E mais uma vez os peludos estão a me incomodar. Desta vez são os pequenos “Strins. Este malditos micro seres são uma espécie de lobisomem em proporções bem menores. Na forma animal se parecem muito com raposas pequeninas com pouco mais de 40cm, são de uma cor cinza clara, com caudas longas, focinho e patas pequenas. Eles não gostam muito, mas as vezes podem ser vistos na forma hominídea. Pensou nos duendes? Sim, provavelmente foram eles que deram origem a esta lenda e tantas outras que envolvam pequenos homenzinhos.

O que eles faziam perto do meu refúgio? Claro que só podiam estar espionando, em virtude do seu tamanho cabe quase sempre a eles as primeiras visitas aos inimigos. Resumindo a história eu estou há uns três dias sem dormir direito, provavelmente meu instinto, esta me dizendo que devo dar uma sumida, mas como sou teimoso ainda estou aqui esperando o que pode vir.

No final da tarde de ontem já estava escuro e ouvi passos ao redor da casa, aproveitei um canto escuro do quarto para ficar ali observando e vejo através da janela de vidro dois Strins caminhando. Como eles são meio burros, o barulho era tanto que nem repararam que abri a janela. Os observei por mais alguns instantes e dei um susto, com a famosa “cara assombrosa do vampiro do mau”. Foi até bonito de ver os dois saltitando fugindo com medo.

Depois disso fiz algumas coisas por ai e hoje de dia consegui tirar um belo sono até às 14 horas. Aguardei até que o sol se fosse perto das 18:10 horas e aqui estou pensando no que fazer. Conversei com a Patroa e para evitar qualquer infortúnio vamos dar uma sumidinha por alguns dias. Eu até estava preparando algumas novidades para vocês no site, mas vai ficar para depois, pois preciso garantir a nossa segurança.
Assim que a poeira baixar eu dou sinal de não-vida.