Vampiros e Lobisomens…

Confesso que ao me deparar pela primeira vez com um Wairwulff transformado eu me senti apavorado. Obviamente um ser com quase 2,5m de altura, forte, com feições animalescas e com cara de mal, não se vê a todo instante, não é mesmo?

Dietrish surgiu num momento extremamente especial de minha vida. Logo após minha transformação Georg precisou cuidar de seus muitos negócios e me deixou aos cuidados deste seu amigo. Hoje pensando bem eu me arrependo por não ter aproveitado mais tudo o que aquele velho metamorfo podia ter me ensinado. Ao menos eu tenho plenas convicções de que ele deu o seu máximo e foi o melhor professor que eu podia ter tido.

Sim, minhas eufóricas leitoras meu primeiro professor foi um lobisomem! Sei que no início de minhas postagens aqui no blog/site eu tive um período de revolta com relação aos peludos, mas tudo tem uma explicação. Quando voltei de meu sono, os pensamentos ainda estavam confusos. Imagine um sono de quase 50 anos, tive rever muitas cousas nos meus pensamentos nesse tempo todo.

Enfim, este post é mais um daqueles artigos explicativos e com detalhes sobre este tipo de ser. Tais quais os vampiros, os lobisomens também possuem um origem que se perdeu no tempo e com a evolução. Ferdinand, onde surgiram os vampiros? Perguntam-me sempre os novatos e eu respondo: Caro mancebo tal quais os humanos nós também não termos certeza sobre a origem da vida ou da não vida. Há quem diga que forma os Deuses, há a ideia alienígena e há a ideia evolucionária. Existem muitas lendas relacionadas a história da origem da vida e isso, como vocês sabem, está em muitos livros encontrados ao redor do globo inteiro.

Peludo, Wairwulff, Werewolf ou ainda Lobisomem são em sua essência humanos que possuem o dom da metamorfose ou transformação em humanoides. Antes de tudo eu preciso deixar algo claro sobre estes seres, as lendas atuais sempre comentam do homem-lobo, mas na verdade isso é apenas um grupo ou clã destes indivíduos.

Dietrich Dimitri Hollstoff, por exemplo, depois de transformado virava uma espécie de pantera negra humanoide. Apesar de aterrorizante para os desavisados que o vissem de supetão, era um ser muito bonito. Por falar em aterrorizante, eu já comentei por aqui em outras ocasiões sobre a dieta dos peludos… Carne. É neste aspecto que os lobisomens deixam de ser “peludinhos fofinho” (sim, eu já ouvi esta expressão) e transformam-se em bestas pavorosas, afinal a carne predileta de sua dieta é a humana.

A lenda mais interessante que já ouvi falar sobre os Wairwulff nos conta que eles foram criados para defender a mãe terra ou Gaia dos humanos, que tanto exploram e destroem as riquezas naturais do planeta. Porém, a Deusa não contava que a dieta de seus “queridinhos” seria modificada ao longo da evolução e o lado negro dos lupinos surgiu quando o primeiro experimentou carne humana fresca… Dizem que eles se viciaram a ponto de quase entrarem em extinção por conta disto.

Outro ponto que acho interessante sobre os peludos é o fato de que eles possuem no geral uma ligação maior com os outros mundos, planos paralelos ou como queiram chamar. Quando escrevi a saga do Totem desaparecido, tentei transmitir um pouco desse mundo para vocês e é preciso deixar claro que somente alguns deles possuem esta ligação ou poder. Muitos outros são como nós e aprenderam a manipular os elementais ou o próprio corpo ao longo da evolução.

Vampiros e Lobisomens são inimigos Ferdinand? Sim e não caro mancebo… É uma história longa e que teve inicio em outra lenda. Uma história que inclusive mistura os dois seres dando origem a uma linhagem especial, os chamados “sanguinis puri” ou  sangue puro. No qual Georg, Franz e eu somos representantes, por isso podemos nos metamorfosear similarmente aos Wairwulffs…

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil.

Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos.

Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: https://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

39 Resultados

  1. Maila Cardoso disse:

    😀

  2. Milla Bortoluzzi disse:

    Legal, isso explica muita coisa. Adorei saber um pouco mais sobre os Lobisomens também. Humm também tenho uma história sobre eles aqui na minha região, alguns relatam terem visto um bem de pertinho. 🙂

    • Tenho muitas histórias, bem como detalhes mais apurados sobre esse assunto e sempre que me sobra tempo publicado algo. Conte-me quando puder sobre essas aparições, quem sabe seja um amigo ou alguém que me renda mais histórias rss

  3. Milla Bortoluzzi disse:

    Ahamm assim que puder te conto um pouco mais sobre isso 😉

  4. (w) Maximilian Franz Henzollern disse:

    Milla, gostaria de conhecer esses humanos que dizem ter contato com os ‘peludos’, devem ter uma tipo de demencia divertida em suas mentes depois de um encontro destes =X

    Desculpem não resisti… presenciei vampiros fugindo desesperados da simples visão de um Wairwulf em sua forma animalesca…

    Eu por outro lado fico muito elegante nesta forma não é Maninho ^^

    • Sim sim claro, tão elegante quanto um dragão que palita os dentes com o fêmur de um hipopótamo 😛

      • (w) Maximilian Franz Henzollern disse:

        Todo resplendor de um Dragão 😀 poderia ser um fêmur de sei lá uma pantera um leão, algo mais majestoso! haha

        • Como eu falo nos papos de boteco, ando meio “xucro” hoje rss

          • (w) Maximilian Franz Henzollern disse:

            Falando nisso …. Whatsapp já q o BBM não funcionou =X

          • Engraçado ler isso vindo de ti, a pouco tempo atrás com o perdão da palavra, eras um troglodita que vivia no mato e nem queria saber de tecnologia e agora está ai, me falando de apps para smartphone. Que orgulho, por ter te incentivado com aquele “aparelhinho” de aniversário, lembra? rsss Respondendo a tua pergunta, Whatsapp e Skype até que venha algo mais “seguro” meu irmão.

          • (w) Maximilian Franz Henzollern disse:

            Relutei muito irmão, mas hoje sabe bem que sem meu smartphone não consigo trabalhar ou aprontar das minhas!
            Alias chegou meu novo aparelho 😀 estou a configurar e Obviamente preciso de ajuda!
            Ok Whats it is!
            Lassen Sie uns ein wenig Party an diesem Wochenende ?

          • Fico imaginando as pessoas lendo teu comentário e indo ao google translate kkkk Yeah, we gonna rock bro 😛

          • (w) Maximilian Franz Henzollern disse:

            Sorry guys!
            Vocês precisam ver nossas conversar privadas haha, ingles, alemao, espanhol, italiano … isso quando não estamos romanticos e rola um frances básico ^^

          • Ahhh as francesinhas falando… Minhas presas afloram =X

    • Milla Bortoluzzi disse:

      HAHAHA… Pois então. São pessoas simples da região, não as conheço bem também, mas há rumores que havia um lobisomem a anos atrás e que isso passou para uma pessoa que havia sido atacada pelo mesmo e que a mais ou menos um ano ele andou rondando uma casa uma noite. Se é verdade ou não não sei dizer….

      • O mito dos lobisomens é bem conhecido, aliás, antigamente ele desculpa para tudo. Crianças que desobedeciam eram ameaçadas por esse mito. Pessoas que sumiam, estupros, assim por diante…

        • Milla Bortoluzzi disse:

          Verdade, mas a história que ouvi é recente… Faz quase um ano apenas. Lembro que quando isso se espalhou, chamaram o cara que viu de louco… Agora, vai saber.

  5. Isa disse:

    Bom dia, Ferdinand 😉
    Porque só o senhor, o Franz e o Georg? Tipo, a Eleonor, o H2, o Sebastian, também não são representantes?

    • Super importante tua pergunta Isa. Apenas nós três possuímos os genes Wairwulff no DNA, não desmerecendo meu irmãos, mas ele são apenas humanos-vampiros. Simplificando a história Georg, Franz e eu fomos “transformados” em vampiro antes do lado lobisomem se manifestar. Não gosto de usar este termo, mas somos então um pouco híbridos.

  6. Janielly Rodrigues disse:

    Boa Noite Caros Wampirs & Fans!
    Devo expressar minha opnião aqui dizendo que vampiros e lobisomens não precisam necessariamente ser inimigos mortais. É claro que há a tal coisa de que já é assim desde que ambos existem, porem deveriam aproveitar as diferenças com sabedoria…

  7. fabiana lee disse:

    Olha , ver lobisomem de perto, não é novidade pra mim , eu já vi um aos 8 anos de idade e outro com 12 rsrsr é assustador aquela fera de mais de 2 metros de altura na sua frente é algo assustador mais eu digo mais outra coisa na região onde minha mãe morava , tinha relatos de que ela disse que viu várias vezes , a presença desses peludos por lá e eram muitos deles minha mãe disse que eles faziam algazarra por lá , e onde eu morava a presença de seres sobrenaturais não era novidade pra mim e o mais interessante era que só eu quem via tais aparições …. estranho né fer … o que terias a me dizer sobre isso ….. rsrsr beijos querido …. good night mein lieber…

  8. lucian araujo disse:

    legal essa historia sobre esse peludos… coloca mais historia sobre esses assuntos…..valeww

  9. lucian araujo disse:

    ferdinand aqui onde eu moro possa ser que tenha um lycan….bom a relatos de caça desse lycan pois um homem aqui no sitio onde meus pais moram sofreu uma perseguição de lycan afirma ele….bom e essa pessoa que possa ser esse lycan tem cheiro de cachorro molhado é um velho com seus 55 anos e é rapido… bom e a relatos q ele briga muito a noite segundo ums vizinhos dele…que recebe visitas estranhas….bom depois disso ele sumiu um tempo e depois voltou e muito estranho….fato veradeiro gente…. moro em alagoas- arapiraca….

  10. fabiana lee disse:

    a eu morava em, jacundá PA e os maiores indices dessas criaturas são por lá já aqui em goiania evidencias de seres sobrenaturais são de seres espirituais como criaturas e pessoas loucas rsrsrs

    • Outro relato importante, como eu acabei de escrever são estas lendas e histórias que nos protegem!

      • lucian araujo disse:

        sim ferdinand …. mais o interessante é q ele vive la entre nós…mais como eu faço para saber se ele é mesmo um lycan…..legal seu blog ta de parabéns …

        • Identificar um lobisomem talvez seja uma das tarefas mais difíceis e perigosas, principalmente para quem não possui as habilidades corretas. Lobisomens ativados, ou seja, que já passaram por sua primeira transformação tendem a ser um pouco mais agressivos, mas isso não é regra. Tem uma dieta carnívora, mas isso pode ser facilmente camuflado. O mais correto a ser feito é evitá-los, vai por mim 😉

  11. Janah C. disse:

    Gostei da história, parabéns, mas o que me fez rir mesmo foi isso:
    “Sim sim claro, tão elegante quanto um dragão que palita os dentes com o fêmur de um hipopótamo :P”
    kkk

  12. Sel disse:

    Na minha cidade natal, diziam que tinha um velho estranho que morava em uma casa meio afastada, e que ele se transformava em lobisomem. E um dia (melhor, noite) em época de Quaresma, uma mulher disse que ouviu algo batendo e arranhando ferozmente a porta da casa dela.
    As arranhadas na porta ainda continuam lá, isso é verdade. E todos sabiam que isso não foi feito por um ser humano, só não tinham certeza se realmente o velho era o lobisomem.

    • Adoro estas histórias =)

    • Milla Bortoluzzi disse:

      Isso é semelhante a história que ouvi por aqui, O senhor de uma casa disse que viu por uma fresta da janela um animal muito grande e que fazia barulhos violentos. De fato, alguns viram pegadas enormes na área da casa no outro dia. 🙂

  13. Janah C. disse:

    Pra mim não, mais foi legal. Coitado do seu irmão deve sofrer com suas brincadeiras. 🙂

  14. Lamia V. disse:

    De fato os seres lupianos tem suas características terrorosas. Saber um pouco mais sobre esses seres um tanto… peculiares foi uma experiência divertida e deliciosa. Como sempre o Sr. Vittore nunca nos decepciona com seus relatos impecáveis.

  15. fabiana lee disse:

    Eu conversava com esse homem que sem nem se quer perceber que ele era um lobisomem, um dia eu tive a certeza depois de ver a lanterna que ele usava pra fazer as rondas, pelo setor , caída no chão, e ele em cima das toras de madeira se transformando na mais assustadora, e feroz criatura …. ao meu ver ele até que era legal…. como pessoa nunca mostrou indícios de que era um lican …. e outra coisa que me intrigava muito era o meu tio , não vou citar o nome dele ….. mais faz mais de 7 naos que ele desapareceu eu sempre suspeitei que ele podia ser um lican , pelo fato de que , sempre quando era noite de lua cheia ele sumia e só voltava no outro dia , ele era muito magro e pálido fora do normal, nunca mandou noticias de onde possa estar ……. e provavelmente nunca saberei …. nunca saberei o seu paradeiro…. são muitos casos ao redor do mundo e muitas pessoas que presenciam esses casos e nunca poderemos saber com quem lidamos ao nosso redor …….. beijos

  16. fabiana lee disse:

    E OUTRA COISA EU SEMPRE SUSPEITEI DESSE SENHOR QUE FAZIA RONDAS MAIS NÃO TINHA CERTEZA TOTALMENTE ATE QUE UM DIA EU ESTAVA PASSANDO PERTO DE UM ATALHO E VI UMA CRIATURA ARRANHANDO A PORTA DE UMA DAS CASAS EU CORRI TANTO QUE PENSEI QUE IA PARAR DO OUTRO LADO DO MUNDO RSRSRS …… MAIS QUE FOI ASSUSTADOR FOI … E FOI DAI QUE DEPOIS DISSO , E DEPOIS DE TER VISTO O LOBISOMEM SE TRANSFORMANDO QUE EU JUNTEI AS PEÇAS E VI QUE ELES ERAM O MESMO HOMEM …. CHOCANTE …..RSRSR BESOS