O assunto morte final de um Wampir (vampiro) é algo que todos nós evitamos ao extremo, todavia, como muitos leitores tem curiosidade, eu resolvi abrir uma exceção e descrevi abaixo algumas formas de se acabar de vez com um sanguessuga:

Água benta: Como eu já disse ela faz muito mal, não nos mata, porém é como um ácido que corrói nossos corpos e se você ficar exposto por muito tempo pode se ferrar.

Crucifixo, cruzes, algumas cousas bentas: A princípio nada de mais além de símbolos, algo que preciso deixar claro é que qualquer tipo de cousa como estas pode sim nos afetar. No entanto vai depender de quem estiver usando ou nos atacando e é o que se chama de “fé de verdade”. Algumas pessoas possuem esse dom, não sei de onde vem, mas é mais comum em padres e religiosos.

Estaca: Essa arma é certamente uma pedra em nossos caminhos, só quem já teve seu coração perfurado por uma, sabe o que ela pode fazer. Se uma estaca atinge nosso coração, ela nos paralisa, não sei o por que disso acontecer, mas ficamos paralisados e não conseguimos nos mexer, como se fosse uma anestesia geral.

Bala de prata, espada de prata, ou outros artefatos de prata: Tá achando que eu sou um Lobisomem? Prata não tem nenhum efeito num vampiro.

Cortar a cabeça: Ta isso nos mata… E deve doer…

Sol: Como já disse em alguns contos isso doí muito e se ficarmos expostos por mais de alguns segundos é morte na certa.

Fogo: Mesmo efeito do sol e com efeito muito mais agressivo.

Por hora é isso, caso eu lembre de mais alguma cousa eu obviamente evitarei tocar no assunto. Não gosto de pensar na morte e isso vem desde quando eu era vivo. O desconhecido pós morte sempre me assustou e continua me assustando ainda hoje, mesmo depois de algumas experiências extrassensoriais em situações diversas.

Pensando melhor eu nem sou tão ruim assim, por que tu gostarias de me matar, não é mesmo?