Respira, inspira, respira, inspira… Juro que tentei arrumar uma onomatopéia que reproduzisse essa minha sensação ao acordar como sempre faço, só que ta difícil heheheheh.
Bom, deve ta dando pra ver que hoje acordei feliz, não? Nada como acordar cedo, aproveitar o por do sol, sim eu sofro muito quando tem iluminação desse “maldito” astro, mas confesso que as vezes fico deslumbrado com as cores que eles reproduz no horizonte. Tanto que no outono e inverno eu aproveito pra levantar mais cedo e tirar algumas fotos. Como estas:

anoitecer-florianopolisnoite-florianopolispor-sol-florianopolisFlorianópolis é linda, não é a toa que a população tem aumentado muito de uns tempos para cá. Será que não foi o destino que me trouxe para cá depois de tanto tempo? Será que eu não sou um mal necessário? Tá certo, lidar com morte é algo difícil para humanos e não peço que me entendam. Só posso dizer que eu não mato e nem crio doenças por ai como essa tal de Gripe A ou Suína (que não matou nenhum porquinho)…

Florianópolis tem muitas praias, sim, é alegria de todo cara que vem de uma metrópole como São Paulo ou Porto Alegre. No entanto se engana quem pensa que vai encontrar aqui sombra e água fresca. Até pode encontrar e vai pagar caro a hospedagem e a locomoção.
Esta cidade na verdade é um paraíso mal aproveitado. Nas Noites, por exemplo, quando é final de semana ou feriado se você quer ir há algum bar interessante esquece, são poucos os que abrem. Restaurante na beira da praia? Ahuehauehuaehuae jurasse, como diz o manesinho. Baladas tem algumas e são meu lugar predito para conhecer novas senhoritas, mas as melhores são em Balneário Camboriu.

Desde sexta estão discutindo muito do por que de alguns jogos da copa do mundo de 2014 não vieram pra cá… Óbvio que não precisa nem comentar, só quem não conhece a cidade para não saber. O trânsito é um caos, tem mais carro que gente na ilha e povo não sabe fazer eventos, a maioria dos que são feitos sempre da problema, causa é sempre a mesma: Falta de preparo dos ditos “profissionais da região”.
Estava lendo um blog de um americano que montou um bar de sushi por aqui e ele reclamava muito dos fornecedores, a impressão que dava era de que todos são “primitivos” aos seus olhos. Adorei ter mais gente reclamando daqui, ao invés de puxar o saco de um lugar que precisa melhorar muito…

Gosto de falar a verdade e por trabalhar com fotografia tenho muitos contatos que me contam as coisas do qual falei anteriormente. Um amigo sempre me fala: ”Deveríamos trancar a ponte que dá acesso a cidade…” Essa frase vale se for acrescentado “… até que se arrumem as coisas por aqui”.

Como era boa a veha Desterro…