Tag: missão

Odeio o anoitecer – Parte 2 de 2

O clima estava pesado, Hector não é um tipo de vampiro dos mais tranquilos e eu não sou flor que se cheire, ainda mais quando me deixam puto por pouca bosta. Porém, quando o assunto é tacar a mão em alguns filhos da puta eu posso sempre contar com meus aliados/amigos. Eliot foi por terra usando sua velocidade vampiresca. Hector também utilizou sua agilidade sobrenatural, mas também estava invisível aos olhos humanos. Eu também usei minha velocidade acima da média humana, mas fui um pouco atrás e antes de chegar... Continue lendo

Girls night out – A missão – Pepe – Pt6

Fiquei um pouco receosa, achando que a Becky não daria conta de guiar a moto comigo na garupa, mas até que ela se virou. Claro, que não pilotou tão bem quanto o Fê e quase caímos por causa de alguns buracos.  Abstrai o medo de cair, me concentrei num celular que peguei de um dos capangas que matamos e depois liguei imediatamente para o Fê. Ele ficou feliz e bravo ao ouvir minha voz, mas me acalmou dizendo que estava junto do mestre da Lili, perto de nós e que... Continue lendo

Girls night out – A missão – Becky – Pt5

Corri o máximo que pude junto a Pepe, mas não estava com intenção alguma de fugir. Estava extremamente com raiva por não ter sentido a magia que nos rodeava antes de sermos capturadas. Mas, tínhamos uma missão a cumprir e faríamos isso com perfeição, mesmo com os incidentes. Além disso, a Lilian acabou ficando para trás, tentando nos ajudar e, ainda estava capturada, por tanto, não iríamos deixá-la. Sentamos em baixo de algumas árvores para recuperarmos o fôlego e pensarmos no que iríamos fazer. Pepe já não parecia tão machucada,... Continue lendo

Girls night out – A missão – Lilian – Pt5

Que lugar é esse? Pensei comigo. Eu ainda estava tonta por causa de algum tipo de magia pesada e pela pancada que  havia levado na nuca, mas aos poucos  consegui lembrar do que havia acontecido. Estávamos sentadas num bar a beira da estrada, apenas observando o movimento no lugar, pois seria um dos locais de encontro dos capangas do tal mago que procurávamos. Passados alguns minutos, o lugar começou a ficar com um cheiro estranho, uma sensação de podridão,  indicando que algo pesado estava acontecendo naquele lugar. Puder sentir uma... Continue lendo

Girls night out – A missão– Pt4

Primeiro eu gostaria de informar que a Pepe está sob efeito recente da transformação e é normal ela querer “puxar meu saco”. Todavia, boa parte do que ela disse pode ter vindo mesmo de seus pensamentos mais profundos e intensos. Questão que me é vista com muito carinho também. Como minhas queridas vampiras novatas no clã, detalharam em seus relatos anteriores, nos reunimos para um breve bate papo na forma de luau e a beira de um lago na fazenda. No qual festejamos nossas alianças e especifiquei minha vontade de... Continue lendo

Girls night out – Pepe – Pt3

Desde que me tornei uma sanguessuga há meses atrás, minha vida virou do avesso. Claro, que não foi um avesso de forma ruim por completo, mas no sentido de que tive de mudar praticamente tudo o que fazia antes. O Fê já contou sobre minha transformação em: Transformação em vampiro, porém hoje eu resolvi dedicar uma parte de meu tempo livre para contar a minha impressão de tudo isso. Passados os dramas iniciais de minha transformação, eu precisei dedicar um tempo para me adequar à nova realidade. Tanto que resolvi... Continue lendo

Girls night out – Becky – Pt2

“Estou amarrada. Meu corpo todo dói e eu ainda podia sentir aquela maldita sensação. Minha visão está turva, mas posso ver a sombra de Erner caminhando em minha direção… – Minha pequena Becky…” Acordo assustada. Maldita insônia. Meu corpo tenso e a cabeça zonza. Eu ainda não havia me recuperado totalmente das últimas noites em busca da maldita Débora.  Levanto-me, lavo o rosto. Lá fora, o sol estaria forte naquele horário. Eu estava entediada e com aquele pesadelo, acabei por lembrar meu passado. Peguei os diários antigos de Erner e... Continue lendo

A magia e os vampiros – pt9

Claire vestia um casaco bege, seus longos cabelos louros estavam presos num coque alto, a calça de lycra preta de sempre deixava seu bumbum daquele jeito e nos pés simples sapatilhas de dia a dia. Os grandes óculos transmitiam um ar sexy e sua cara pálida e cansada indicavam que ela também não havia descansado muito nos últimos dias. – Seguinte, coloca logo tuas roupas por que a noite vai ser longa. – Poxa depois de tanto tempo nenhum beijinho de boas-vindas? Confesso que estava com saudades dessa tua braveza…... Continue lendo