Frequentemente muitos de vocês me procuram para falar sobre sangue. O sangue que é tão relacionado aos vampiros e que na verdade é sim a nossa principal fonte de alimentação, não possui o mesmo efeito nutricional se ingerido por humanos. Não sou eu quem vos fala isso de minha própria cabeça, basta conversar com qualquer biólogo ou médico e ele irá te falar dos problemas de se ingerir plasma.

Nós vampiros ou animais como os morcegos hematófagos possuem órgãos adaptados a este tipo de alimentação. Humanos pelo contrário, podem até morrer se consumirem muito sangue. Pensa comigo, o sangue é rico em ferro e você sabe o que ferro em excesso causa ao seu organismo? Bom, caso não saiba vou descrever abaixo os efeitos do ferro em demasia e fora da corrente sanguínea.

O excesso de ferro no sangue pode provocar doenças cardíacas, câncer, diabetes e artrites. Os principais sintomas do excesso de ferro no organismo são:

  • Cansaço;
  • Fraqueza;
  •  Impotência;
  • Dor abdominal;
  • Perda de peso;
  • Dor nas articulações;
  • Quedas de cabelo;
  • Alterações nos ciclos menstruais;
  • Arritmias;
  • Inchaços;
  • Atrofia testicular.

Sei que este artigo sairá um pouco das histórias que conto por aqui, mas acredito que é importante que alguns de vocês saibam disso. Ser vampiro é uma cousa, querer parecer um por que “está na moda”, só irá te fazer mal.

Para quem quiser saber mais sobre os efeitos do excesso de ferro no sangue, procure na internet por Hemocromatose.