Livro:

Ilha da Magia

O tempo passa e com ele surge a vontade de compartilharmos tudo aquilo que fazemos, deixamos de fazer ou que fizeram conosco. Em Ilha da Magia, o vampiro Ferdinand (eu) vai além dos contos e histórias comuns aos romances. Traz experiências vivenciadas desde o século XIX em um mundo que não existe mais (suspiros)…

Se você gosta de histórias de épocas remotas, conspirações, transformações e destino. Embarque conosco nessa jornada! Garanto momentos de aflição, boas risadas e um pouquinho de drama. Não posso ler pensamentos, tal qual meus irmãos, mas te farei sonhar e imaginar o mundo paralelo a este seu, aquele que dizem ser real. Será que é real?

Histórias, aventuras e relatos…

Van Hellsing e os vampiros de verdade

Van Hellsing e os vampiros de verdade

Passados os rolos familiares o ano começou a mil nos meus negócios, tanto no Brasil como no exterior. Há meses que o mercado não se agitava tanto e o final de ano sem muitos feriados deve ter motivado o povo . Mas não quero falar aqui de negócio, quero falar da...

Punições, filhos e vida eterna

Punições, filhos e vida eterna

As passaram rapidamente na fazenda e a garota que havia gerado uma série de problemas para Sebastian, não passava de uma pobre coitada, que se envolveu com um pilantra dito caçador de vampiros. Há muito custo, fiquei devendo um favor para Franz, ele limpou a mente...

“De férias” na fazenda

“De férias” na fazenda

A fazenda é um lugar distante dos grandes centros e apesar da vila que há por perto, ficaremos ainda por muito tempo afastados dos agitos dos grandes centros. Aqui temos o local de descanso dos mais antigos, alguns amigos de meu senhor, tal qual ele próprio e minha...

Milagre de Natal

Milagre de Natal

Antes de ler o relato a seguir recomendo a leitura das partes anteriores: Parte 1 - Aventuras de final de ano Parte 2 - Aventuras, investigações e péssimas escolhas Parte 3 - Se você brinca com fogo, você brinca com o inferno Parte 4 - Quem tem medo do lobo mau? Parte...

Quem tem medo do lobo mau?

Quem tem medo do lobo mau?

Passei o dia entre sonhos loucos, as pernas magrelas da Lilian e barulhos de todo o tipo. Ouvi o padrão convocar os fiéis para missa das 7:30. O caminhão de gás tinha uma musiquinha estúpida, diferente dá clássica que se ouve em outros lugares do Brasil. Muitos...

Aventuras de final de ano

Aventuras de final de ano

Muitas aventuras se iniciam num lugar peculiar, onde um determinado grupo de indivíduos interage… no nosso caso estava Lilian, Franz e eu, Ferdinand, na fazenda de meu criador e atual sede de nosso clã. Nas conversas, aquele papo de final de ano que consegue contagiar...

Reflexões sobre 2016

Reflexões sobre 2016

O tempo passa como um condenado para algumas pessoas, certos indivíduos reclamam disso, outros aproveitam seu passar e alguns simplesmente esquecem o andar das horas. Vampiros não podem se dar ao luxo de ignorar o passar do tempo. Pois ele marca as horas do dia e...

A Carta: prévia do futuro livro “Erner”

A Carta: prévia do futuro livro “Erner”

Alguns meses depois e o conteúdo daquela carta ainda me intrigava. Nada estava explícito, mas, nas entrelinhas daquelas palavras vindas de uma época distante, eu poderia prever o que diziam. Em certas horas do dia, naqueles na qual consigo tirar um tempo para o...

Gone – Parte (eu já nem lembro mais)

Gone – Parte (eu já nem lembro mais)

Quanto tempo não? Pois é, mas eu Lilian estou aqui vez ou outra pra contar as minhas aventuras, andanças, meus momentos bons e over também para todos vocês. Como demorei muito para escrever preferi resumir o que aconteceu antes e trazer todos para a minha rotina mais...

Gone – Parte IV

Gone – Parte IV

- Direta Lilian! Coloque o braço alto! Vamos você é boa nisso, concentre-se! – Treinos e mais treinos, parecia até que eu iria entrar em algum campeonato de luta subliminar com todo esse treino – Se você falar mais um “ concentre-se” eu juro que vou embora daqui!...

Numa noite qualquer…

Numa noite qualquer…

Numa noite qualquer, daquelas que o tédio se sobressai, resolvi dar uma de minhas voltas sobre a luz da lua, e para não parecer poético demais, sobre a luz dos postes também... Era madrugada, e enquanto grande parte dos humanos se encontrava em sonos pesados lá estava...

Múltiplas personalidades eternas

Múltiplas personalidades eternas

O ano eu não lembro, mas certamente foi numa primavera ou outono qualquer entre minhas idas e vindas pelo Rio de Janeiro. Provavelmente entre 1940 ou 1950. Não lembro se já falei por aqui antes, mas odeio essas épocas do ano. Pois o clima tropical do Brasil não nos...