O que é um dhampir, dhampire ou dhampyr?

Olá filhos de adão,

Não lembro quem foi, mas esses dias me perguntaram sobre os tais Dhampir (dhampire, dhamphir ou dhampyr). Para quem não conhece isto é uma lenda vinda dos Balkans onde consta que um vampiro homem pode engravidar uma mulher humana.

Isso seria interessante se fosse possível., mas nós vampiros somos estéreis, nosso organismo é morto e apesar de conseguirmos ter uma ereção como qualquer outro homem humano isso serve apenas para diversão ou armadilha no caso da caça.

No entanto, eu fico imaginando a cria resultante desse “amor”. Seria um semideus tipo aquele vampiro Blade dos quadrinhos ou filmes? Seria defeituoso como qualquer outra mistura entre mamíferos?

Não sei, fica no imaginário bizarro de cada um. Afinal as possibilidades de cruzamento entre seres míticos e humanos são muitas. A priori a idéia parece interessante, eu mesmo já tive algumas idéias. Por exemplo já imaginou uma mistura entre um vampiro e um anjo? Seria um anjo do mau ou vampiro do bem…

Outras referências sobre este assunto podem ser vistas nesses links abaixo: (hoje eu to bonzinho^^)

http://en.wikipedia.org/wiki/Dhampir

http://www.myspace.com/thedhampirsview

http://robsobrenatural.blogspot.com/2009/07/dhampir.html

http://www.vampires.nu/

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil.

Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos.

Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: https://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

8 Resultados

  1. glória disse:

    Portanto vocês não têm ejaculação não é? Então não têm orgasmo? Sentem algum prazer ao menos? A ereção, se for por diversão, servirá apenas para (o/a) parceir(o/a) humano sentir prazer? E se fosse criado um desses seres em laboratório?muitas perguntas……………

    Apesar de tudo são muitas limitações. Não sei se já percebeu, mas sou um tipo diferente, Não gosto de falar sobre isso, neste ponto sou bem diferente de você e não procuro ninguém, mas apesar de já terem me oferecido a taça da sua vida (observe bem a metáfora) ela, se comparada a outros tipos, inclusiva a humana, tem mais limitações que glórias. Às vezes chega a ser triste. Se é que no seu caso é verdade, pois neste mundo virtual sempre paira a dúvida e como você se contradiz bastante… Rapaz, quando imagino ficar sem tanta coisa que prezo em troca de… prefiro o que sou… Sabe, apesar dos pesares eu posso gerar vida em mim.
    Aquela primeira dúvida que me fez entrar aqui foi bem resolvida e agradeço a você. Apesar de ter idéias parecidas ,nunca me tinham esclarecido bem sobre ela e como eu precisava te fiz a pergunta, mas a história anda parada, preciso rever algumas coisas. Mesmo assim obrigada.

  2. John disse:

    A idéia de seres provenientes de uma experiencia entre vampiros e humanos é bastante interessante, acho que talvez seja possivel quando avançarmos mais tecnologicamente, poderiamos usar o sangue de um vampiro para gerar um bebê meio humano, mas provavelmente haveriam muitas complicações, como possivelmente a morte da criadora.

    A mistura entre mamíferos que você falou, acho que se tivesse “defeitos” poderia ser algo proveniente de uma coisa que as duas especies não tem em comum, talvez as presas ficassem para fora o tempo todo, ou algo realmente do DNA, não sei a quantidade de diferenças nem cromossomos.

    Como a Glória comentou, interessante essa parte da ereção, acredito que a sensibilidade nesses pontos ainda existam e sejam possiveis os orgasmos, porem sem ejaculação.
    E também levando o ponto que a Glória levantou sobre a transformação, acho que isso vai de cada pessoa, uma coisa que no meu caso ficaria limitada é cede de conhecimento, visto que muitas das faculdades hoje em dia são em periodo integral tal como medicina, engenharia civil… mas eu vejo muitas coisas que gostaria nos vampiros, eu particularmente me sinto melhor a noite, prefiro o frio ao calor etc, mas acho que são preferencias de cada um, conheço muitas pessoas que não trocariam o sol por uma vida eterna ou uma força sobre-humana.

    Abraços.

  3. Galego disse:

    Olá pessoas,

    Boas perguntas, adoro gente como vocês que sabem se comunicar…
    Ejaculação, ereção… sim sim sentimos prazer, mas nada de fluídos. Que fique claro, vampiros são iguais a pessoas normais, mas mortas ou seja nada de produção de fluidos apenas… Estranho não… Imagina depois de alguns assim. Ainda bem que existem os poderes, ahhh os poderes… querem mais dúvidas ainda? Por que diabos a natuareza, ou Deus ou o inferno criou seres como nos?
    Tem de existir alguma explicação, tem de existir um objetivo, quase trezentos anos de buscas e até agora somente algumas suspeitas…

  4. gloria disse:

    Felizmente você não se preocupará com a camisinha nem se deixou nenhum filho por ai…livre das pensões também…

  5. Galego disse:

    Olá Glória, e o melhor de tudo ainda é não ter ex-mulher… hehehehe

  6. Galego disse:

    Ahh estás on-line também ^^ Pois então, só tenho a agradecer por isso, mas sexo em minhas condições é muito cansativo e desgastante. É ótimo e comparável a sensação de se tomar sangue de uma pobre alma. Sobretudo o vampiro se não for sadio também pode ser transmissor de doenças, a quem diga que fomo-nos os responsáveis por diversas infestações, mas ainda penso que os próprios humanos fazem pior que isso com suas guerras por poder ou riquezas…

  7. Monique disse:

    Minha nossa, voce tem 300 anos? Deve ser bem triste nao poder ter filhos, afinal crianças trazem alegria. Acho que tambem é um pesar viver sabendo que está morto, estando preso a um corpo que precisa sugar a vida dos outros para se suster. Li alguns de seus escritos e vi que pessoas querem se tornar um tal de sua especie e nao sabem os sacrificios que terao de fazer para poder se adaptar, afinal isso nao é um sonho. Mas agora que sei que voces existem fiquei um pouco curiosa, comentei o caso com uma amiga e ela debochou dizendo que voces usavam algum tipo muito potente de protetor solar para andar entre nós. Porem nao estou preocupada, pois onde moro é muito ensolarado e impossivel para vivencia de vampiros por aqui, pois o ar é muito seco. Mas voltando ao assunto inicial acho que voces perdem muito fazendo sexo, pois para todos os movimentos precisam de sangue e essa atividade exige uma grande quantidade de reserva sanguinaria. Entao seria desperdicio, nao é? Pois aumentaria a necessidade de se alimentar mais rapidamente. Estou certa?
    Abraços

  8. Lola Maria disse:

    Cada raça bizarra que apareçe….