Ai aiiiiiii aaaaiiiii (espreguiçando)…

Nada como uma boa noite de soninho gostoso. 

E o melhor de dormir é acordar, caraaaaaa que fome ( sorriso sarcástico )
Hoje é um dia bom para uma caçada, nada como um sanguinho fresco, esquece essa coisa de bolsa de sangue eu quero um pescoço. Humm deixa eu ver, ahhh ja sei o negócio é experimentar uma dessas novas casas de Strip de Floripa, quem sabe uma loira? Morenaa? Não, hoje eu to mais seleto, quero uma ruivinha e com sardas.

O primeiro passo para uma boa caçada é se arrumar, um vampiro que se prese nos dias de hoje, não anda desarmado, eu sempre levo minha pistola por baixo do casaco, podem me pegar eu sei, mas é melhor andar assim do que estar desarmado na frente de um Peludo enfurecido. Na verdade não é tanto problema assim andar armado, afinal a maioria dos lugares que frequento são de propriedade de vampiros conhecidos. Uma boa pistola hoje é como uma boa espada antigamente, você pode ter uma boa habilidade de luta corporal, mas é como os “malaco” do morro dizem ” O berro é respeito guerreiro”.

Lembro de uma vez que sai para uma boa caçada desarmado, na época a moda eram os mosquetes, usados pelos soldados que guardavam a velha Desterro. E um deles meio bêbado resolver brincar de tiro ao alvo com minha pessoa. Doeu cara, apesar de ser vampiro a parada queima e arde tanto quanto a luz do sol. Não preciso dizer quem foi o meu lanche naquela noite, mas desde então não saio mais desarmado. Ainda confio mais em minhas garras, mas já penso a notícia no Jornal de Domingo? ” Homem é morto por decapitação no centro de Florianópolis, a polícia procura vestígios do assassino…” Não ne, de tiro a coisa é muito mais limpa =)

Uma coisa legal em tomar sangue ao vivo e não de bolsas é a emoção e o êxtase. Quando tomamos sangue ao vivo é muito bom, é prazer similar ao sexo, mas existem cainitas que acham melhor. 

A velha história de lamber a ferida para cicatrizar é real, nossa saliva tem um efeito cicatrizante nas pessoas. No outro dia não há nada além de um vermelhidão no local. 

Uma coisa importante é o tempo, se você se esquece e continua tomando o sangue de uma pessoa ela seca e morre, para isso nós inventamos uma regra. Primeiro concentração total pra não ficar extasiado, e em segundo nós contamos até 3 e meio, quando der o meio depois do 3 é hora de largar e lamber para cicatrizar. Fazendo isso em umas duas pessoas temos uma refeição completa e a pessoa fica levemente sonolenta.  Depois que se alimentam, alguns vampiros que tem habilidades mentais, usam esse dom para apagar a memória do indivíduo. Assim eles podem sugar varias vezes a mesma pessoa sem ela saber.

Como eu não herdei isso do meu senhor eu preciso de muita lábia ou algumas gotas de clorofórmio… É uma opção drástica, mas não quero ter de usar a força em donzelas que ganham sua vida usando o corpo. Já penso tadinhas, estragar o equipamento de trabalho das moças =)

Fui, deu de bla bla que o estômago ta roncando ( como se o meu funcionasse aheuhauehauheau)

Bju

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil.

Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos.

Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: https://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Engraçado…vc disse que não era muito diferente dos humanos em se tratando do corpo…e agora me solta essa ” como se o meu funcionasse…”…Galegooo…srrsrsrrs

  2. Suellen Dahmer disse:

    Bem meu amore, também não tenho esse tipo de habilidades mentais ainda, mais sou uma estudante de telecinese e quem sabe em breve te ensino algumas coisas.

  3. Allice disse:

    Nussa, tu tava safadinho n?!
    Mais q estoria e essa de quere brinca de tiro ao alvo contigo?!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    FUIIII, dormir…
    Bjocas pra tds!