Augusto dos Anjos, adaptação..

Augusto dos Anjos, adaptação..

Deprimido? Que tal ler um poema vampirico e piorar… “Eu, filho da noite, Monstro de escuridão e rutilância, Sofro, desde a epigênesis da infância, A influência má dos demônios que me perseguem. Profundissimamente hipocondríaco, Este ambiente me causa...