Não me recordo se um dia eu falei aqui sobre a falta que tenho do pôr do sol?
Isso garante uma boa história, eu poderia me permitir a licença poética e filosofar um pouco sobre o sol, a lua, a astrologia.
Aliás tenho sentido muita falta disso. Matar matar matar, como eu sonho com a noite que isso irá acabar…

O Wagner de Florianópolis (minha terra natal) mandou a foto abaixo. Obrigado meu caro, não sabes o quão bem tu me fizestes com esse simples retrato!

Cliquem nela para ampliar.