Livros e materiais sobre vampiros

É com dificuldade que escrevo este post, fazia tempo que eu não batia de frente com um peludo. Maldita besta…

Estávamos tranquilos la no bar como sempre, até que apareceram dois sujeitos mal encarados, um deles fareja como se fosse um cachorro e com isso a galera já ficou de olho. Eu que até então estava no banheiro, chupando um sanguinho nem tinha percebido a movimentação. Ao sair do banheiro uma cadeira voa em mim e por reflexo tentei para-la com minha mão, e não é que a desgraçada quebra e um pedaço atravessa de fora a fora… cara doeu… puta que pariu…

Tá certo nossa regeneração é ativa, conseguimos recuperar boa parte de mal sofrido, mas ela não é tão rápida quanto nos filmes, pra ter idéia essa noite tive febre, e esta merda ta doendo ainda…

Os caras no bar eram peludos a paisana, malditos caçadores, fazia tempo que não os viamos em Floripa. E depois de muita quebradeira conseguimos nos livrar deles. A naba é que depois de tudo ainda vieram dizer que é por culpa minha, ao estar colocando algumas coisas ditas “segredos” aqui no blog.

Já to vendo vendo o príncipe vir aqui em casa fazer mais uma ladainha, o saco…

Para não deixar o post aqui vazio eu lhes trago algumas dicas de literatura sobre nós os chupadores de sangue malditos:

Um dos primeiros caras que tentou mostrar nossa realidade em um livro foi John Polidori no famoso “The Vampyre¨em 1840.

Em sua seqüencia em 1872 Sheridan Le Fanu criou Carmilla que conta a história de uma jovem em busca da vida eterna.

Já em 1966 nos EUA foi lançada uma série de TV chamada “Dark Shadows” que conta o dia a dia de uma família que tem um vampiro como membro.

É impossivel deixar passar em branco alguns clássicos como:  ” O drácula de Bram Stoker“, “I’m a Legend de Richard Matherson” e o “Drácula de Christopher Lee

Todos que já pesquisaram algo sobre vampiros já devem ter ouvido falar em Anne Rice a famosa escritora de a entrevista com o vampiro, mas o que muitos não sabem é que suas obras foram baseadas em antigos documentos egípcios que falam de uns Ekimmu, entidades meio humanos meio espirito cuja época antecede a construção das piramides, ou seja velho pra xuxu…

Bom crianças o tiu aqui ta cansado, com a mão doendo, e loco pra estraçalhar uns peludos.

Blood Kisses ^^

Recomendo a leitura deste post ouvindo essa música:

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil.

Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos.

Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: https://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Vampire Princess Satory disse:

    Uhh! Blood kisses…*.* /jaleuummangácomnomeparecido
    Aeeeeeeew, posts novos..Já estava ficando anciosa…

    Que merda que deu hein, Galego…o_o
    Dá próxima vez tenta desviar..ó_ó
    Se você ficar ruim, nós aqui do turno do dia não vamos mais poder ler seus ótimos posts..u.ú

  2. Vampire Princess Satory disse:

    Esqueci de comentar..Vou tentar ler o que você indicou..u.u’

  3. enzo ferreira disse:

    opa!! vc ta dizedo q o vlad III principe da valaquia realmente é vampiro?
    me esplica isso direito po favor.

  4. fabiana lee disse:

    cadu era desse doido ai que eu tava falando o da foto