dark-secret-loveBela noite para um romance, não? Essa paixão, essa coisa que aproxima os humanos é algo pensado, filosofado e escrito por muito por ai. É algo que gerou guerras, batalhas, desavenças… também: felicidades, afetos e muitos momentos de profundo prazer e alegria.

Não existe ser consciente que consiga viver sem se apaixonar. Este sentimento, geralmente ocorre proporcionado pela necessidade do acasalamento e sempre mexe com todo o ser. É desculpa para faltas no trabalho,  para deixar família e amigos de lado, é coisa que quando bate é pior do que magia por que a pessoa nem se toca de que está acontecendo e sendo influenciado.

Falar de tal sentimento é fundamental para o entendimento de como a vida anda e de como os seres são influenciados nesse caminho. Um vampiro ama? Alguém pode perguntar. Será que uma besta que suga sangue ou mata outros similares no canibalismo profano de suas necessidades pode ter algo de bom e belo dentro de si? Na realidade para início de resposta os vampiros não se reproduzem como humanos ou como os outros mamíferos.

Mesmo assim existe algo que mexe com um vampiro, algo que faz seus pensamentos irem em direção do infinito, rumo aos lugares onde os “porquês” entalam na garganta dos mais afoitos. Amar será somente sexo? Não lógico que não! Quem já amou e por algum motivo perdeu quem ama, sabe que não é necessário a presença, nem o toque para se gostar e sentir falta. As emoções vão além do corpo a corpo e se confundem com a alma num entrelace de idéias e vontades.

Os humanos caíram no pecado da carne e nunca mais se levantaram, Onde estão os sentimentos, onde está o verdadeiro amor se não dentro da cabeça e no espírito. É ele que deve ser estimulado e acariciado, o corpo morre e quem fica?

Dia dos namorados não deveria existir, pois o amor não pode ser medido ou engarrafado ele é integral, vivido a cada dia na mente daqueles que o tem.