Depois de um longo tempo fora de circulação, recuperando minha mente com muita meditação e utilizando algumas técnicas vindas do Bushido eu resolvi voltar a vida on-line.

Agora com um netbook com internet 3g embutida e que cabe em qualquer mala da moto eu estarei on-line mais vezes. Na verdade isso é até ruim, pois posso ser facilmente rastreado onde quer que vá, mas convenhamos, está difícil de me acharem ou tenho sido ignorado por aqueles que acham que isso tudo é uma brincadeira…

Tudo bem, o papo de hoje vai além dessas coisa nerd e quero explorar algo que muitos poucos conhecem ou sabem a verdade. Como acordam os vampiros que ficaram muito tempo “dormindo”.

Essa questão de dormir é bem difundida por mim aqui e hoje vou dar mais detalhes para os curiosos de plantão. Pois bem, Antigamente existiam bem menos vampiros do que hoje, digamos que nós acompanhamos o crescimento humano. É importante saber disso, pois era fundamental encontrar um vampiro que quisesse acordar quando se quisesse dormir, ou seja, se o galego aqui quisesse tirar uma soneca a uns 500 ou até mesmo 1000 anos atrás eu precisaria achar algum ancião e requisitar o processo.

Neste processo o ancião entraria em contato com os membros do conselho dos anciões da região e verificaria quais vampiros estariam aptos a acordar. Isso era necessário por vários motivos: primeiro aproveitar a estrutura de proteção já construída e segundo para que o vampiro que acordasse já tivesse algo onde começar. É como se os vampiros compartilhassem a mesma vida por um período.

Ao longo dos anos isso foi mudando, determinados grupos de vampiros cresceram mais que outras e acabou que tirar um soninho mais longo virou negócio. Atualmente existem digamos hotéis de vampiros espalhados pelo mundo. Nestas estruturas muitos vampiros pagam certas fortunas pela segurança e comodidade de não precisar mais dividir sua vida mundana com outros desconhecidos.Apesar disso ainda existem muitos grupos que possuem suas estruturas próprias e fazem suas próprias regras como o meu.

Um tempo atrás eu comentei aqui no blog que sou responsável pelo sono de alguns vampiros próximos e toda essa introdução foi feita na verdade para o próximo post onde contarei como foi acordar minha querida irmã… Aguardem…