Violência contra mulher

Noites atrás eu vi um documentário na TV a cabo, onde o assunto principal era o tratamento arcaico e agressivo dado a algumas mulheres na África / Ásia. Confesso que não foi algo fácil de ser digerido, pois dá raiva da animalidade humana de alguns indivíduos, que estupram e matam até mesmo meninas com menos de 10 anos. Vocês sabem que mesmo eu sendo um predador, eu abomino violência contra pessoas indefesas e é por isso que postarei a história abaixo, enviada mais uma vez pela nossa cronista Júlia Bittencourt. Diz ela que ouviu essa história de uma mulher no shopping.

Lembro como se fosse ontem de meu passado assombroso. Sou natural da Etiópia e uma mulher, que problema tem nisso?
Para começar, no meu país de origem, somos tratadas como um lixo.
O casamento é ilegal e secreto, exceto para os convidados, e, no Rajastão, a cerimônia costuma ocorrer em noite alta. Por isso, só no fim da tarde, as três meninas noivas nessa árida povoação agrícola no norte da Índia começam a preparar-se para os votos sagrados. Elas agacham-se lado a lado no chão e mulheres do vilarejo, cercando-as com uma cortina improvisada de um pano de sári, se despeja em suas cabeças uma panelada de água e sabão.
Quando soube que ia me casar, eu tinha apenas sete anos… Fiquei desnorteada, pois sempre vinha à minha mente a imagem de uma amiga minha que por contestar seu marido, perdeu as orelhas e teve seu nariz cortado.
Eu gritei com o meu pai, expus toda a força que tinha em minhas cordas vocais:
– Você não pode me forçar a casar com ele! Eu sou uma criança, quero brincar e estudar. Se você me forçar a casar com ele eu vou à polícia e conto tudo!
Não dei tempo ao meu pai para falar, mas sabia que tudo isso ocorrera devido à uma rixa familiar.
Então eu corri, corri tanto até meus pés sangrarem, então pedi carona em uma estrada. Ele era um homem meio rechonchudo e com um olha sádico, mas eu precisava de ajuda e ele parou seu carro.
Minutos depois eu percebi que ele estava me levando para um lugar deserto e fiquei com medo, sabia que alguma coisa ia acontecer… E então fui estuprada. Na Etiópia isso também e comum, às vezes eles estupram para depois reivindicar como noiva.
Minutos depois enquanto ele dormia, eu o enforquei com o sinto de segurança, e mais uma vez fugi, até encontrar uma ONG, onde me educou.
Graças a eles eu pude superar tudo isso e vir ao Brasil, encontrei um senhor que me acolheu de forma calorosa e hoje estou aqui, tendo meu próprio negócio.

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: http://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

28 Resultados

  1. Realmente meu caro alguns humanos sao de mais anibalismo doque os proprios animais!

    Belo texto isso fara as mulheres pensarem melhor!

  2. Krys disse:

    Para que fazer isso? O que uma pessoa ganha fazendo isso? Esse mundo está cada vez pior, é pessoas matando crianças, animais… Não sei onde vai parar, só espero não estar aqui para ver… Uma criança merece uma infancia calma e divertida.

  3. Sel disse:

    Concordo Renne e Krys, e é por esse e outros tantos motivos que o ser humano nunca evolui… ainda bem que existem pessoas boas por aí, como esse senhor que ajudou a garota, mas são poucas pessoas assim…

    • Krys disse:

      As pessoas gostam de viver em seu mundinho, não param para pensar no que acontece no mundo, e não querem ver a realidade, pois é cruel, por isso ninguém faz nada para ajudar essas pobres pessoas, eu serei diferente, vou fazer o máximo para ajuda-las…

  4. Sel disse:

    Certíssimo senhorita psicóloga! kkkk
    Algumas merecem ajuda, outras nem tanto, é por isso que não devemos confiar em qualquer um…

  5. Krys disse:

    Sim, assim como algumas pessoas são muito bondosas, algumas são muito más, cabe à você, saber em confiar… Como eu sempre digo, ninguém vem com uma plaquinha pendurada no pescoço revelando suas verdadeiras intenções…

  6. Sel disse:

    É isso aí, fica a dica! 😉

  7. milla.bortoluzzi disse:

    É triste como as pessoas tem sofrido no mundo, e nós simplesmente não temos o que fazer, podemos apenas que ser bons para os outros e ajudar quem podemos na nossa realidade de vida. Agora EU NÃO TERIA PENA nenhuma de quem é capaz de fazer pessoas que não podem se defender sofrerem, como crianças, mulheres, idosos…

  8. Isso ai tambem concordo……… Existem pessoas boas e existem pessoas que so ficam saciadas com a desgraça alheia….. Eu sempre procuro comfiar desconfiando e mais pratico hehe

  9. Bom dia a todos, é incrível acreditar que depois de milhares de anos os humanos ainda tenham instintos animalescos.

  10. fabiana lee disse:

    a violencioa contra a mulher esta causando muitas mortes a cada dia que sa passa e isso tem que acabar , nós mulheres, não nascemos para isso somo tão capazes quanto os homens, e se isso nao cessar nossa imagem sempre vai ficar de mulher fragil e submissa aos olhos de quem pratica essa coisa tão brutal que é a violencia contra a mulher ……. besitos

  11. ingred alves disse:

    Infelismente tudo isso é verdade…

  12. ingred alves disse:

    Infelismente tudo isso é verdade…

  13. Concordo…. O governo do brasil devia tomar atitudes radicais com o homem que pratica esse tipo de crime.
    Mais infelizmente nao e assim que funciona se a mulher for na delegacia dar parte do individuo eles disem para aguardar que esse tipo de crime deve ser pego no ato!
    Acho ridiculo isso…. Andei vendo alguns programas que falavam sobre isso e passou a materia de uma mulher que prestou queixa contra o marido 3 vezes e nao resolvel nada acabou que na quarta o marido assassinou ela!
    Se a policia tivesse tomado uma atitude antes isso nao teria acontecido com ela!

  14. LellaMorais disse:

    Ai, desse jeito as meninas vão ter medo do casamento ! rsrs Gostei do texto.. Já tenho minha opinião formada em relação a isso.. Mas o que posso fazer ? O mundo em que vivemos não é o melhor..

  15. thattafeger disse:

    o texto ficou muito legal e é uma pena que seja tudo verdade

    • ingred alves disse:

      Thattaaaaa,,você por aqui my honey seja bem vinda meu amor,,na escola agente se fala bjocaass…

    • ingred alves disse:

      Olaa thatta,,seja bem vinda meu amorr agente se fala na escola….bjocass

    • Julia Bittencourt. disse:

      Obrigada, para mim o Sr. ferdinand já tinha desistido de postar…. fiquei muito triste e feliz ao mesmo tempo, pois através disso tudo ter ocorrido com ela, teve uma pessoa que a ajudou 🙂

  16. Flor de Lotus disse:

    Olá a todos!

  17. Allice disse:

    na boa, da vontade de mata…

  18. Jane Eyre disse:

    Modo Irado ON:
    Sinceramente, eu gostaria de Saber qual o problema de certos Indivíduos do Sexo masculino. Primeiramente, qual a mentalidade de um ser que desposa uma menina de 7,10,12 anos e acha que está tudo normal? Se me disser que é um costume religioso, favor me mostrar em que livro esta abominação está escrita,pois , sinceramente, eu não me lembro de nenhum povo que teve a capacidade de escrever tal regra.
    Em segundo lugar, Pelo amor de Todos os Deuses, usem a lógica, uma garota de 7 anos nem menstruação tem! Então a ideologia de que se as mulheres se casarem mais rápido o número de descendentes será mais numeroso é NULA.
    E por último, mas não menos importante, gostaria de propor para todo e Qualquer homem que acha divertido ou Justo que uma mulher cubra o Cabelo e o corpo porque o mesmo o excita, ou que se acha no direito de dizer que uma mulher não tem direito de sentir prazer durante uma relação sexual, e por isso deve passar por uma excisão feminina, proponho com toda a gentileza que você, caro Senhor, passe um ano inteiro usando uma maldita Burca e que arranque fora seu órgão, pois, sinceramente, de tão ignorante que és , garanto que não precisas dele. 😀