Wampir – Os Vampiros existem!

Histórias, contos e relatos. O cotidiano de vampiros, bruxas e lobisomens do jeito mais realista, que você possa imaginar…

  • O controle da minha sede
    Dias atrás eu estava com muita sede, aquela famosa sede que acomete os vampiros e nos deixa loucos atrás do mais puro sangue. Já disse por aqui que o sangue que mais mata a nossa sede é o humano. Apesar de que o sangue dos animais inferiores também trás certa satisfação… mas cara, não é a mesma coisa! Por causa disso, fui aonde há mais…
  • Ser um sobrenatural nos tempos atuais é algo sofrível
    Todos sabem que os tempos mudaram e que ser um vampiro atualmente, bem na verdade, ser um sobrenatural nos tempos atuais é algo sofrível. Tá, lá vem o cara imortal reclamar… Não é bem assim, mancebo! Sim os tempos da época em que eu fui transformado eram diferentes. Não havia higiene, tampouco band-aid, smartphnes, banho quente ou sequer banheiro dentro das casas. Já falei um…
  • Licans, como eles são?
    Nos meus últimos artigos aqui no blog do meu irmão Ferdinand, tenho falado bastante sobre minha matilha de Licans. Sobre como vivemos em meio a uma das maiores florestas do mundo, juntos dos indígenas e dos demais povos que frequentam nossa região. Hoje, eu vou mudar um pouco o foco e falar especificamente sobre nós: Licantropos. Popularmente conhecidos como Lobisomens, Metamorfos ou simplesmente Licans. Dando…
  • Um dia nas minhas rotinas de Lican
    Acordei e como de costume mais cedo que os demais. Junto de Vera fiz meu desjejum com muito café e carne fresca de capivara. O tempero secreto da Lican é um dos seus maiores segredos e faz a alegria de marmanjos, tal qual eu. Papo vai e vem e chega até nós, todo esbaforido, o Jonas. Um lican nativo da região e que era lenhador…
  • Problemas na matilha – Parte 2
    Voltar a parte 1 Vera iniciou os preparativos ao lado do totem. Um monumento que nos foi dado de presente, entalhado em madeira de carvalho e localizado centralmente em nosso assentamento. Vestida apenas com uma túnica, alguns colares e adereços nos cabelos. Ela circulava ao redro do totem com incensos enquanto dizia algumas palavras ritualísticas. Aguardei numa cadeira em certo local que não a atrapalha-se…
  • Oração ao Cadáver Desconhecido
    Certa vez estive com o Doutor e numa das paredes no local onde estávamos, constava um quadrinho emoldurado de forma simples e neste havia escrita em letras de forma a Oração ao Cadáver Desconhecido: Ao curvar-te com a lâmina rija de teu bisturi sobre o cadáver desconhecido, lembra-te que este corpo nasceu do amor de duas almas; cresceu embalado pela fé e esperança daquela que…
  • Problemas na matilha – Parte 1
    Acordei pouco antes do sol nascer. Esfreguei os olhos. Espreguicei-me. Demorei um pouco para se levantar, haja vista o cansaço da noite anterior em meio as andanças com meu irmão vampiro, Ferdinand. O cheiro de café fresco era evidente e forneceu o estímulo necessário para que o me arrumasse, lavasse o rosto e fosse até nossa cozinha coletiva. Lá chegando, apenas Vera estava de pé…
  • A origem das linhagens
    A lenda da criação dos sobrenaturais segundo os Wairwulf. Naquela época todos os seres eram mais próximos dos Deuses, aqueles que haviam criado os céus, os planetas e as cinco forças conhecidas até então: ar: fogo, água, terra e energia. Dizem que a energia gerada pela vontade de se materializar dos Deuses impulsionou as demais forças e destes alinhamentos surgiram tudo o que conhecemos… Os…
  • Xamanismo e os seres sobrenaturais
    Eu fui um dos influenciadores que incentivaram o Ferdinand ir além do que é visto no cotidiano das cidades, florestas e mares. Esse papo é bem longo, mas digamos que tem início no princípio de abrir aquele famoso terceiro olho. Esse assunto sempre gera muitas perguntas ainda mais quando falo nos planos que circundam a terra. Alguns chamam isso de abertura do terceiro olho, outros…