Amar… Será?

Texte enviado pela Marie Claire.

Amar… Será?

Quantos já tentaram descrevê-lo, quantos já viveram por ele e quantos por ele já morreram.

Quanta paz ele nos traz e em quanto desespero pode transformá-la.

Quantas batalhas ele provoca dentro de nós, quantas vezes faz a razão e a emoção tornarem-se inimigas mortais.

Quantas sensações nos faz experimentar, a quantos belos lugares é capaz de nos levar.

Como é sutil e cruel, quantas vezes nos leva ao céu e quantas mais nos lança ao inferno.

Quantas vezes nos mostra o brilho sol e quando menos esperamos nos atira em meio a mais tenebrosa tempestade.

É a cura para todo o mal, mas não deixa de ser letal.

E o que dizer da profusão de sentimentos que o acompanha? Desejo, felicidade, ciúmes, ira…

Será então mau esse tal amor? De forma alguma! É uma dádiva!

Tantos questionamentos atormentam minh’alma mas somente por um pequeno detalhe que deixei de mencionar.

Trata-se de mais um sentimento, porém é o impede de me entregar.

Seu nome?

Medo!

366 Comentários

Que lindo Marie, o amor sem dúvida é uma dádiva mesmo que leve á loucura…

Maaaaaariiie Sua lindona talentosaaa!
Estás de parabéns!
Kisses

Boa tarde!!! Ferdinand querido, meu coração disparou agora!!! Quando me dissetes para aguardar achei que demorarias mais para publicares!
Estou muito feliz, muito obrigada…
Obrigada meninas, Lola e Janie!

Ah, me esqueci de mencionar que ficou linda a figura que colocastes Ferdinand!

Mariiie!
Nossa mudou o avatar..
Huuuum, morango com champanhe? rsrsrs
Nem preciso dizer né?! hahahaha

Rsrs, notastes a mudança Janie! Não é nada demais, apenas uma alusão sobre uma conversa que tive com um Sr da noite…rs.

Rsrsrs
Huuuuuum..
Mariie sua danadinha rsrs
Eu sou mais um chocolate com vinho e um sorvete de passas pra finalizar hahahaha 😉

medo , ele traz consigo a possibilidade de algo dar errado ;
maldito seja esse medo que nos prende á uma possibilidade.

Caro The Fallen! A quanto tempo! Muito bom foi vosso inteligente comentário!

Belas palavras mon cher, confesso que, mesmo após anos de experiência e tentativas frustradas ainda não me é possível entender tão nobre sentimento.
Acredito que preciso tentar mais =X…. e com certeza combinações estravagantes ajudariam não?

Pequeninos varei a meus afazeres, estarei mais presente nos proximos dias, prometo.

Bloody Kisses
Franz

Bom pessoal estou de saída!
Em breve retorno por aqui!
Kisses

Como eu poderia esperar menos de minha querida e doce amiga Marie Claire?
Mereces mais que parabéns! Seu poema ficou lindo e profundo. Em tão poucos parágrafos descrevestes o porque de na condição humana ainda haver tão grandiosa luz, pois mesmo sabendo que estaremos expostos às agruras do amor, ainda assim almejamos seus portentos. Creio ser o amor a única e verdadeira salvação do homem.
Grande abraço!

Embora eu acredite que amor seja um sentimento nobre e tudo mais, eu acho que é ele o motivo da fraqueza humana, afinal, quanto mais perto do amor, mais longe da razão!

Li em um livro: “Estar arruinado é pouco como estar apaixonado: nas duas situações, vc fica desprovido de qualquer recurso, deixado despido, sem sua essência.” Irmandade da Adaga Negra(Amante Liberto pág. 259)

Minha cara Christine,
O amor é a força humana. O homem no amor que se faz fraco, mas o amor em si é a força do homem. Não confunda Amor com Paixão, pois essa sim afasta o homem de sua clareza lógica. A cada dia que se passa vejo que a humanidade tem considerado cada vez mais o amor como causa de seus fracassos e sofrimentos. A verdadeira definição de amor vem se perdendo a medida que o homem julga suas paixões e interesses egoístas como frutos do amor. O amor não nos afasta da razão. NÓS nos afastamos dela e usamos amor como desculpa para nossos erros. Além disso, a predominância da razão nunca foi lá muito sábio.
Abraço!

Meus parabéns Marie Claire. Posso passar horas lendo seu texto e não verei o tempo passar, refletindo, pensando, ponderando. Seu poema revelou o que todos nós ja sabíamos: que seria admirável, adorável e fenomenal. É por causa de pessoas como vc Marie que gosto de Visitar o FanAnt.

Franz Mon Cher, que bom tê-lo por aqui! Obrigada! Creio que chegar a um entendimento completo acerca do amor ainda não é mérito de mimguém. Mas, como bem o dissestes, combinações extravagantes podem lhe ser útil…rs. Talvez doçura com dança do ventre…que pode saber rs? Baisers.

Querido Ciallmhar, como poderia eu esperar palavras menos doces de ti, meu verdadeiro amigo!
O que fiz foi expressar o que vejo em tal sentimento, uma dualidade que é que nos leva a pensar e repensar em sua grandiosidade.
Obrigada!

Rafizia, tais palavras me deixaram ruborizada…tu é uma pessoa em quem percebo muita luz e vontade de evoluir, muito me honra estares aqui.
Obrigada!

Sim… A dualidade e o paradoxo é de fato a essência para compreender tantas coisas. Quem poderia explicar esse mistério do Universo? Não há como, senão sentir e experienciar por si próprio tal maravilha.

Pois é meu caro Ciallmhar, a dualidade é o que nos leva a reflexão, e a reflexão traz a possibilidade das escolhas.

boa noite a todos!
gente ja chega de falr de amor ja deu né.
nem parece um blog de vampiro…

quero ler as historias de ferdinand o vampiro.ou de qualquer outro que queria escrever uma historia com ação,fantasma ou bicho qualquer.

Oi Dorivania….é verdade já chega de falar de amor, vamos falar de Wampirs…..

O amor é uma das razões pelas quais vale a pena viver. Parabéns Marie Claire!

Boa Noite á todos.. Como tens passado ?
Olha só, Herr Franz resolveu aparecer por aqui hoje… rs

Também estou muito bem…
Seu texto/poema sera o próximo a ser publicado, que bom ! Deve estar ótimo…

Boa noite!^^
Parabéns Marie.
A mais nova revelação do Fan Art.
Além de ser linda, inteligente, simpática, elegante e muita mais, você é muito talentosa.
Depois eu que sou a artista.
Danadinha. kkkkk
Saudades.

“Eu sou mais um chocolate com vinho e um sorvete de passas pra finalizar.”
Sou mais mouse de maracujá ou pudim. *-*

Eu li em um dos posts aqui do blog, se não me engano, foi no do meu texto…

Hum…maçã, a fruta proibida que Eva deu pro Adão…delícia…ulalá rs

Sim Lola, a fruta proibida… Ulala… Eu Amo o “Proibido”…rsrsr 😉

Boa noite!
Não sou como outros usuários(leitores) do Wampir que puderam sentir o coraçãozinho palpitar ao ler todo seu texto,mas estás de parabéns,Marie!

Boa noite! Obrigada Va, concordo contigo sobre o amor nos impulsionar a viver. Lenna, obrigada minha querida amiga, a recíproca acerca dos teus elogios é verdadeira! Saudades de ti! Lola e Dorivania, com certeza este é um blog sobre Wampirs, porém se Herr Ferdinand não tivesse achado conveniente não teria publicado meu texto, concordam? E no mais, minhas queridas, tem um sem número de posts sobre vampiros neste espaço, que tal vocês irem ate eles e comentarem? De preferência, comentários coerentes e que acrescentem alguma coisa a quem os leia.

Boa noite Elida, de qualquer forma agradeço-lhe pela apreciação.

Nossa Marie, sorry se o meu coment te atingiu…ñ foi minha intensão….

Boa Noite Marie, seu poema ficou bélissimo.. Gostei bastante.

Boa noite crianças,

Acredito que podem falar sobre nós e nossos amores porque não? meu irmão ‘vive’ contando suas alegrias e decepções amorosas por aqui não?
E como disse Mon Cher Marie, coerência nas conversar, este falamos de amor, pedirei a meu irmão que publique uma de nossas caçadas para deleite dos que buscam este tópico 😉

Bloddy Kisses
Franz

Então falaremos sobre o amor…esse sentimento que alguns encontram a forma certa de usar, e outros que o busca desesperadamente….

Sinceramente, “amor e vampiro” fazem ótima combinação… Sou capaz de apostar que há vários sonhos românticos com vampiros ou vampiras….

Sonhos românticos com vampiros ou vampiras?
Isso me lembrou os filmes de vampiros quem tem por ai.
__________________________
Acho difícil um vampiro amar uma humana. Não seria brincar com a comida?

É Lenna, acho que é impossível um vampiro e um humano juntos, são de naturezas diferentes…

Boa noite senhorita Marie Claire,
Mostras sensibilidade e coragem ao expressar. Aprender a verdadeiramente a amar, talvez seja a lição mais difícil dessa caminhada por este mundo.
Confesso que estou a aprender e compreender. Percebo que há muito ainda em meu caminhar neste sentido. Hoje apenas tenho como certo que no amor não cabe o achar, o tentar. O amor o é, independe de sexo, cor, raça, hierarquia, não começa pelo externo e não descansa. O amor não vê a pessoa ele vê o Ser, não vê o quê, mas valoriza o quem.

marie isso é coerção!não falei do seu texto em si,so falei que queria uma historia nova criança…o blog é do vampiro ele coloca o que ele achar coerente.desculpas por ter mexido com o seu ÂMAGO.não fique amofinada.sua expressão sobre o amor é inspirador criança.e se não tivesse gostado do seu poema não o teria lido e nem tão pouco comentado.PAZ E AMOR Marie.

E vou esperar vocE^comentar post que ainda não foi comentado para eu aprender escrever com coerencia,sabe como é aprender com quem sabe do assunto.

e lola não se desculpe pois acho que como eu vc queria ler uma historia nova meu anjo.adoro o seu lola de ser srsrsrsr

Bom dia cara Dorivania, não estou aqui com o intuito de ser, ou aparentar ser melhor que ninguém. Quando menciono coerência, quero dizer apenas não falar demais sem não ter nada a dizer (Renato Russo). Não tomes como algo pessoal, acredites, não é!

agora melhor que me expressei srsrsrsr.acho melhor agente conversar em outro post do ferdinad.o que vc acha?aquele que a marie disse que não tem comentarios.

agora me diga qual post que não tem comentarios,tava procurando me ajude…

Bom dia Sr Samuel. De fato, o verdadeiro sentido do amor é o que não vê raça, cor ou credo. Amando o Ser nos distanciamos do Ter, um passo a caminho da evolução. Sr Jeff, obrigada por teres comentado.

BOM DIA À TODOS!
Lenna lindona! Estou com saudades! Sempre preferindo um bom Mousse né? rsrs
Pois é Samuel, tb tenho um longo caminho a percorrer para chegar a plenitude de um amor verdadeiro.
Amor entre vampiro e uma humana? Nada é impossível.
Kisses

Bom dia!Tem alguém aqui?
Amor de vampiro(a) e humana(o),Janielly?Tudo pode ser possível,mas acho que não vamos encontrar muitos crepúsculos na “vida real”…se eu fosse vampira não brincaria dessa forma com a comidinha…

Oi Élida, bom dia…concerteza ñ tem muitos Edwards e Bellas por aí…e brincar com comida é pecado…..rsrs

Querida Élida,
Como eu disse nada é impossível. E quando falei isso não me inspirei em crepúsculo ou outros romances vampirescos. Só acredito que pode acorrer mesmo que seja raro.
Claro que há aqueles que se fazem de bonzinhos, românticos só pra brincar com a comida, é o que mais tem.

Marie Claire, eu que fiquei lisonjeada de ler um texto tão bem escrito. Parabéns, querida!
Eu só não sou muito adepta do conteúdo por assim dizer rs…Eu sou muito racionalista, cética e bipolar kkk. Tem momentos em que acredito nessas coisas que fazem a gnt sonar e se mover, e momentos que só acredito naquilo que está diante dos nossos olhos…
Isso é engraçado, não é? Ainda mais por eu estar escrevendo isso em um blog de pessoas que se intitulam “vampiros” rs….Mas enfim, eu não me entendo, não entendo a natureza mistica do universo e tão pouco esse sentimento chamado:amor.

Boa tarde Damas e Cavalheiros!
Sou nova neste recinto e confesso que gostei muito do assunto aqui abordado.

Obrigada Sr José Pereira pelas boas vindas.
Estou bem á medida do possível e o Sr?
Srta Marie Claire, descreveste perfeitamente as sensações sentidas quando vivenciamos tal sentimento. Meus sinceros parabéns!

Estou Muito Bem…
Realmente, a Marie sabe bem a respeito disso… 😉

Srta Lola,
Se permites perguntar: porque age de modo tão vulgar?
Porque queres tanto se encontrar com um Sr da Noite?
Achas que agindo assim vais conseguir?
Me perdoe-me por ser direta, mas não vejo outro modo de me dirigir a você.

Oie José..
Bem vinda Condessa Esmeralda.
Esse é o meu jeitinho de ser…rsrs, e quero sim encontar um ser da noite, mais isso ñ vem ao caso….seja bem vinda mais uma vez..

Praticamente sou nova aqui, e eu achei lindo o poema conseguiu descrever muito bem esse sentimento que atormenta a todos lindo mesmo o poema vc realmente é muito talentosa….

Boa tarde! Christine, és muito gentil. Creio que essa bipolaridade no sentido da crença é um tanto quanto comum entre nós, humanos. Mais uma vez muito obrigada por tuas palavras.

Boa tarde nobre Condessa, muito grata por teu comentário acerca do texto. Não sei dizer se já vivencie tal sentimento em sua plenitude, mas o amor é algo muito maior do que a relação homem mulher, como bem disses o Senhor Samuel. Sejas muito bem vinda!

Boa tarde Srta Sabrina, obrigada! Não há esse talento todo em mim, apenas procuro observar as reações das pessoas, bem como as minhas próprias.

Humano??? Há muito não sei o que é ter um sentimento humano de verdade. Mas enfim!!!!
Não acho que a Lola seja uma criatura vulgar…Acredito que cada um tenha um sonho…e ela tenta buscar o dela dessa maneira.
Querer encontrar com um “Lord da Noite” não é nenhum pecado! Muitos humanos sonham com esse dia!
Mas ngm pensa nas dificuldades que esse econtro possa trazer, não é mesmo, Lord Ferdinand Wulffdert di Vittore?

lola da uma olhada nesse site:www.amazon.com › Books › Literature & Fiction ,depois vc me responde no twintter.

Querida Dorivania, eu não disse haverem posts sem comentários, mas sim um sem número (não precisei a quantidade) de posts sobre vampiros. E coerção é um termo muito forte, desrespeitoso eu diria, visto que eu deva ter alguns aninhos a mais que tu.
Sinceramente, estou cansada desse debate. Espero colocarmos um ponto final nisso, para o nosso bem e do andamento do blog.

Marie .Mais realmente é dificil, estuda a reação humana.. nós humanos fazemos uma reação diferente da outra, pois isso dificulta qualquer ser. mais vc conseguiu ver a reação mais dificil q o humano faz. Q é o amor meus parabéns.bjss

Entendo perfeitamente Srta Lola, apenas questionei, pois estou acostumada com outros costumes.
Srta Marie Claire, obrigada pelas boas vindas. Concordo plenamente com a Srta, o amor e sua plenitude, uma vez alcançada, é sem iguál.
Srta Christine, cada um com seu ponto de vista, isso só prova até onde vai uma dama pra realizar seu sonho não é? Chega a ser engraçado como o ser humano é capaz de qualquer coisa pra conseguir o que quer.

Encontrar o ser da noite não é o meu sonho….quem dera se fosse…

Srta Lola,
É um desejo, certo?
Desejos, nos fazem ir ao paraíso quando concretizados.

nem me diga de desejos, pois e algo q as vezes pode atrapalharmos. Pois tem pessoas q fissura em querer conquista, mais pode acontecer q no final não é aquilo q realmente nos iria fazermos bem…

É como alguns dizem: O ser humano é escravo de seus próprios desejos. Devemos ter desejos sim, mas não querer concretizar todos.

Srta Sabrina,
Tenho que concordar com a Srta.
Quando desejamos muito algo, não conseguimos mais em nada, só neste tal desejo.
Sei como é, pois muitos desejos me atrapalharam em certos momentos de minha vida.

Bem…não vejo diferença alguma nesse aspecto…até mesmo porque, sendo sonho ou desejo, não encontrará um ser da noite rs…
Um dama, um Lord, um ser humano…todos, quando sentem vontade de algo, sonham com algo…de forma tão grande…fazem de tudo para alcançar suas metas. Alguns de formas mais expostas e outros não.
Mas o que move a humanidade é essa busca constante para alcaçar o que outrora objetivado, não acha?

Perdoem-me pela falta de atenção.
Corrigindo a frase:
Quando desejamos muito algo, não conseguimos pensar em mais nada, só neste tal desejo.

Srta Christine,
Sinto em ter que discordar com a Srta.
Pois desejo é algo momentâneo, e sonho é algo duradouro.

Sim realmente queremos concretiza esse desejo mais devemos estuda-lo pois pode ser q quando concretizarmos pode nós trazer algo não muito bom. Mais tem desejos q devemos sim lutar pois pode ser para nós fazermos realizados ou até mesmo nós fazermos felizes..

sim de um certo modo são…
Mais eu acho q o desejo é mais um impulso q é passageiro . agora o sonho é algo q fica até vc realiza-lo…É o q eu acho….

Também acho que são quase a mesma coisa, Lola! Pois os dois nos motivam a lutar por algo! E um desejo muito “quisto” pode acabar virando um sonho. E vice e versa rs.
E como vc vai saber se esse sonho ou desejo não seria realmente bom para vc se vc não conseguir alcançar o seu objetivo? Vai ficar para sempre pensando que poderia ter sido bom…poderia ter sido ruim!Isso vc só pode provar vivendo.
O que seria de nós se não tivessemos desejos? Sonhos? Morreriamos estagnados em cima de uma cama sem vontade de lutar!
Se a Lola encontrar um ser da noite, terá satisfeito seu desejo, só daí ela poderá saber se foi ruim ou não. E se vc conseguir encontrar um, por favor, me avise eu tbm quero falar com um, para tentar entender esse rotação da vida!

Enfim Srtas,
Cada um com seu ponto de vista diante de tal assunto.
Sobre vampiros há muitos mistérios.

concordo com vc cristine. rsrsrs e me avise para mim também quando encontra um ser da noite, tenho curiosidades….

Sim…muitos mistérios. Mas como sou ligada a ciência, só acredito depois de cruzar com um rs…
Vc já viu algum, Condessa?

Mas afinal todos temos uma curiosidade de algo ainda mais por vampiros que sã seres realmente místerios….

e muito bom sentir amor e como eu sempre digo em minhas singelas palavras o amor e o sentimento mais lindo que existe , estas de parabens minha cara seu texto ficou lindo,amor se bem nao e este sentimento que tenho agora ….

Não Srta Christine,
Tenho a mesma curiosidade que vós, seria fascinante e perigoso encontrar um ser noturno.

Concordo com vc Christine…eu acho que já até encontrei um ser da noite e ñ percebi…

COERÇÃO=REPRESSAÕ=OPRESSÃO=TIRANIA.
RESPEITAR=HONRAR;TER CONCIDERAÇÃO;NÃO CAUSAR DANO
e acho que não fiz nada disso com ninguém.PAZ minha cara ja tinha ate esquecido.

Doces Srtas, Freud explica os sonhos. Mas atendo-me apenas ao campo não científico, creio que sonhar é querer, e o desejo é mais que isso. Quando se deseja algo, ainda que inconscientemente já se está buscando os meios para realizá-lo.

Então…sou fascinada pelos mistérios. Pelas descobertas. Mas essas dúvidas me corroem. Eu realmente gostaria de provar ou não a existência desses seres místicos…
Ao que tudo parece somente o Sr. Ferdinand poderá nos explicar rs…

Dorivania, por favor, não disse que fizeste isso, tu foi que o disse a mim. Escrevestes “isso é coerção”.

Exatamente, doce Marie Clair. Inconscientemente já se busca formas de conseguir realizar esses desejos e sonho!
Querida Lola, vc acha que já viu um? Conte-me mais sobre essa experiência?

Alquem aqui já viu algum ser da noite? Quem me poder responder obrigada…

É verdade mais não conheço eles pois praticamente sou nova aqui entrei hj, entendeu mais iria gosta de pergunta-los…Mais obrigada …

Srtas,
Creio que há muitos mistérios sobre os vampiros, e acredito que nem tudo é revelado neste recinto, não aceitaríamos a verdade ou simplesmente não é permitido que tudo seja revelado.

Desculpem-me a ignorância, a falta de credulidade, mas vcs acreditam veemente que o sr. Ferdinand é um vampiro?
Lola, minha flor, gostaria de conversar mais com vc? Me passa seu msn?

Srta Christine,
Sempre haverá essa dúvida entre nós, até que uma de nós esteja face a face com um Wampir.

Quando eu tinha meus 18 aninhos, conheçi um “homem” em uma balada, e então começamos a sair e ficar, e sempre saía-mos durante a noite, nunca de dia, o chamava vária vezes pra ir á praia ou um almoço em família, ele nunca ia e sempre inventava uma desculpa, e teve umas vezes que dormi com ele e ele sempre ficava acordado durante a noite nunca o vi dormindo, só uma duas vezes e era de tarde. E teve uma vez que eu sonhei que ele me mordia e tal, mais eu acho que só foi um sonho.

Interessante, Lola!
Embora eu coloque a identidade do Dr. Ferdinand e de qualque outro que se diga wampir em “cheque”, eu devo dar o braço a torcer e dizer que o Sr. Ferdinand é um ótimo escritor. É muito culto e possui muitas informações. Parabéns a ele!

Christine….eu acho que o Ferdinand ñ gosta que publique o e-mail aqui….

Srta Christine,
Estou ciente disto, mas citei de uma forma geral.
Não sei se já notou há mais 3 Wampirs além do Sr Ferdinand neste site: Srta Eleonor, Sr Frederick e Sr Franz. como participantes ativos, também tem o Sr Sebastian, mas notei que há tempos ele não se encontra neste recinto.

sabrina vc vai adorar os primeiros posts.dizem por ai que existem coisas entre o céu e a terra do nossa van filosofia possa imaginar.chris gostei de vc!

Pois esses que vocês estão falando, eles dizem-se q são wampirs…

sabrina estamos esperando o lançamento do livro do ferdinand.quem sabe ele não se mostra pra gente?

Obrigada, gostei de todas vocês =) Especialmente da Lola, a qual compartilha de alguns ideais.
Eu não sabia que tinham outros Wampiris nesse recinto. Seria uma honra poder conhecê-los um dia desses.

Tomara queria saber sim sobre esse livro.E sobre esses misterios….bjs e obrigada Dorivania..

Obrigadinha Chris vc é um amorzinho…
Dori já olhei o twitter, mais ñ consegui abrir…

Bem, agradeço de coração a todos que comentaram meu texto. Estou me retirando por uns tempos deste espaço, preciso me acalmar. Apenas deixo claro, e os que me conhecem a algum tempo por aqui sabem, que não sou adepta a situações como a que vivemos aqui. Não é do meu feitio criar problemas com quem quer que seja.

Pelo que sei o Sr. Ferdinand está arrumando no site uma forma de conversarmos mais reservadamente, como se fosse uma messenger. Tomara que de certo. Pois gostaria de conversar com vcs mais reservadamente. Saber de suas histórias de vida e tudo mais. Gosto de conher as histórias das pessoas, seus sonhos, suas perpectivas…pois aí entendo que não estou sozinha no mundo com meus “demônios” rs.

Srta. Marie Claire, como assim criticar problemas? Nós estamos irritando vc. perdoe-me. Não era essa a minha intenção.

Christine, sou eu quem me desculpo. De forma alguma me irritam, não estou bem mesmo. Até mais.

Minhas singelas desculpas se eu criei algum problema Marie Claire..Mais eu não vi nenhum problema aqui, mais se eu tava criando algum problema desculpa..

dori eu espero que o livro venha ate aqui em goiania sei que ferdinand esta um tanto , vamos dizer ocupado com livro afinal resumir uma nao – vida tao longa em meras 300 ou 400 paginas nao e nada facil .bem estou no aguardo creio que todas aqui estao ansiosas pra lerem e livro ….

Por favor meninas, não se desculpem! Estou pasasando por uma situação complicada. Perdoem-me e fiquem a vontade. Beijos.

Boa Tarde!
Quantas discussões e debates como aqueles que há muito não vejo por aqui no blog. Agora se minha humilde opinião cabe nesses assuntos, gostaria de falar minha visão a respeito da relação que fizeram entre Amor X Vampiro. Sinceramente, creio que existem duas enormes possibilidades: Os vampiros podem encontrar um verdadeiro sentido no amor depois de tanto tempo de vida, na qual provavelmente já lidaram com quase todo tipo de conflito que encontramos na vida e desse forma descobrir que como solução para tal somente o amor completo e sem limite para motivá-lo a continuar OU o vampiro poderia simplesmente perceber que a humanidade está cada mais opaca com relação ao amor e que os homens sequer tem amor por eles próprios e assim decidir que a única maneira de seguir adiante sem jogar-se à luz do Sol é entregar-se inteiramente ao seu lado predatório, que aceitemos ou não é o lado predominante de um vampiro. Claro, que aí já existem centenas de possibilidades, mas todas vão pender para um desses dois lados. Dessa forma, acredito que o amor entre um vampiro e uma humana seja possível sim, mas não acredito muito nisso. Sobre os estereótipos que temos de vampiros acho que a melhor combinação ao invés de vampiro e amor, seja vampiro e sedução… Ok, fiquei muito tempo escrevendo meus devaneios acerca da filosofia por trás dos Wampirs! rs

Meninas irei sair , mais gostei muito de ter conhecido e conversado com vocês beijos . Até uma próxima

BOA TARDE PESSOAL!
Seja bem vinda Condessa Esmeralda Swan!
Concordo com a Srta nas tuas opiniões.
Ciallmhar, O Cinza penso o mesmo que ti, pode havar várias possibilidades.
Minha doce e adorável Marie, fico triste que te afastes, mas se for necessário que assim o faça.
Kisses

Ah…Se o amor é esse sentimento tão nobre do qual muitos cantam e falam…com certeza um vampiro pode amar um ser humano. Pois, conforme a alegação de ser um sentimento grande e sublime, até mesmo uma criatura sem humanidade poderia sentí-lo. O que eu pessoalemente não concordo.
Vampiros não são seres que se deixam levar por qualquer sentimento. Eles vivem a tanto tempo, que se afastam da humanidade. Pensem vocês: ver sua família morrer um a um. Ver pessoas que se ama partindo. Ver tudo de ruim que acontece e ainda ficar aqui?
Acham mesmo que um ser que passa por tudo isso não endurece a alma?
Eles passam a viver pela razão e se afastando de qualquer pessoa que possa ter sentimentos, para não perder mais ngm. E vê as pessoas como alimentos e não como uma fonte de amo e futura perda rs…
Porém, como eu disse, acredito que se esses seres existirem, assim como se o amo existir, ambos podem coexistir juntos e acontecer o impossivel, ou seja, o amor entre humano e um ‘lord das sombras”.
Mas não se baseiem em filmes para qdo falarmos em vampiros, não existem um “Edduard, uma Alice, uma Bella, um Stefan”, gnt!
Se esses seres existirem, são bem mais sombrios que isso.
Já ouviram falar dos nosfetarus?

e ciallmhar tens razao antes a seduçao emtre um wampir por um humana do que o amor ,se bem que tudo e possivel, mais e bem mais pelo lado predatorio, o desejo do sangue e o que podemos dizer disso e bem provavel que um vampiro tenha mais vontade de provar sua vitima ao ve-la do que se apaixonar por ela antes uma sensaçao de proteçao que um vampiro tenha caso venha transforma-la (o) de cuidar do que criou, se bem como eu disse tudo e possivel, como galego que estava namorando uma humana nao sei se realmente o que ele sentia pela beth era amor nao sou ninguem pra julgar mais cada vampiro e cada vampiro o que vamos dizer nao e mesmo?

Bom pessoal,
Esqueçam os vampiros criados pelo cinema, pois existe uma verdade concreta sobre a existência destes seres, e seja qual for, virá a torna, caso eles existam ou não.
Kisses

Meus amores, não virá a tona tão cedo. Muito provavelmente nem estaremos aqui. Caso fosse assim tão fácil, isso já teria acontecido.
Mas eu ainda acredito na ciência e na razão, afinal pq acreditar em algo que até então não é palpável?
Minhas lindas, preciso me ausentar. Foi um prazer falar-tes.

fabi vou ter que sair agente se fala mais tarde pode ser?ha mi convida pro twintter.beijo lola, chris e sabrina.

Gostei muito de seu poema Marie Claire, sempre muito coerente nas palavras e sabe como ninguem descrever o que vem do coração, concordo também quando disse que ninguém sabe realmente descrever perfeitamente o que é o amor (lógico que não foi com essas palavras, mas foi o que entendi), mas soube pelo menos passar um pouco de seu significado. Li em alguns comentarios a palavra ” sonhos” e “desejos”, sonhos todos nós temos, assim como desejos, mas vejam como é ironico muitas vezes a semelhança e realização dos dois, alguns sonhos são desejos e quando se tornam realidade se tornam pesadelos, acredito que por isso tem aquele velho ditado “Cuidado com o que desejas por que pode se tornar realidade”.
Ah sim como poderia terminar meu comentario sem dar meus parabéns pelo belo texto (poema) de nossa amiga Marie Claire? Você merece cada elogio assim como o nosso respeito, já que trazes para este lugar sabias palavras e valiosos conselhos 🙂

Christine,
Foi exatamente o que eu disse. Desconfio seriamente que um vampiro possa amar um humano, mas ainda assim existe uma grande possibilidade de tal acontecimento se concretizar. E não vi ninguém aqui se basear em obras de ficção a não ser… Todo mundo! Francamente, toda a base na qual nossas suposições foram montadas é formada pelos arquétipos de Bran Stoker e adiante. Se afinal formos basear nossas suposições nas lendas dos primórdios, então teríamos que esquecer tudo o que dissemos acerca desse amor entre vampiros e humanos, pois as primeiras lendas de vampiros contam sobre monstros mitológicos metade serpente, metade humanos chamados de Vrykolakas na Antiga Grécia e posteriormente quando as lendas chegaram até os Eslavos e Cárpatos o vampiro foi retratado como um espírito de algum morto que fosse uma bruxa em vida ou tenha se suicidado ou sido assassinado. Nos dois casos é impossível o amor entre humanos e vampiros já que em ambos os casos a criatura em questão trata-se de um monstro completamente selvagem e deslocado de nossa realidade. Creio que se alguém estiver baseando nas histórias de Ferdinand e ao mesmo tempo concordar com o método proposto pela Christine, também estará cometendo grande erro, pois afinal, para nós independente de Ferdinand ser real ou não, suas histórias chegam a nós somente na forma de acervo literário.
O que proponho é sincretizar todas as lendas e informações que temos acerca de vampiros, independente de serem reais ou não, e tirar uma conclusão do que tem maior probabilidade de ser real. Tal conclusão para ser totalmente científica teria que passar por um processo completo de análise das tais lendas sob a perspectiva possível da Biologia, Hematologia, História, Antropologia, Geografia, Química, Neurologia, Psicologia, além de adentrar nos subcampos dessas ciências e mais além. E depois de tudo isso, tudo o que teríamos seria mera teoria. Sendo assim, creio que seja muito mais cabível continuarmos com nossas suposições dentro do que conhecemos e do que achamos como sendo o mais provável.
Boa noite!

Além disso, perdoe-me qualquer um que eu possa ofender pelo seguinte comentário, mas se eu fosse basear tudo apenas nos livros de vampiros contemporâneos provavelmente não seria em livros como Crepúsculo ou The Vampire Diaries, francamente…
Não sei porque hoje em dia as pessoas só se lembram que existem essas histórias de vampiros e se esquecem da verdadeira arte vampiresca, traçada ao longo dos séculos!
Vai entender!

Não foi mero comentário, foi mais como um apelo, rs…
É melhor não acompanhar mesmo meu caro, isso aqui está uma verdadeira bagunça… Ninguém mais entende o ponto de vista de ninguém! kkkk

Ciallmhar ainda bem que tu me entendeu de uma forma positiva rsss
Pois é meu caro, como eu já mencionei esses dias, estamos trabalhando no novo formato de blog que será mais adequado a toda essa nova forma de comunicação que vocês estão fazendo por aqui… Aguarde 😉

Sim… Quando finalmente tivermos o chat por aqui, talvez seja mais que necessário aquela regrinha de não fazer comentários desnecessários à leitura. =/
E se me permite dar um conselho de amigo: Não permita que certas discussões desnecessárias e intrigas criem-se em teu blog. Acho que deves intervir não só quando o assunto cabe-lhe ao interesse.

Ciallmhar ai que vem aquela história de muitos de nós tratarem os humanos como crianças, mas eu tenho acompanhado frequentemente e garanto que a parte “suja” que entra no blog está sendo bloqueada. Infelizmente murmurinhos sempre vão existir, pois todos, incluindo nós, somos passiveis de erros e falsos julgamentos. Só posso pedir paciência, afinal daqui uns dias o negócio ficará mais ajustado por aqui… Ok, estou saindo. Abs

Se encara dessa forma tudo bem, mas lembre-se, humanos como disseste tem um nível diferente de percepção da realidade. Aí vai uma dica pros vampirões: Se quer estar em meio aos humanos precisa compreende-los. Dessa forma ajuste o nível de percepção da realidade para o nível de percepção humano…rs
Tenha uma boa noite! 😉

Boa Noite á Todos. Como estão.. ?
Acompanho o blog a tanto tempo e ainda nem me apresentei ao Sr. Ciallmnhar, pois bem, Olá… Recentemente entrei em seu blog, e Gostei Bastante…

Olá Lola, finalmente alguem… rsrs 😉
E então, como esta ?

Estou Bem Lola apesar de certos “acontecimentos”… Fiquei curioso agora, que presente foi esse, hein ? Poderia me contar ? rsrs

Foi cds do AC/DC, Ozzy Osbourne e Falling In Reverse, tô escutando eles agora…puro Rock…

Tem tantas Lola… TNT, I Love Rock And Roll, Thunderstruck, Back In Black, Highway To Hell e outras a mais e você ?

Nossa srta Marie que belo texto,tens um dom, pois não são todos que o tem,eu mesma sou uma,não tenho muitas inspirações e capacidade de criar um.E parabéns 222 comentários em dois dias. Novamente parabéns,está muito bonito,e falastes de um sentimento tb belo.

Na verdade todas mais as preferias são a TNT e a Back In Black….

Saudações damas e cavalheiros,
Minhas boas vindas às damas Christine, Lola Maria, Sabrina, Condessa Esmeralda Swan. Rogo perdão se não mencionei alguém às minhas boas vindas. Confesso que envergonho-me ao admitir tal escárnio em minha educação, este espaço me faz confusão em perceber os recém chegados.

Percebo um debate a cerca do amor entre Humanos e Vampiros (mortais e imortais – outras existências). Vou tentar colocar como uma probabilidade, não afirmando nem negando fatos. Partindo do principio da existência. Houve um comentário acima onde se questionava a respeito de sociabilidade entre imortais e mortais. Se me permitem expressar meu pensamento, não creio que um mortal perceberia diferença, superficialmente falando, se o imortal assim o quisesse. Para sobreviver é preciso se adequar. O mortal teria uma imagem do suposto real, e o real teria sua própria imagem se mesclando perfeitamente ao mundo em que vive. Para caçar se deve se mesclar, de forma que perturbe o mínimo possível o meio em que está caso contrário, afugenta a presa atrai atenção para si e o intento da caça e a própria sociabilidade cai por terra. É conhecido, pelo histórico da humanidade, a sua característica resistência ao aceitar o diferente. Para o ser humano, em sua maioria, é natural o ato de destruir aquilo que se teme. Se expor à sociedade mortal, seria de extremo risco a sociedade imortal.
Quanto ao amor de um imortal e um mortal, creio na possibilidade ( novamente partindo da probabilidade da existência de imortais). Contudo, para haver um relacionamento, o imortal deverá ceder. Não esperar que o mortal o compreenda como um todo (aceitar o diferente pode ser fácil, mas entender verdadeiramente não), mas caberia ao imortal tentar entender e aceitar o mortal. Há situações complicadas a serem levadas em consideração, o risco no relacionamento para ambas as partes, horários e maneiras de viver diferentes. Necessidades diferentes. Como o senhor Ciallmhar, O Cinza comentou: “Se quer estar em meio aos humanos precisa compreendê-los. Dessa forma ajuste o nível de percepção da realidade para o nível de percepção humano…”.
O imortal não poderia ser ele mesmo em sua totalidade ao lado de seu parceiro mortal. Para o imortal seria de extrema dificuldade subjugar seus instintos de posse, territorialismo e sobrevivência (predatório) em função do seu amor pelo mortal.
Em meu pouco entendimento do amor, arrisco a dizer-lhes que, se não podemos escolher quem amamos, podemos certamente escolher em ficar, ou não, ao lado de quem amamos. Um imortal se amar verdadeiramente um mortal, certamente deve ponderar sobre isso levando em conta o exposto acima.

Olá
Boa noite sr José e srta Lola.
(A srta Lola gostei muito de seu jeito doidinha de ser,não me entendas mal,mas a srta é alegre,divertida e como posso dizer … deixa pra lá nao achei a palavra certa.

Obrigada Áquila…pelo elogio…eu acho.
Gostei de vc..e uma ótima noite pra vc…

Olá Áquila, como estas ?
Realmente eu também gosto do jeito da Lola, alegre, extrovertida, caliente… kkkk

Ciallmhar, O Cinza, desculpe-me, eu nunca tive a intenção de causar bagunça nesse site! Lola e eu estávamos tendo um dialogo e refletindo sobre vampiros.
Espero não ser a parte “suja” que o Sr. Ferdinand disse: “mas eu tenho acompanhado frequentemente e garanto que a parte “suja”!”.
E outra, eu não disse que o Sr. Ciallmhar, baseasse seu conhecimento nessas obras, mas quis evidenciar que tem muitos adolescentes que entram nesse site e pedem para serem transformados unicamente por ter visto os filmes e seriados que passam atualmente, e acabam por imaginar essa vida errônea dos vampiros. Só isso! Aliás, eu mesma afirmei, que o Sr. Ferdinand apresenta vasto conhecimento, é mt bom na escrita e tudo mais, sendo uma pessoa culta. Ou seja, claro que ele não se baseia em tais obras de pequeno conhecimento histórico, até mesmo porque, sabemos que a realidade sobre vampiros é bem diferente: é mais provável haver um nosferatus perdido por aí do que um Edduard Cullen.
Quanto ao comentário do Sr. Ciallmhar, O Cinza: “Não permita que certas discussões desnecessárias e intrigas criem-se em teu blog. Acho que deves intervir não só quando o assunto cabe-lhe ao interesse”, se for com relação a mim fico triste em pensar que isso é uma intriga ou discussão necessária, até mesmo porque do meu ponto de vista, em um texto sobre o amor, falar sobre o amor de um mortal e um imortal é totalmente pertinente.
Mas enfim, me perdoe Sr. Ferdinand! Não era a minha intenção…foi só minha bipolaridade falando mais alto.

Boa noite!
Janielly,nada é impossível…mas como a Lola disse…brincar com a comida é pecado…rs

Boa noite Sr Samuel, adentro novamente a este recinto para poder dispensar a atenção que vosso comentário merece. Creio que ambas as partes teriam que ceder em uma relação mortal/imortal. Mas como o mortal faria tal sacrifício, ainda que por amor, se não grande maioria das vezes não o consegue nem com seus semelhantes? O fato de se destruir o que não se entende ou assusta é outro ponto que com o tempo levaria ambos a ruína. Mas, em se tratando de sentimentos, quem garante o que poderia vir a ser… Mais uma vez fico grata por vossa presença e palavras tão inteligentes.
Ursula, és uma lady. Obrigada por aqueceres meu coração.

Boa noite a todos!
Dorivania,
Foi uma falta de respeito ao meu ver a forma como você falou com a Marie. Não vi nada que poderia ofender ou ser agressivo nos comentários dela.
Seus comentários apenas deixaram uma situação desagradável. Respeito é bom…muito bom por sinal. Querida.

Sim srta Lola foi um elogio,pois o sr José tirpou exatamente a palavra que estava na pontinha da lingua CALIENTE,essa era ó ultimo elogi que nao saía.Igualmente tb tenha uma boa noite.
E olá sr José estou mais ou menos bens( problemas,mas estou a deixar a vida me levar,e s sr como estás? Tenho visto em alguns comentários que es parecido com a minha pessoa,um pouco impaciênte.

É sr. Victorius, como assim?

Uhuu..300 coments só meu, será que rola um brindezinho?…

Boa noite caro Sr Victorius, como tens passado? Encantada por conhecê-lo e agradecida por vosso comentário. Creia-me o medo da perda no que se refere ao amor está presente em nossa frágil raça também.
Perdão, mas escrevestes em norueguês?
Boa noite doce Lenna, minha amiga querida!

Tudo bem Marie?
Espero que esteja ótima.
Victorius,
estranhei mais o fato de logo agora que poucos seres humanos acreditam na existência de vampiros e que os que acreditam são tidos como lunáticos, assumir ser um.

Boa noite para quem fica e até amanhã por volta das 21:00. =D
beijos

BOM DIA À TODOS!
Seja bem vindo Sr Victorius! É um prazer tê-lo neste recinto!
Os Assuntos amor, sonhos e desejos, mortal vs imortal, está sendo muito discutido por aqui. Confesso que todos estes assuntos sugaram minhas energias cerebrais, não sei explicar, me sinto cansada, como um mal estar. Enfim, todos temos opiniões diferentes e temos que conviver com isso, porem, muitos aqui não concordam com opinião de outros e isto gerou uma discução desnecessária. Peço-lhes que aceitem a opinião do outro, se você discorda ou concorda expresse, isto é um direito de todos, mas não gere uma discução interminável, pois isto se torna demasiadamente cansativo.
Quero deixar bem claro aqui que não estou defendendo ninguém, apenas que o clima por aqui fique em paz, não gosto desses tipos de climas.
Agradecida pela atenção!
Beijos.

Concordo srta Janielly.
Obrigada pelo amorzinho srta Lola,realmente fico contente por pensar assim de minha umilde pessoa.bjos.

Bom dia !
Parece que o site (blog) esta bem movimentado ultimamente .
tenho visto novos á comentarem , e velhos á retornarem .
______________________________________________________________
Tenho visto que alguns aqui , acabam criando uma certa ignorância , não aceitam pensamentos e pontos de vistas alheios. Talvez novatos possuam uma certa poltrona no mundo dito ´´Oculto“ , mas ainda sim não da o direito de não aceita lógicas e razões alheias . Uma guerra de palavras discutindo o certo do errado , a verdade da mentira e o real da imaginação , Não há nada nesse mudo que possa diferenciar tais comparações . Então vejo que a melhor maneira para saber um pouco mais seria acreditar na possibilidade , tal palavra pode abrir uma gama de conhecimentos .
É verdade que haverá pontos de vistas que deveram ser totalmente descartados , mas também (assim como vejo muitos comentários) haverá explicações que além de responder um pergunta , acabara abrindo brecha para outras dez.

Bom tarde damas e cavalheiros!
Concordo Plenamente com a Srta Janielly e o Sr The Fallen.
Depois de pouco tempo observando as pessoas deste site, vi uns não aceitam as opiniões dos outros usuários, e cometem a garfe da grosseiria e desrespeito da opinião alheia. Já outros não concordam mas deixam bem claro seu ponto de vista respeitando o próximo. E também há aqueles que entram em contradição no próprio ponto de vista, isto por vezes é chocante.
Conselho do dia: Antes de abrir a boca, calcule suas palavras para que elas não se virem contra você mesmo.
Até breve.

Bon Jour!
Concordo com a Janielly, The Fallen e Condessa Esmeralda. estão certos, chega de discussões por causa de certas opiniões…

Carissimos,

Aos Novos, sejam bem vindos.

Doce Marie, teu texto expões a condição humana do amor, um conflito antigo do ser. Já presenciei muitas mudanças com consequencias avassaladoras para um feudo inteiro movito ao ciúme, a posse, a prisão do amor. Estás de parabéns.
_________________________________________________________

Quanto ao assunto aqui debatido…

Gostaria de lembrar aos leitores que esta sessão nomeada FanArt é de livre expressão. Nesta sessão podem expor seus trabalhos e suas opiniões. REGRA UNICA: respeito ao autor e à sua obra. Quer ler sobre outros assuntos, vá para outra sessão. Não possui critica inteligente a se fazer, não faça agressões pessoais. Estaremos moderando com maior intensidade e alguns serão bloqueados por uns dias. Comentarios fora do contexto do post serão excluidos.

Não gostaram? Não estou aqui para agrada-los.
Passar bem.

Considerem as palavras de Frederick as minhas também!
Para facilitar a compreensão de todos eu alterei os nomes dos Wampir deste site e partir deste momento, todos os Wampir possuem “(w)” a frente de seu nome. Lembro também que ninguém além dos citados abaixo, está autorizado a entrar em contato com qualquer um de vocês ou se utilizar de nosso nome. Em caso de dúvidas eu sempre estou a disposição no formulário de contato do site, ou pelo e-mail: [email protected]

Abaixo Wampir oficiais que aqui circulam e comentam:

(w) Ferdinand Wulffdert di Vitori
(w) Marques Maximilian Franz Henzollern
(w) Lord Frederick
(w) Eleonor Dolores Vantré
(w) Sebastian Gerhard Burkard

Boa tarde a todos os mortais e imortais se tiver algum aqui. O Frederick disse tudo devemos respeita o autor , mais podemos sim debate sobre outras coisas. E alias todos nós estamos nesse blog pois gostamos de apreciar o misterio dos seres da noite e de alguns trabalhos q foram feitos . no minimo que devemos fazer é apreciar e para um pouco de tocar esse assunto pois ta ficando algo muito melancólico.Passar Bem

Praticamente sou nova hoje se faz meu segundo dia aqui no blog. E queria saber uma coisa, pois nunca ouvi ninguém dizer que existe vampiros. Pois algum de vc poderiam me dizer o ao contrario disso. Pois é só uma profunda curiosidade. Grata

Olá, Boa Tarde a todos!

Conheci o blog a alguns dias e estou encatada 🙂
Claro que um tanto quanto curiosa…
Simplesmente adorei …… bom uma novata a bordo.

Espero poder interagir 😉

P.S:. (Estou gostando muito dos conteúdos abordados e principalmente os escritos por Sr.Ferdinand)

Ola…
Marie esta de parabens pelas colocações.
No mais, acho q pdemos todos conviver bem sem brigas se soubermos nos respeitar…

Sejam Bem vindos Gustavo e Iryna!
Puxem uma cadeira e se deliciem com as historias aqui contadas! 🙂

Boa tarde! Srta Fabiana, obrigada pelo comentário sobre meu texto. Seja bem vinda Srta Iryna Alexia! Frederick, querido amigo, obrigada por leres! Muitos fatos da historia revelam verdadeiras tragédias em nome do que se considerava amor. Porém, vejo que em muitos casos, incluisive no mundo contemporâneo, o que leva a verdadeira tragédia é o fato de um individuo tornar determinada conquista como ponto de honra. Por vezes ele nem deseja tanto assim o que diz amar, mas usa o sentimento para justificar seu desatino.

Doce Marie,

Amar é deixar livre, como certa vez disse um pensador. Tudo o que tenha sentimento ou sensação de posse sobre algo ou alguem pode ser amor verdadeiro…

Boa tarde Sr Gustavo, creio conhecê-lo de algum lugar… Facebook rs? Seja muito bem vindo e obrigada por comentares!

Querido Frederick, queres dizer que não pode ser amor verdadeiro? Concordo.

Sr Gustavo, seja bem vindo “mano”!!

Pessoas com tempo livre e produzindo no site. Rico material para o Sr Galego… Espero que desta vez tenham opniões descentes a exteriorizar.

M. Marie,

Amor livre, é amor verdadeiro. Aquele que confere alegria, bem estar, paixão, amizade, companheirismo… Se te sentires presa, amargurada, ansiosa… é preciso rever essa relação em questão.

Grato Sr Frederick. Espero estar de acordo com os objetivos do site… e que possa contribuir com minha pouca experiência.

Exatamente Frederick! Amar é querer o bem do outro ainda que nos machuque profundamente!

Acho que compadeço desse fato: “Amar é querer o bem do outro ainda que nos machuque …”, Marie.

Já me machuquei tanto , mais pelo menos eu nunca desejei o mal dessa pessoa, pois sempre o quis ve-lo feliz. Mas sempre aprendemos a amadurecer e tudo se cicatriza no você saber qual o melhor rémedio, pois para algumas pessoas o tempo é o melhor.

Boa Tarde caríssimos,
Sr. José Pereira, fico muito agradecido pelo seu cumprimento e por teres gostado de meu blog. É um projeto inicial e espero levar adiante.
Sr. Samuel devo dizer que suas colocações iniciais foram ótimas. Soube expressar sua opinião baseada numa tendência sociológica e a tão admirada capacidade de criar em mente situações não concretizadas.
Srtª Christine não te sintas ofendida. Em nenhum momento me ofendestes e creio que também não o fizestes ao Sr. Ferdinand. Em nenhum momento minhas palavras a respeito de discussões e intrigas referiu-se a ti, fiques tranquila. Tudo o que direcionei a ti foi uma resposta pessoal à respeito de tua opinião. Não julguei vosso entendimento, apenas rebati o que dissestes com minha opinião. Também não disse que você está bagunçando o blog tampouco que disse para que eu baseasse minhas pesquisas nas ditas obras. Seria bom reler o meu comentário e ponderar o que afinal eu disse ou não e com isso não estou querendo ser grosseiro, por favor…
Sr. Frederick, foram admiráveis tuas palavras a respeito do amor. Fiquei deveras encantado com o que vossa senhoria e nossa adorável Marie produziram em tão poucos comentários. Um conselho a todos é que leiam tais palavras e absorvam o que elas tem de melhor.
Abraço!

adorei vc tem muito talento!profundo gostei bastante, falar sobre esse sentimento ”tão contrário a si” (camoes), é realmente muito complicado, engraçado é que esses dias estava lendo um texto pra resumir na faculdade que fala sobre o amor na pisicanalise coincidências a parte,o amor é um sentimento muito singular alguns pensam que esse sentimento não passa de uma ”ilusão” para que a especie possa se desenvolver como schopenhauer na sua obra ”a metafisica do amor”, texto que se encontra em sua obra prima o mundo como vontade e representação vale a pena dar uma conferida!fika a dika!

Querida Iryna, a maior prova de amor é não manter preso quem se ama. Porém, a partir do momento em que “libertas” o amado (a) há que te libertares também. Chega então o momento de rever o que se viveu, guardar as boas lembranças e fazer bom uso do que não foi tão bom assim. Bom uso no sentido de aprenderes com os erros, os erros de ambos.

Bem vinda Srta Jessika e obrigada! Fostes muito feliz ao citares Camões, creio que este sim conseguiu captar de fato a dualidade do amor. Tua indicação quanto a obra A metafísica do amor é preciosa! Vale a pena ler!

Boa tarde querido amigo Cinza! O assunto se faz propício a divagações.

Marie o que disse trata-se exatamente do momento em que vivo, em me libertar também, porém um tanto difícil devo confessar.
Suas palavras exprimem com exatidão o que me ocorre.
É no que mais luto ultimamente: libertar-me e conseguir ser feliz.
Muito obrigada querida.

obrigada marie claire sempre que puder postarei sugestões de livros!gostei mesmo do seu texto sobre o amor, li sobre essa tema de platão a freud gosto muito de discutir assuntos que nos tragam alguma reflexão acerca do mundo em que vivemos temas esses que vão desde o amor e a amizade até temas como a solidão e a morte

Querido Fred,
Fiquei encantada com tuas palavras, o amor é assim como o disseste. Eu aguardo um dia alcançar a plenitude deste lindo sentimento. E espero que o meu escolhido sinta o mesmo.
Beijos.

Querida Janie Angel,

Para que consigas alcançar este patamar em suas relações, terás que primeiro conseguir te olhar no espelho e ter a certeza de que o fazes contigo mesmo. Consegues ser livre? Consegues te amar? Te respeitar? Te fazer feliz? Buscar a tua felicidade? Refletes sobre o que te agrada na vida e mudas, te desfazendo daquilo que não te faz bem?

Desejo toda a sorte neste processo… E muita força.

Ah! como é bom falar sobre o amor, sentimento tão contraditorio, para alguns motivo de alegrias, para outros sofrimento. Concordo quando falado que quando sofremos por amor é bom rever a relação, afinal o amor é para nos dar felicidade, mesmo longe do ser amado, mesmo vendo ele com outra pessoa. Amar é se entregar, é deixar livre, é simplesmente amar. Bem, durante a nossa existencia nós aprendemos muito sobre amar, e mesmo o imortal ama, afinal ninguem gosta de ficar sozinho, principalmente pela eternidade, não é mesmo? Mas tem varios modos e tempo de amar, cada um tem o seu.Não vou me prolongar muito com o texto para não ficar tão longo como o do senhor Ciallmhar, rsrsr. Saudades de nossas conversas Marie Claire, pena que quando estou você parece que não esta, espero um dia nos encontrarmos aqui novamente, fiquei feliz em saber q minhas palavras sinceras lhe deixaram feliz, me pareceu tão chateada antes :), saudades também de todos ( não precisam ficar com ciumes viu?rsrs )

Querido Fred,
Estou ciente disto, aliás se não nos amarmos, como poderemos amar o próximo? Como poderemos aceitar o outro, sem ao menos nos aceitarmos? Como poderemos fazer o outro feliz, se ao menos não nos fazemos feliz? Seria algo muito difícil, desta forma.
Creio que estou começando uma faxina em mim, para poder chegar a plenitude deste sentimento. rsrs
E obrigada!
Beijos

Iryna querida, só o fato de teres consciência de que necessitas da mudança já lhe torna o caminho mais suave. Creia-me, o respeito que demonstrastes ao próximo desejando-lhe felicidade será recompensado. Ainda virás aqui para me contar!

Jessika, tuas sugestões e comentários tão ricos serão sempre bem vindos. Creio falar por todos que apreciam a boa leitura e o debate coerente.

Muito boa noite Úrsula! Saudades de nossas conversas no chá da tarde também rs! Adoro teus comentários, sempre doce e ponderada. Me fazes bem, muito obrigada!

José, de bom é que estou viva! Motivo maior que esse para celebrar não tenho rs!

Janie florzinha, como disse Frederick conhecer-te é o princípio de todas as conquistas.

A Vida é Realmente Bela…

Momentos variados são fundamentais
para crescer e aprender
que a vida é feita de etapas,
partes necessárias para que
o todo se complete…
E nessa trajetória
tenha sempre na memória:
– sendo criatura,
não esqueça O Criador,
humana, não perca a humildade;
emoção, seja a sensibilidade
e sendo amor, seja um só,
sublime, intenso e verdadeiro!
Abrace o mundo com garra e graça,
trace sua estrada com determinação
e não esmoreça ou se desvie
com os obstáculos do caminho.
Ouça a voz do coração
mas não esqueça o som da razão.
A beleza da vida está contida
em simples detalhes,
nos pequenos gestos,
num sorriso franco e sincero.
Na arte de fabricar sonhos
sem fugir da realidade.
No olhar transparente
que revela sem receio
o que pensa e sente
a alma nua
onde a luz flui,
naturalmente…

Um poema dentro do poema rs! Lindo querido José! Não perder de vista o que devemos reunir dentro de nos para seguir em frente e vencer é o grande segredo. E por vezes, tão difícil de ser desvendado…

Estou de saída, espero vê-lo por aqui amanhã. Tenha uma noite linda!

É um segredo que sempre estamos lidando e aprendendo com ele…

Pode ter certeza que amanhã estarei aqui, Doce Marie…
Desejo-lhe uma Boa Noite.

Boa noite a todos!
Seja bem vindos Iryna Alexia, Gustavo e Jessika.^^

Nossa José que lindo poema, devia ter enviado pro Ferdinand pra ele postar no FanArt….

Boa noite a todos,novamente!
Tudo bem,Maria Lorelai?Que fofo o “Lorelai”…rsrs

Que descuido meu…
Seja Bem Vindos os novatos neste recinto ..

Élida Fonsêca, me chame só de Lola, pliiise…
Bem vinda Jessika…

Confesso, Lola, no começo eu não era paciente, mas agora, mudei…

De uns tempos pra cá, eu refleti, revi coisas que precisavam ser mudadas e mudei… Mudei pra melhor, foi uma mudança um tanto radical…

Tchau José.
Fico feliz com sua mudança. ^^
Tenha uma boa noite.
Beijos

Éli…que carinhoso…não me chame de Éli com a Lenna por perto…porque talvez eu tenha que chama-lá de Sel…rs

adorei o poema do josé que gracinha temos bons escritores aki!um dia quem sabe quando ja tiver intimidade com vcs envio alguma de minhas poesias ou um conto que criei!

Marie com certeza ficarei feliz em poder contar-lhes e claro espero que isso ocorra em breve.

Obrigada novamente pela atenção, querida.

Olá Lenna P. — obrigada pelas boas vindas … é um prazer poder conhecer voces …. boa noite a todos!

Iryna,
O prazer é nosso.
Élida, evitar de te chamar de Éli perto de mim? porque? um apelido tão “fofinho”. kkkkkkkkkk

Nossa,Sel…você adora me difamar não é?
Não concorde com ela,Lola!Ela vai começar a se achar…rs

Amor,diria um dos primeiros vampiros.
Que foi tudo por amor.
Diz na Bíblia Cristã que um Querubim Ungido se precipitara na Terra, por excesso de amor próprio voltado à seu próprio Ego.
Amor, motivo de grandes guerras, de grandes mudanças, de grandes desafios.
Como os Cristãos que falam do Amor de Cristo.
Como os Bruxos e Bruxas com o Amor da Deusa, Salve Diana, Salve Arádia, sagrado sejam vossos nomes que acompanharam tantos companheiros nossos que apesar de humanos em sua compleição, um dia já vestiram um corpo vampírico.
Itália, um lugar paradisíaco diante da sombra do Domínio do Império Religioso.
Cuja Torre ainda hoje se ergue no Horizonte.
Ficariam estupefatos aqueles que observassem quanto sangue correra por causa da Religião.
Não é preciso o carmim de seu tapete, o chão que passa por debaixo de seus pés, são sujos de sangue.
Mais sangue do que qualquer vampiro existente jamais derramou por tanto tempo.
E por ironia até mesmo um dos Nossos, o Vlad Tepez servira este império.
Um dos poucos vampiros que não nasceram vampiros, porém por sua própria vontade se tornara um. Quão poderoso é um homem em se tornar vampiro, só por sua vontade?
Culpa do Amor.
Foi por Amor que ele se voltara contra o Deus pregado pela religião ao qual servira pelos anos.
O mesmo Deus que acabara por amaldiçoar este, tornando-o um de nós.
Agradecido por lançar em nosso meio tão renomada Figura.
Seus feitos jamais serão esquecidos.
O tempo… aliado e algoz do coração do Vampiro.
Os antigos se esqueceram do significado da palavra Carpe Diem.
Porque já não temem a morte quando não a querem.
Loucura… amiga perigosa das horas vagas, onde o amor cego nos leva sem querer.

Mais feliz é o Homem que amara e morrera Amando, que um Vampiro que amara e jamais voltara a ver aquela que amou.

O Amor é a benção do momento em que o Sentimos o Calor da Vida, a aquecer os corpos mortos a tempos, sustentados por uma mente Glamourosa porém Fria.

Podem congelar minha carne, porém nunca apagarão o fogo do meu espírito.

Porque é esta chama que me faz levantar e seguir em frente.

Felicidade, que abrace aos que amam. Porque eles apenas fazem aquilo que é de direito.
Amargurado, não amaldiçoe os amados. Eles apenas amam.

Mais feliz oque aceita ver o amor acontecer, do que aquele que amaldiçoa quem ama, este se amaldiçoa três vezes mais.

A primeira por repudiar o amor, esfriará sua post-vida.
A segunda por esfriar o amor dos amantes, quebrará seus nervos.
A terceira e a última a mais mortal, congelará o teu espírito, cujo brilho se perderá na escuridão das noites, em que a morte abraçará oque restara de tua carcaça.
Ainda sim lembre-se nada é fadado ao mal.
A Escolha é Livre.

O Sol em excesso nos mata, porém o fogo de nosso espírito nos Fortalece.

Enquanto bebo o último gole do sangue quente da minha escolhida…

Lembro-me por este sabor do amor dos amantes, quão doce e perigoso é para o vampiro.

Nunca se sabe quem ou oque está por trás da face de quem se ama.

Boa noite Anhanguera, como tens passado meu caro? O amor é por ti traduzido de maneira forte, sobretudo no que diz respeito aos vossos. Tua dissertação leva o pensamento a vagar pelas terríveis e sangrentas batalhas, onde sempre o amor esta implícito. Desse forma, recaio sempre na idéia de que as desculpas usadas para justificar tantas tragédias vem sempre travestidas do bendito amor. O amor se pode ser tão mortal para vós, quanto para um de nós.

Sinceramente, sinto muitas saudades da atenção de Mon Cher Franz e de Lord Frederick…bons tempos!

BOM DIA À TODOS!
Ah Marie eu também sinto saudades desses dois sumidos rsrs
Amar…Será? Acho que to amando rsrs que medo! rsrs
Beijos.

Janie agora você já está amando, não tem mais jeito…rsrsrs. Vá em frente!
Olá José!
Percebi, cara Lola.

Amor só se for pela família…
Já por outra pessoa só paixão…

Percebi que a Janie está apaixonada a dias… Ela nem consegue disfarçar. 😉

Janie, você disfarça tão bem que conseguimos perceber que está apaixonada !
KKKKK’

kkkkkkkkk
aaaaaaaaaah gente não é fácil, dá um desconto vai kkkkk
😉 😛

E ai Janie, ultimamente anda conversando bastante com aquele “Sr” que me disseste ? 😉

Vou te dar 50% de desconto só pq eu tô boazinha…aproveitem…kkkk

hahah tá bom Lola… rsrs
O vi ontem zé, ai quase infartei kkkkkk 😛