Pés descalços

Pés descalços

França, 1857 Estou correndo no meio da floresta. Essa dor de cabeça insuportável está me deixando nauseada, meus pés tocam o solo e quebram os galhos secos, deixando rastros. A dor de cabeça se intensifica a ponto de meu corpo encontrar o chão bruscamente. Meus braços...
Vampiros e Lobisomens…

Vampiros e Lobisomens…

Confesso que ao me deparar pela primeira vez com um Wairwulff transformado eu me senti apavorado. Obviamente um ser com quase 2,5m de altura, forte, com feições animalescas e com cara de mal, não se vê a todo instante, não é mesmo? Dietrish surgiu num momento...
O totem desaparecido – Parte 3

O totem desaparecido – Parte 3

15h 32m era o horário que marcava meu smartphone, no momento em que olhei para sua tela e segundos depois de ouvir o barulho irritante e estridente do interfone. – Mas que diabos, eu já pedi para o porteiro não me incomodar durante o dia. – Pensei comigo. – Depois com...
Carnaval, amor e surpresas

Carnaval, amor e surpresas

Ao contrário de meus irmãos, que preferiram os festejos brasileiros deste carnaval, eu por outro lado resolvi descansar em algum lugar junto de minha doce Julie. Como vocês já estão cansados de ouvir de mim, esta cousa de que vampiros vivem sempre sugando sangue,...
Menaje atroa na década de 20

Menaje atroa na década de 20

Sempre me perguntam sobre o lado sexual dos vampiros, sobre como mantemos nossas relações sexuais, ou como funcionam nossos órgãos sexuais. Tal qual sempre digo, somos humanos normais nesse sentido com a exceção de que não podemos nos reproduzir, ou seja, explicando...