Um(a) namorado(a) vampiro(a)?

Um(a) namorado(a) vampiro(a)?

À volta para o Brasil depois de longos e gélidos anos vivendo fora, não foi algo que eu possa chamar de tranquilidade. Logo no início tivemos a readaptação com a língua, depois a descoberta de alguns novos comportamentos brasileiros e na sequencia outros problemas,...