Boas-vindas: Reaper

Primeiramente eu quero deixar claro que eu não possuo e não gosto de redes sociais cheias de vidas alegres, vazias e sem sentido. Não tentem me achar, vocês vão se decepcionar. Comentários? Deixo para o Ferdinand responder por mim, se ele quiser.

Vou falar apenas do que sou e o que faço e não eu não vou dar detalhes de como conheci o vampiro querido de vocês. Detalhes pessoais eu guardo para mim e quem está envolvido.

Vocês vão me conhecer apenas por Reaper e só. E sim eu sou um cara, fora do comum mas mesmo assim eu sou um cara  que tem por passatempo e trabalho eliminar pessoas e seres que precisam partir dessa para a melhor. Vou decepcionar mais um pouco os amantes de vampiros dizendo que eu não sou um vampiro, não definitivamente eu não sou um vampiro. Não vou morder sedutoramente o pescoço oferecido de ninguém.

Vamos ao que interessa e o que esse caro sarcástico é? Vou tentar resumir para que possam entender claramente… Eu fiz um contrato há muito tempo com um ser, alguém que é conhecido por vocês como “O anjo caído”, “o primeiro”, “O brilhante”, “Estrela da manhã” e claro Lúcifer.  E não pessoal eu não sou o motoqueiro fantasma, isso é uma invenção fantasiosa apenas.

Eu estava na merda literalmente, havia perdido tudo e toda a minha família pelas mãos de um tirano filho da puta e isso eu vou contar depois agora o que importa é contar que eu ajudo o Ferdinand com alguns trabalhos bem interessantes. O conheci neste ano sabático assim batizado pelo motoqueiro vampiro e lhe ofereci meus serviços não convencionais.

Os trabalhos são bem simples do meu ponto de vista. Eu persigo o alvo por dias, tenho o poder de lhes dar alucinações tanto quando estão acordados ou dormindo e invado mentes. Sim eu invado mentes e faço uma bagunça. Quando a pessoa está no pico de loucura eu ‘sequestro’ e levo para o meu quarto do prazer… Para mim só se for. E lá eu filmo tudo o que é feito ( torturas mentais e físicas) e meus clientes podem apreciar ao vivo o show que é ver os inimigos sendo massacrados de dentro para fora.

Poderes? Sim eu tenho o poder de invadir mentes, uma força um pouco sobre humana, consigo desaparecer e voltar a hora que quero e por fim me alimento de sangue sim, porém não tenho presas iguais aos vampiros, sendo assim eu tenho uma forma muito interessante de me alimentar usando um pouco de força, bisturis e canibalismo. Deixo para vocês imaginarem.

Fizemos alguns trabalhos juntos e pretendo dissertar sobre os mesmos aqui neste local. Mas antes aconselho aos curiosos que não possuem um estômago forte que evitem ler os próximos capítulos, afinal se sangue e tortura não for sua praia melhor ir ler o Crepúsculo.

E sim entre um capítulo e outro eu vou dar mais detalhes sobre a minha existência e quem sabe dar uma pequena cartada na minha conversa com o tio Lú.

 

Ass: The Reaper.

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil. Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos. Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: https://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

17 Resultados

  1. nandaindia disse:

    Deus me ajude a nunca cruzar o seu caminho!

  2. Brisa Silva disse:

    Amei!!! Se nos próximos capítulos tiverem toturas e tal eu vou adorar ler elas, pode parecer estranho ms eu gosto de coisas desse tipo e de algumas histórias com GORE tbm!
    Pena eu n poder conhece-lo e todos do clã de Ferdinand, ms ler suas histórias é muito bom!♥♡♥♡♥♡

  3. Seja bem vindo Reaper 🙂
    Vendo você falar da parceria com o Ferdinand me lembra do projeto “Os escolhidos”, iniciado por ele alguns anos atrás.
    Aguardo os próximos capítulos 😉

  4. Elliza Taylor disse:

    Que eu nunca veja esse homem na minha vida… 😱
    Nem em sonhos…

  5. Sarraf disse:

    Oi, Ferdinand tudo bem? vc ainda pretende postar mais vídeos no youtube?

  6. Cellya Alves disse:

    OLÁ MEU CARO SOU NOVA POR AQUI
    O MOTIVO QUE MIM TRAZ POR AQUI É QUE PRECISO MUITO CONVERSAR COM UM VAMP. MAIS EXPERIENTE PORQUE EU ESTOU MUITO CONFUSA TENTANDO ENCONTRAR RESPOSTAS PARA O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO SE PUDER MIM AJUDAR ENTRA EM CONTATO COMIGO VC SABE SOBRE O QUE SE TRATA V”””V

  7. nandaindia disse:

    Ferdinand, meu wampir preferido!! (Rsrs). Saudades da tua voz sexy e misteriosa!!! Quando tu vais gravar um vampirocast? Será que é pedir demais, você gravar um áudio desejando um dia delicioso?!?!?!?!?!

  8. Olá, se não for um grande incômodo, poderia me informar a sua idade?
    Gostaria de saber sobre seu pentáculo, se você tiver claro.
    Gostaria de saber também, se você possui motto.

    • Olá, 192 anos. Pantáculo ou pentáculo? faz tempo que não me perguntam sobre tais elementos… Como bem sabes, se é que o sabes, tais elementos são pessoais e não deveriam ser revelados a qualquer um, ainda mais pela internet… Motto? se for moto veículo, possuo duas no momento, por que a curiosidade sobre isso?

Deixe uma resposta