Sinceramente eu nem sei por onde começar… Eu não sei até onde o entendimento humano vai e muito menos até onde aguentam, mas mesmo assim vou tentar resumir um pouco de mim.

Me chamo Kora e meu apelido como bem sabem é Koko. Eu sou um ser e não nasci de ninguém, não sou nada humana apesar da aparência. Quando fui criada o meu objetivo era ser como lobo de caça do Gran Mestre, minha missão era matar e açoitar quem ele me ordenasse e sim eu o fazia e obviamente usava instintos naturais da selvageria animal. Eu mastigava lentamente cada inimigo.

Séculos e mais séculos eu vivi como bicho, como lobo de caça, como guardiã da vontade maior e por séculos eu entendi que eu era assim até que em uma noite meu senhor me chamou e eu em minha obediência ouvi que animal deixaria de ser e a forma humana iria tomar para um objetivo maior.

Ruiva me fizeram, baixinha de curvas acentuadas e cintura fina me fizeram, os olhos verdes vivos de lobo mantiveram junto da minha vontade por sangue e guerra. Fui objeto de sedução de muitos lords, duques, mestres, humanos sedentos pela carne humana de forma carnal.

Consegui que ajoelhassem e pedissem perdão, que implorassem por mais e que no fim fizessem o que era pedido… Dar a alma em troca de mais uma noite e mais uma sensação ao me tocar… Prostituta de Lúcifer, talvez? Sim, porque não? Eu não tenho o mesmo sentimento que os humanos, eu não tenho medo, não vivo a sombra da sociedade… Eu mastigo almas e suas cascas por diversão e que mal seria usar de um prazer antes do trabalho ou quem sabe da refeição?

Me tornei mulher aos olhos da sociedade e mais um soldado aos olhos do inferno. Minha arma era a sedução e minha sentença era a foice que partia cabeças, pois tenho uma missão. Tolos são aqueles que acham que na infinita hipocrisia vão se salvar em Cristo… Pensem de novo, como sei que o Reaper já lhes disse, no céu só se entra quem agiu de forma justa e correta, lá apenas realmente os bons vão, aqueles que não queimam ou difamam outras vidas, aqueles que agem de boa fé e não por interesse e aqueles que seguem a palavra do senhor dos céus e paraíso. Não se iludam se ainda tem muito o que se arrepender e redimir, suas boas intenções não vão lhe salvar e ir na igreja não lhe da ticket de entrada no céu ou por que acha que existe o ditado “ De boas intenções o inferno está cheio”? Estamos cheios até o talo e pretendemos continuar assim.

Demais assuntos de lado, como eu conheci o Reaper? Ele foi um dos meus ‘professores’ e me ensinou como viver o lado humano depois de transformada… Eu tenho medo do Reaper? Você não? Deveria. Eu fui apresentada na minha nova pele como um ser selvagem a ser moldado para os trabalhos na terra e sinceramente que prazer é poder interagir e ver no coração de cada um de vocês o que realmente deseja e saber que 80% está fadado ao encontro com o Gran mestre…

Se me arrependo de algo? Jamais. Se eu pretendo continuar como uma arma? Com toda certeza. Algo que se arrependa? Não ter conseguido terminar meu jantar aquele dia com o Reaper e o vampiro Ferdinand pois a policía estava vindo… Uma pena, mas o cardápio está cheio não? Qual o seu poder? Um só? Não se iludam, pois se eu fui criada por quem eu fui, apenas um poder não seria suficiente, que tal 3 poderes que podem acabar com tudo que conhece? Alimentação? Lanche que não é… Vai participar de alguma aventura com o Ferdinand? Não sei, talvez, quem sabe… Ele é um vampiro bacana… Seria um prazer vê-lo destroçar algum apaixonado, ainda mais em forma de lobisomem, seria um espetáculo. Alguém se propõe?

E não se enganem o rosto bonito e os cabelos vermelhos não escondem inocência alguma. Talvez eu volte por aqui para contar como consegui converter algumas almas na antiga Londres, Chicago, Suíça ou Nova York talvez, quem sabe.

Ass: Koko

Hail Satan!