Chuva, frio e a minha sede

Chuva, frio e a minha sede

Hoje é mais uma daquelas noites em que vou a caça, eu já disse que evito isso ao máximo e consumo as bolsas do hemocentro sempre que as consigo, mas existem vezes que a besta me toma. Existem vezes que o sangue falta até mesmo aos que mais precisam. Nesses dias a sede...
Vai um pescoço ai ?

Vai um pescoço ai ?

Primeiro o aroma que  trás junto uma sensação de euforia, depois vem o barulho do coração, eu já consegui ouvir o pulsar, aquela correnteza passando dentro de pequenos vasos, o barulho me lembra um relógio, tic tac tic tac tic tac… Eu não agüento, minhas mãos...