:

    Vc foi transformado por quem e quantos anos vc tem agr ?

  6. Voce nasceu 1 ano antes da descoberta do tório.. conheceu Jöns Jacob Berzelius?

  7. Sim mais vc disse que nasceu eu 1827 e o tório foi descoberto em 1828..um ano depois..tem alguma coisa errada aí….

  8. Confundiu a data de seu aniversário

  9. Bem interessante Ferdinand W. di Vittore

  10. Comemorar não…mais se lembrar sim,além do mais a cada ano fícamos mais velho e nos lembramos disso.

  11. Não que você fique mais velho mas,o tempo passa.

  12. Como eu posso virar uma vampira?

  13. Helena Souza disse:

    Na moral, esse lance de vampiro e tals deve ser muito bacana, adoro pesquisar sobre isso, mas n gostaria de ser um, fiquei em depressão por cinco pessoas da minha família morrerem no mesmo ano, imagina ver minha família td indo embora :p

  14. Vc é mesmo um vampiro ou quer que agente acredite que vc é mesmo um?

  15. _brendacriis disse:

    Conheci uma bruxa, ela era minha amiga, íamos a todos os lugares juntas, ela me mostrou todas as coisas delas, ela tinha uma caixinha onde guardava tudo bonitinho, sinto falta dela, ela me mostrou a verdade, mas me distanciei dela por conta que não queria ouvir e acreditar no que ela tinha me falado!

Deixe uma resposta