Primeiramente eu quero deixar claro que eu não possuo e não gosto de redes sociais cheias de vidas alegres, vazias e sem sentido. Não tentem me achar, vocês vão se decepcionar. Comentários? Deixo para o Ferdinand responder por mim, se ele quiser.

Vou falar apenas do que sou e o que faço e não eu não vou dar detalhes de como conheci o vampiro querido de vocês. Detalhes pessoais eu guardo para mim e quem está envolvido.

Vocês vão me conhecer apenas por Reaper e só. E sim eu sou um cara, fora do comum mas mesmo assim eu sou um cara  que tem por passatempo e trabalho eliminar pessoas e seres que precisam partir dessa para a melhor. Vou decepcionar mais um pouco os amantes de vampiros dizendo que eu não sou um vampiro, não definitivamente eu não sou um vampiro. Não vou morder sedutoramente o pescoço oferecido de ninguém.

Vamos ao que interessa e o que esse caro sarcástico é? Vou tentar resumir para que possam entender claramente… Eu fiz um contrato há muito tempo com um ser, alguém que é conhecido por vocês como “O anjo caído”, “o primeiro”, “O brilhante”, “Estrela da manhã” e claro Lúcifer.  E não pessoal eu não sou o motoqueiro fantasma, isso é uma invenção fantasiosa apenas.

Eu estava na merda literalmente, havia perdido tudo e toda a minha família pelas mãos de um tirano filho da puta e isso eu vou contar depois agora o que importa é contar que eu ajudo o Ferdinand com alguns trabalhos bem interessantes. O conheci neste ano sabático assim batizado pelo motoqueiro vampiro e lhe ofereci meus serviços não convencionais.

Os trabalhos são bem simples do meu ponto de vista. Eu persigo o alvo por dias, tenho o poder de lhes dar alucinações tanto quando estão acordados ou dormindo e invado mentes. Sim eu invado mentes e faço uma bagunça. Quando a pessoa está no pico de loucura eu ‘sequestro’ e levo para o meu quarto do prazer… Para mim só se for. E lá eu filmo tudo o que é feito ( torturas mentais e físicas) e meus clientes podem apreciar ao vivo o show que é ver os inimigos sendo massacrados de dentro para fora.

Poderes? Sim eu tenho o poder de invadir mentes, uma força um pouco sobre humana, consigo desaparecer e voltar a hora que quero e por fim me alimento de sangue sim, porém não tenho presas iguais aos vampiros, sendo assim eu tenho uma forma muito interessante de me alimentar usando um pouco de força, bisturis e canibalismo. Deixo para vocês imaginarem.

Fizemos alguns trabalhos juntos e pretendo dissertar sobre os mesmos aqui neste local. Mas antes aconselho aos curiosos que não possuem um estômago forte que evitem ler os próximos capítulos, afinal se sangue e tortura não for sua praia melhor ir ler o Crepúsculo.

E sim entre um capítulo e outro eu vou dar mais detalhes sobre a minha existência e quem sabe dar uma pequena cartada na minha conversa com o tio Lú.

 

Ass: The Reaper.