Para que eu possa situa-los melhor, no sábado eu fui numa festa pública em São Paulo chamada Virada Cultural, junto de minha noiva e de uma amiga. Em meio a várias situações ruins no qual passamos ainda tive o desprazer de ter meu celular roubado.

Quando um grupo de vampiros se reúne para conversar é inevitável não falar dos humanos. Vivemos na marginalidade de sua sociedade, eles são a maioria e tudo o que fazemos ou deixamos de fazer quase sempre é influenciado por esses seres que se dizem evoluídos. Não nego que muitos humanos sejam pessoas dignas e que também sofrem as custas dos maus elementos, mas até que ponto a humanidade ainda é algo sadio para o ambiente terreno?

Ouço frequentemente alguns irmãos sanguessugas tendo ataques de fúria, querendo promover verdadeiros holocaustos, diante de tanta barbárie que é vista comumente em jornais, revistas, na TV e na internet. Ouvimos, vemos e enfrentamos em nossas noites uma série problemas sociais e sempre fica uma questão em aberto, por que o ser humano é o único entre os seres deste mundo que consegue ser tão ruim para com o seu próprio semelhante?

Certas dúvidas sempre pairam a cabeça deste velho filósofo. Confesso como sempre que não sou o melhor exemplo de conduta. Tenho os meus vícios, os meus momentos de fúria impensada e até já cometi muitos crimes a seres humanos indefesos. Todavia isso é da minha natureza e se fizermos uma comparação estúpida vocês não culpam o homem por se alimentar do pobre boi indefeso, ou seja, cadeia alimentar é algo completamente diferente da criminalização banalizada no qual citei anteriormente.

Enfim, alguém em sã consciência e longe de pré-conceitos poderia me explicar por que diabos um babaquinha menor de idade rouba um celular de um cara que estava tirando fotos em uma praça pública? O que ele vai fazer com a bosta do aparelho que bloqueado imediatamente e não pode ser mais utilizado em nenhuma operadora, pois teve o seu IMEI também bloqueado? Sem cabos, sem carregador…

Ok esqueci de mencionar o fator status social. O que é isso? Bom é algo que existe desde muito antigamente e o problema começa quando as pessoas o confundem com glória. Glória por sua vez era o que existia antigamente quando um cara montava um exército e conquistava o seu reino, vivendo por muitos anos como um rei sendo respeitado por dar segurança a determinado povo.

Roubar para se gabar diante dos coleguinhas gays que andam em grupinhos? Não ofendo aqui os gays, longe de mim desrespeitar esta opção sexual, faço apenas uma referencia ao fato desses bandidinhos, metidos as marginais ao andarem em grupinhos, fazendo comedidos arrastões. Esse tipo de ato cometido sempre em grupos só pode ter uma conotação de amor ao seu amigo muito próxima.

Por que diabos nenhum deles age sozinho? Obviamente não o faz por que no fundo ele é um covarde que borra suas vestes sempre que tem pesadelos. Um covarde que nunca vai sentir a glória de carregar uma arma e banir de suas terras o mal que a assola. A glória de salvar alguém em perigo diante de um mal maior. A glória de ter amigos verdadeiros que o respeitam por seus atos. Enfim, a glória de viver uma vida baseada em respeito aos semelhantes e morrer com honra.

Há vários anos atrás eu conheci um praticante do Bushido que me ensinou algumas regras para viver melhor. Durante muitos tempo eu pratiquei sem saber, acho que agora é chegado o momento de pratica-la com mais força e divulgar os seus benefícios. Minha alma já está condenada, mas quem sabe com minhas palavras e prática eu consiga salvar alguns perdidos.

As 7 virtudes dos Samurais:

  1. GI – Justiça e Moralidade, Atitude direta, razão correta, decidir sem hesitar;
  2. YUU – Coragem, Bravura heroica.
  3. JIN – Compaixão, Benevolência.
  4. REI – Polidez e Cortesia, Amabilidade.
  5. MAKOTO – Sinceridade, Veracidade total.
  6. MEIYO – Honra, Glória;
  7. CHUU – Dever e Lealdade.