Fatos do carnaval

Pois bem queridos leitores, estou um pouco atrasado com as atualizações do blog, mas foi por causa das minhas últimas viagens. Viajar já é um problema, mas para um vampiro isso consegue ser um pouco pior devido ao transito e o nosso problema com a luz do dia.

Resolvemos Beth e eu ir para Florianópolis neste carnaval. Temos muitos conhecidos por lá e isso é sempre um motivo para darmos uma passadinha pela ilha da magia. A ilha da magia não tem esse apelido à toa e em uma outra oportunidade irei falar mais dessa história.

Aproveitamos bem o tempo que ficamos por lá, fizemos vários “encontrinhos” com os amigos, passeamos por quase todas as praias, a noite claro, e para mim foi um momento bom, pois lá é um dos poucos lugares que realmente consigo encontrar a minha paz interior. Sejam através da meditação ou por meio do simples contato com a natureza as minhas energias parecem se renovar naquela ilha.
Todavia e como nem tudo são Flores, passamos por dificuldades também. Dessa vez não fomos atacados por nenhum ser sobrenatural, não fomos alvo de caçadores, nem muito menos fui atrás de algum bandido. Desta vez o problema foram os humanos e sua falta de cuidado com si próprios.

Vejam vocês que um amigo próximo tropeçou de uma escada e virou o pé. Como estávamos somente ele, a Beth e eu tivemos de leva-lo para algum lugar para fazer um diagnóstico. O que vocês podem não acreditar é que em pleno carnaval, época onde ocorrem muitos acidentes, foi extremamente difícil achar um ortopedista naquela cidade. Para ajudar o meu amigo não possuía plano de saúde e tivemos de fazer uma verdadeira via sacra na noite de domingo. Passamos por uma policlínica que possuía aparelho de radiografia, mas não possuía ortopedista. Fomos para um hospital e ele estava sem profissionais devido ao corte de investimentos do governo. Ainda na estrada passamos por outro hospital, mas a ala de emergência estava em reformas. Depois seguimos em direção a um terceiro hospital, mas o atendente disse que o único ortopedista do local estava em operação e só iria atender às 8 da manhã, detalhe era 23:00. Mesmo com essa notícia ruim o atendente que foi bem legal nos informou que existia em Florianópolis uma única clinica particular 24h no centro da cidade.

Fomos então para a tal clinica e lá meu amigo foi diagnosticado com apenas uma torção, colocou uma tala e recebeu a conta:
R$200 pela consulta, onde o médico apenas o olhou por uns 2 min.
R$ 115 pela tala e as faixas.
R$ 45 por duas chapas de radiografia.

Dinheiro não era e nunca será problema para mim, porém, deixo aqui explícita minha revolta com a falta de cuidado médico. Estávamos em uma cidade em pleno o carnaval, com aproximadamente 600 mil habitantes + os turistas e só possuía um local com um único ortopedista de plantão. Imagine um pobre coitado que não tivesse onde cair morto, ele iria ridiculamente ficar no mínimo por 12 horas com o pé doendo!

Isto exemplifica muitas coisas que sempre falo por aqui, sou vampiro, tenho os meus poderes, mas como convivo com humanos eu sou obrigado a conviver por consequencia com essa sociedade humana. Uma sociedade corrupta, desprovida de cuidados para com os seus próprios cidadãos, onde está implícita a falta de organização social e onde muitos pensam apenas no seu próprio umbigo e foda-se os outros.
Quem são os malvados do mundo, os vampiros, lobisomens, bruxas? Sinceramente se fosse humano teria mais medo de um político corrupto que rouba dinheiro dos doentes do que alguém que pudesse sugar o meu sangue por necessidade. E você humano que está lendo isso, o que está fazendo para que sua família e seus amigos tenham uma vida digna?

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil.

Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos.

Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: https://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

26 Resultados

  1. JehMorbid disse:

    Tenso…realmente é uma coisa importante a se pensar, sinceramente não sabeira responder agora neste instante =S
    Parabéns pelo post de muito bom gosto!
    Dark kisses
    E seu amigo melhorou?

  2. va disse:

    rsrsrs…. também tenho mais medo de políticos e pessoas corruptas.

  3. Paola Hübner disse:

    É uma total falta de irresponsabilidade social nao ter um sequer médico a sua disposiçao.
    Carnaval é época de festa e curtiçao, mas tambem de muitos acidentes.
    Mas é assim mesmo… O mundo tá cada vez pior, é o final dos tempos tenho certeza disso… Sorte pra quem é imortal, mas pra quem nao é, meus pesames.
    Eu? Nao posso lutar contra o sistema soziha. Nao faço nada pra melhorar a qualidade de vida de meus amigos e familia.
    Mas estudo muito para uma carreira digna e melhorar a minha qualidade de vida.

  4. Caline Anjos disse:

    Galego querido… infelizmente, principalmente aqui no Brasil, as coisas só tendem a piorar, essa é a realidade.
    “Acima de tudo, quero agradecer aquelas pessoas amargas, corruptas, egoístas, traiçoeiras, invejosas, torturadoras, manipuladoras, sem caráter, que cruzaram o meu caminho, pois com essas pessoas eu aprendi a lição mais importante da minha vida:O TIPO DE PESSOA QUE NÃO QUERO SER .”

  5. Perth disse:

    Quem são os malvados do mundo, os vampiros, lobisomens, bruxas? Sinceramente se fosse humano teria mais medo de um político corrupto que rouba dinheiro dos doentes do que alguém que pudesse sugar o meu sangue por necessidade.
    Esta e a questão Galego, por isso os humanos nós buscam para serem trasnformados querendo sair dessa dura realidade, mas mesmo vampiros estamos vivendo neste mundo onde os humanos são um câncer (odeio citar os peludos), sendo obrigado a ver tanta desigualdade.
    Blood kiss

    • va disse:

      Perth,

      apenas não entendi a parte em que você cita: “mas mesmo vampiros estamos vivendo neste mundo onde os humanos são um câncer (odeio citar os peludos), sendo obrigado a ver tanta desigualdade.” entendi certo?

      • Perth disse:

        C4Pi3R~ Os peludo sempre falam que os humanos e vampiros são uma doença que em nome da mãe terra eles devem matar.
        Se não foi isso que você não entendeu, pode perguntar.

        • va disse:

          perdoe minha ignorância! rsrsrs
          não entendi pq vc disse isso. Pq os humanos seriam um cancer?

          • Perth disse:

            Pois bem Va: eles destroem a sua propria casa, são como um cancer que se alastra por tudo e destroi a região onde se encontra.
            Ps. cada regra a sua excessão, e isso e opinião dos peludos.

  6. C4pil3r~ disse:

    melhoras para seu amigo galego…
    e concordo com voçê caline….
    e acho siim que a citução só tende a piorar…
    e como nosso queridissimo galego já disse os malvados da histórias não são vampiros, bruxas etc…
    são os próprios humanos que não tem um pingo de senso de amor para com seu semelhante e que não importa quantos morram quantos se ferem quantos perdem sua familia só penção em si próprio em se dar bem..
    REALMENTE A SOSSIEDADE HUMANA É ASSUSTADORA…

    haa galego querido espero pela história da ilha da magia que conserteza tbm será muito interessante.. quando puder Ok…

  7. va disse:

    acho que enquanto o mundo existir, a corrupção fará parte dele. E penso que isso vem de muito tempo atrás, esse sentimento é muito humano. Tenho sorte de conhecer pessoas que conseguem ver o outro de forma honesta e com sensibilidade suficiente para se colocar no lugar de outras pessoas.

    por isso gosto desse espaço aqui…

  8. Caline querida,não quero pegar no pé de ninguem,muuito menos me formei em letras,mas…Tem muito erro de portugues no seu comentário =.=
    Acho que é por que meu pai,desde quando eu era criança pegava no meu pé por causa disso, e aí peguei esse costume.Meus amigos já ficam me xingando por causa disso T_T
    Pois é Galego,isso só mostra a verdade nua e crua da sociedade que só quer saber de farra.

  9. Doppelgänger disse:

    Torcer o pé é chato pra caramba.
    Seu amigo ainda teve sorte por ter como imobilizar. Ano passado, torci o meu e quando fui pra uma clinica não tinham como imobilizar o pé, só me mandaram mexe-lo o mínimo possível, coisa que é impossível pra mim por causa de um maldito tique nervoso. Acabei ficando com problema nele até hoje.

    Enfim, eu não vou mais me dar o capricho de reclamar de nada. Muito bacana vocês terem senso crítico e tudo mais, sendo que é só isso que vocês fazem. Isso ajuda em alguma coisa? Muda alguma coisa?

    Todos nós somos um bando de acomodados (e um pouco hipócritas também). Antigamente se faziam passeatas e reivindicações em massa, hoje em dia os problemas passam na frente dos nossos olhos e o máximo que fazemos é…

    Xingar muito no twitter.

    O problema é a gente também, poxa.

  10. Rhaila disse:

    Vampiros não tem poderes curativos?Pq não deu um pouco do seu sangue p/ele? rs

    É verdade…principalmente na area de saude, esta péssima! Nos postos de saude parecem que ficam brincando de medico ou até pior ficam batento papo ou tomando cafézinho enquanto pagamos de bobos esperando atendimento!

    • Galego disse:

      Oi querida, então, o sangue pode promover essa cura sim. Apesar de eu ter desgastado esse assunto em um artigo anterior eu queria deixar claras algumas coisas e, por favor, não se ofenda com a resposta. Eu prefiro ser direto mesmo para evitar desentendimentos.

      O sangue vampiresco pode curar muitas doenças humanas sim, no entanto ele vicia o receptor de tal forma que a pessoa entrará em pânico, provavelmente matando-se por consequências de seus atos caso não o consiga novamente.

      Além disso, tirar o sangue como é mostrado em filmes é uma coisa estúpida, ridícula e totalmente fora da realidade. Nós ainda sentimos dor como os humanos, ou seja, experimente tirar seu sangue cortando o pulso com uma unha ou faca para ver como dói ¬¬

  11. Elena disse:

    mas a maior parte do erro, eh nosso também, que votamos em um candidato, sem pesquisar sua vida política, ou quando o político é corrupto, nós mesmos não ligamos, falamos um monte, mas também não fazemos nada, mas só sabemos mesmo é reclamar =s

  12. Galego disse:

    Pois é pessoal as coisas estão por ai, eu já sabia das respostas de vocês antes de responderem! No meu caso, além de bater em alguns vagabundos de vez em quando eu também ajudo como posso aos menos favorecidos nas campanhas promovidas pela Beth, mas isso vai ser o assunto próximo post =)

    • C4pil3r~ disse:

      nossa que legal Beth promove campanhas fale maais de Beth querido galego… no próximo post neeh…

      boom kda dia me convenço maais que vampiros não são aquelas criaturas repugnantes, cruéis e sem sentimento nenhum, que na maior parte da vez a mídia passa… Pois quando não é isso tudu é um digamos que Eduardw (aff)….
      Galego gosTaria de saber se existem mesmo algum ser vivo do clã Nosferatu..
      boom até onde seei eles carregam uma maldição antiga porque eles não são feitos a imagem e semelhança de Deus..
      E suas transformações vampiricas os deformou o corpo transformando em abominações, praticamente monstrons ao nosso ver…
      Gostária de saber se ainda tem algum Nosferatu vivo.
      E por eles não terem muitos amigos, gostaria de saber tambem se é realmente verdade se um humano os ajudarem, esse humano teria um amigo pela vida toda e para seus filhos e netos….

  13. Ms.Rochester disse:

    Se continuarmos pensando que a situaçao só pode piorar,é ai que ela vai mesmo ficar cada vez pior.
    Apesar da sociedade humana estar cada vez mais podre,ainda me resta coisas boas e esperança para que um dia as pessoas acordem e vejam que merda enorme estão fazendo.
    Quanto ao fato da maioria dos humanos pedirem para serem transformados,acho que é fugir de um problema para cair nas maos de outro…
    Acho que se todo mundo se propuser a fazer a sua parte,uns 10% da situaçao vai ficar melhor.
    Ah,Galego,não vais comentar nada sobre a tragédia do Japão??

    • Galego disse:

      Pois então, sobre o Japão eu não tenho muito o que falar. Apenas registro aqui minhas condolências. Fui muito bem recebido quando fui para lá e acredito que o povo no geral (humanos ou não) precisa de apoio pois as coisas estão muito difíceis.

      Quando acontece esse tipo de tragédia, há uma atuação muito intensa das sociedades secretas e quase sempre se faz o que se pode pelos “irmãos” sorrateiramente.

      Caso eu souber de alguma situação que envolva os sobrenaturais, tenha certeza que comentarei por aqui! =)

  14. Ms.Rochester disse:

    Ah,e eu nao fico sentada olhando pro mundo virar pó nao tá? Tudo bem que eu nao posso fazer muita coisa porque tudo tem que pedir permissao antes…mas eu tento.Por enquanto vou me contentar em deixar tudo limpo e respeitar as pessoas.

  15. ThaiSz disse:

    É como dizem : o homem é predador de si mesmo,mas devemos relembrar que um dia foram humanos também, e que o que os humanos fazem de melhor é destruir e errar(ou seja, vocês já erraram e destruíram).Apesar de dizer que é totalmente contra humanos virarem vampiros, Galego, você aparenta desejar que os humanos sejam iguais a os tais.Uma contradição de sua parte.realmente tem de existir tais errantes , já que , são deles que vocês se alimentam…

  16. fabiana lee disse:

    bom galego apoiado adorei esse post e verdade os humanos tem de ter mais cuidados uns com os outros afinal dependemos uns dos outros ,quanto a minha familia faço o possivel eo impossivel para que toidos vivam em paz e com muita harmonia mais com a separaçao de meus pais ficou meio dificil mais eu vou levando t