Eu aclamo

Onde está meu ego?
Perdido entre as sensações que nego?
Ou será que realmente, o monstro sou?
Nunca liberto-me do pavor,
À alguém, eu conto meu temor…
À alguém, eu faço as preces,
Para encontrar sentimentos alegres.

O desejo sanguinário dentro de mim, nunca morre,
O ódio sobre todos os humanos, apenas dorme.
Eu que venho das profundas sombras misteriosas,
Eu que vago em pensamentos e discórdia,
A vida de uma criatura lamentável,
Não sabe se existe algo,
Que a liberte de tanta insegurança, dúvida e dor.
Abandonada foi, pelo amor.

Ó pai,
Ó pai, se estás tu aí em cima,
Se és tu dono de tanto…
Alivia meu pranto.
Filho do filho que gerou o pecado.
Sou eu errático.
Sou eu o herdeiro, que possuiu a mente inundada de perguntas,
Sou eu o vampiro que chora por teu sorriso para mim,
Sou eu quem lhe faz os pedidos para dormir,
Um sono ao qual eu tenha um sonho de luz.

Eu sou o mal e o bem…
Eu possuo as qualidades e o desdém.
E eu clamo a ti, um pouco de compreensão,
Um pouco de iluminação,
Ao caminho que sou fadado a andar.

Ó força superior,
Ó força superior, Livre-me do horror.
Livre-me do calor,
O calor dos humanos, sujos, impuros e traiçoeiros,
Seres esses que deveriam está de joelhos,
Perante a presença de seu criador.
Eu sei, que ainda nutres um grande amor,
Por esses insolentes sem escrúpulos.
O teu perdão eu imploro, por tirar a vida desses impuros.

Enviado por Armand Anthony.

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil.

Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos.

Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: https://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

23 Resultados

  1. Armand disse:

    Obrigado por postar aqui, esta mera escrita, senhor Ferdinand. =]

  2. Lola Mariah disse:

    Parabéns baby…lindo texto..
    😉

  3. Armand disse:

    Muito obrigado, Lola Mariah.
    Fico contente que tenha realmente apreciado uma obra tão simples quanto esta!
    Mas pretendo melhorar. E quem sabe enviar ao Senhor Ferdinand, um outro, melhor que este?!
    =D

  4. Lola Mariah disse:

    Devemos sempre ir em rumo ao Progresso…mas ñ se esqueça da Ordem, senão se confundirás

  5. ChetFriedrichAlighieri disse:

    Sempre me surpreendo ao encontrar pessoas que ainda possuem algum tipo de fé genuína.
    São poemas como esse que me fazem pensar novamente em divindades e na minha própria fé esquecida. Não digo perdida pois, negar a existência de um criador superior a todos nós seria o mesmo que rebaixar-nos a teoria evolutiva…

    Acredito sim que,ao passar do tempo as pessoas passaram a ter fé em algo mais fútil e comercial,que de preferência fosse de benefício a todos os que sentem prazer em dominar as massas,esquecendo assim o verdadeiro significado de tal palavra. A religião virou Política. E a fé deixou de existir.

    • Allice disse:

      “E a fé deixou de existir”…
      Essa frase me deixou a refletir por um tempo, Srto ChetFriedrichAlighieri…
      Concordo com tu, claro, tivce que reler uma vez,pois, meu vocabulario não é tão rico assim!!
      Rsrsrs
      Mais, compreendi sim!

  6. Allice disse:

    Q tal mudar o avatar?!
    Rsrsrs

  7. ChetFriedrichAlighieri disse:

    Tenho de concordar que minha foto está meio antiga sim… Quanto ao nome, deixarei como está, pois ele me agrada….

    • Allice disse:

      Acho que tu interpretou errado…
      Falei isso, com a intenção de uma pergunta!!
      Rsrsrs
      Desculpe – me se pareci grosseira,pois, n foi minha intenção!
      Okk, pode flar a vdd, sou feia não?!
      Qr dizer, feia é apelido…

  8. ChetFriedrichAlighieri disse:

    Eu acredito que todas as mulheres são belas a seu modo. Se vossa senhoria está se achando feia, quem sabe uma mudança no look não a faça mudar de opinião???

    • Allice disse:

      Na verdade, ja tive varios cortes de cabelo e estilos…
      Esse agora é oque eu pretendo ficar, sei lá, os outros eram meio esquesitos…
      Pensa em uma menina de, cebelo um pouco abaixo dos ombros, lisos e, com umas 3 mechas Pretas no cabelo vermelho!!
      Rsrsrsrs
      Era assim o meu “Estilo”, esquisito, tipo Rockeira e lelé da cuca!!!
      Por enquanto irei ficar até dezembro com meu cabelo real…
      Qm sabe em Janeiro não mudo novamente?!

      A proposito, essa foto tirei mês passado…
      Tinha acabado de chegar da escola, morrendo de calor e com o coração despedaçado depois de ver uns Garotos espancarem um Vira Lata…

  9. ChetFriedrichAlighieri disse:

    Acho que se eu fosse a pessoa a ver tal cena os ´´Garotos “ é que iriam acabar espancados, um deles inclusive com um lápis de escrever no olho…

    • Allice disse:

      :O
      Nossa, que isso!
      Acho que oque é deles o esperam, não sei onde, e nem a hora, so sei que, logo logo uma “ADRIEL” Ira fazer uma visitinha né?!
      Rsrsrsrs

  10. ChetFriedrichAlighieri disse:

    Tomara que você esteja certa, mas se não, não me importo de gastar um lápis ou dois para ensinar uma lição a pessoas que só sabem se aproveitar dos mais fracos…

  11. Safira_Noturna disse:

    Seja Bem-Vinda novamente ChetFriedrichAligheri. É uma honra tê-la de volta(eu espero). A propósito, meus parabéns pelo Redenção https://www.vampir.com.br/redencao/ Tens e-mail para contato(para conversarmos e trocarmos?)

  12. ChetFriedrichAlighieri disse:

    Agradeço as Boas Vindas. Realmente, Há tempos eu não visitava o Blog.Meu e-mail de Contato é FriedrichAlighieri@Gmail.com. Sinta-se livre para escrever-me quando quiser. É sempre um prazer conversar com as pessoas desse site.

  13. Sabrina Leal disse:

    parabéns lindo texto!!

  14. Blood disse:

    Parabéns meu caro.

  15. Mordred Ortiz disse:

    Adorei… Fascinante

  16. fabiana lee disse:

    belo texto parabéns

  17. Jack Lens disse:

    Muito legal !
    Belas palavras
    Queria escrever assim, mas não tenho tanta inspiração.

  18. Eia disse:

    Será que todos os humanos são impuros??? humm