Tag: sentimento

Odeio o anoitecer – Parte 1 de 2

Certamente, um dos períodos no qual eu mais me sinto triste é o entardecer. Não deveria ser assim, afinal esse período do dia nos equivale ao “amanhecer da noite”, mas alguns sentimentos são quase impossíveis de se explicar. Digo isso, pois foi o que me aconteceu tempos atrás, o que de certa forma me motivou a sair e dar um rolê. Antes que me perguntem eu não posso sair de dia, mas o céu estava com aquela cor roseada. Moto na estrada, em alguma rodovia grande do interior e o... Continue lendo

A Revelação: a história de Rebecca – Parte I

Bom inicialmente, peço desculpas aos leitores pela demora. Ferdinand entrou em contato comigo faz alguns meses, e só neste momento consegui parar para lhes contar um pouco mais sobre essa longa história. Conforme havia prometido ao meu querido Ferdinand, ai está. Espero que gostem! Quando senti que meu corpo recobrava a consciência novamente, mantive os olhos fechados. “- Becky… Becky!”. Minha mãe? Eu podia ouvir sua voz me chamando. Mas, eu sabia que era apenas minha imaginação, “ele” brincando com minha mente novamente, fazendo me sentir uma marionete. Afinal, eu... Continue lendo

Quero me transformar em vampiro – Pt1

Às 23 horas de uma noite qualquer, com muita chuva e frio encontrei Penélope sentada à sala da fazenda. Na TV era exibido algum programa Teen qualquer e lá estava minha nova pupila enfia em seu inseparável MacBook Air. Entre tweets e likes resolvi incomodá-la e sentar-me-ei ao seu lado. – Posso trocar de canal? – Claro Fê a tv é sua e nem estou vendo né… Procurei por algum canal de carros e enfim achei um bom programa de restauração (os meus prediletos).  Por alguns pratiquei algo humanamente normal,... Continue lendo

Amar… Será?

Texte enviado pela Marie Claire. Amar… Será? Quantos já tentaram descrevê-lo, quantos já viveram por ele e quantos por ele já morreram. Quanta paz ele nos traz e em quanto desespero pode transformá-la. Quantas batalhas ele provoca dentro de nós, quantas vezes faz a razão e a emoção tornarem-se inimigas mortais. Quantas sensações nos faz experimentar, a quantos belos lugares é capaz de nos levar. Como é sutil e cruel, quantas vezes nos leva ao céu e quantas mais nos lança ao inferno. Quantas vezes nos mostra o brilho sol... Continue lendo