Já faz um tempo que eu conheci o Zé, sujeito digno, um vampiro exemplar. Se não fosse sua aparência horrenda. É pois é o Zé não teve a mesma sorte que eu…

O Zé é um tipo de vampiro mais raro, reza a lenda que os vampiros da espécie dele precisam passar por uma morte e um sepultamento para se tornar um “cainita”. É dizem que eles enterram os ‘candidatos” a vampiros depois de terem seu sangue sugado por completo e lhe dão apenas uma poucas gotas do nosso. Os que que tiverem sorte, depois de alguns dias de apodrecimento corpóreo sobem a superfície desesperados por sangue feito zumbis.

Este é o tipo de vampiro que chamamos de Nosferatu, criaturas horrendas, mas que são muito importantes para a sociedade vampira. Eles possuem a habilidade de se esconderem e de modificar sua aparência. ( o ruim deve ser esconder o cheiro ahuehauehaueh). São os Nosferatu como o zé que são os “informantes” e os “trambiqueiros”.

Preciso de umas armas chama o Zé, preciso saber onde vive aquele safado que te atazana a paciência, chama o Zé. Precisou de ajuda pra ir na balada e conseguir umas gatinhas, não chama o Zé.