Tag: acordar

Mais algumas lembranças de Becky – Parte III

Lembro-me que depois daquele natal, e daquela visita que eu imaginava ter sido um sonho, meu avô faleceu, e em seguida eu me despedia de minha avó que também se foi, talvez por tristeza e saudade. Para mim já não havia mais ninguém, eu não havia recebido mais correspondências daquele homem, não tinha nenhum tipo de endereço, nenhum irmão, nem ao menos um tio, e eu estava me preparando para a faculdade. Então, apesar de tudo, eu fui para aquela minha nova vida, que mal começava e já acabaria. Em... Continue lendo

Ilusão

Poema enviado pela Rafizia, onde ela comenta em seu e-mail: “…Acho que ele fala de ilusão (não amorosa, mas em coisas irreais nas quais preferimos acreditar)”. Vivemos do sonhar, do não despertar Tentando nele, o impossível alcançar Todos os dias meus sonhos me aprisionam Tento fugir, mas meus pesadelos jamais me abandonam Porque se tornam o meu refúgio, o meu abrigo O adormecer passa a ser o meu melhor amigo Para que mergulhar, Se afogar na ilusão? Para que querer não acordar E para que tentar se manter na escuridão?... Continue lendo

Como os vampiros dormem?

Como os vampiros dormem?

No ano de 1951 a vontade de ficar um tempo fora do mundo era tanta, que ter de esperar Eleonor acordar para ficar em meu lugar, não era uma opção. Infelizmente, era preciso esperar, pois era ela que cuidaria das coisas da família enquanto eu e os outros estivéssemos fora daqui. Era perto de abril quando meu tio e eu fomos para a “fazenda” da família, um local tido como refugio nas horas incertas e local das nossas “camas”. O local além de todas as proteções de praxe também possui... Continue lendo