Tag: Lobisomem

Lycan 10

Lycan, Licantropo, Lobisomem…

Muito se fala sobre os Lycan, Licantropo ou vulgarmente Lobisomem. Ferdinand, às vezes me chama de peludo, mas tendo em vista nossa relação, isso deve ser algo carinhoso?! Dias atrás ele me procurou para conversarmos sobre meu legado e aqui seguem algumas palavras sobre como tudo começou para mim. Provavelmente o vampiro vai deixar isso mais legível/amistoso para vocês.  Por hora, podem me chamar de Carlos e eu já aparecei aqui no blog em diversos momentos, como na história do Totem desaparecido. Era uma manhã qualquer do sec. XIX quando... Continue lendo

Espíritos selvagens, uma experiência real

Os espíritos vagam à luz da noite como animais selvagens em busca de alimento. Isto não é apenas um pensamento ou frase solta, são experiências passadas entre gerações, fatos, lendas ou até mesmo um papo. Daqueles que antigamente nos divertia ao lado da fogueira ou do fogão à lenha em noites geladas. Meu irmão e eu ficávamos imaginando tais seres espectrais, seus poderes e até mesmo seus atributos mais banais, como a forma de contato. Será que vamos conseguir prende-los caso algum dê as caras? – dizia meu irmão, mais do que empolgado. Eu... Continue lendo

O mistério do lobisomem – pt1

Leia como esta história começou… Já era quase 3h da manhã quando meu jatinho desceu em Londres. O voo foi uma bosta e por vários momentos pensei que teria de chegar a nado. Apesar disso, o motorista estava a postos na saída do aeroporto particular e me levou tranquilamente até uma casa que aluguei pela internet. A casa não tinha muitos detalhes, era simples, com acesso a internet e próxima de uma locadora de veículos. Onde naquela mesma madrugada aluguei um potente 4×4. Acomodei as malas, separei algumas roupas, utensílios... Continue lendo

Tô curtindo uma lobisomem

Apesar da nossa missão em conjunto (A magia e os vampiros), não ter evoluído do jeito que imaginávamos, eu consegui finalmente um encontro com Claire, lembram dessa lobisomem? Aquelazinha que quase me matou, mas que depois arrancou vários suspiros… Pois bem, o palco desse encontro foi Londres, numa noite qualquer dos últimos meses. Franz havia tomado um rumo qualquer, h2 estava com ele e decidi retomar o contato com Claire para ver se nossas investidas haviam a ajudado em em algo. Bem na verdade eu tinha segundas, terceiras e quartas... Continue lendo

Estranhos e loucos – final

Enquanto me escondia próxima daquele maldito lugar, esperando Dani mandar o sinal para atacarmos, imaginei como aquelas pequenas crianças se sentiam, tentei imaginar o desespero em cada pequeno e isso me ajudou a focar no plano para terminar logo com tudo. – Pronta? – Sim e você Carlos? – Estou pronto… Apenas quero que acabe o sofrimento destas crianças. – Eu também… – Ao sinal sabe o que fazer… Estarei logo atrás Lili… Carlos retornou a floresta, sabia que iria se transformar, enquanto eu e os outros ouvimos o sinal... Continue lendo

Estranhos e loucos – pt2

Confesso que sempre gostei de “meter a mão na massa” em minhas empreitadas, mas com a chegada da Lilian e da Becky estou conseguindo aliviar um pouco essas incursões práticas. Podendo me dedicar as outras funções mais organizacionais junto das necessidades de meu clã e dos aliados. Apesar disso, sempre que posso utilizo todos os meios disponíveis para ajudar meus irmãos em suas empreitadas. “Fê, encontrei a tribo do Carlos, ou melhor, fui encontrada por eles com certa facilidade. Claro que é um mundo completamente diferente daquele que estou acostumada... Continue lendo

Pés descalços

França, 1857 Estou correndo no meio da floresta. Essa dor de cabeça insuportável está me deixando nauseada, meus pés tocam o solo e quebram os galhos secos, deixando rastros. A dor de cabeça se intensifica a ponto de meu corpo encontrar o chão bruscamente. Meus braços estão feridos e sangrando por conta dos pedregulhos, meu corpo se contorce freneticamente, estou caída ao chão, rendida, a agarrar os cabelos, tamanha é a dor que sinto. Meu grito é agoniante, sinto-me arrepiar, o mundo gira ao meu redor e vejo num lampejo... Continue lendo

Índios, vampiros e lobisomens – pt1

Noutra noite me encontrei com Carlos, aquele mesmo lobisomem (licantropo) que já apareceu por aqui em outras histórias. Estávamos num daquelas tradicionais botecos junto de alguns outros conhecidos e dentre um papo e outro ele nos apresentou uma bela história. Seus relatos chamaram a atenção de todos os presentes, inclusive alguns humanos que lá estavam o estimularam a contar mais e mais. Portanto, como a história agradou e Carlos permitiu sua publicação, vamos iniciar mais um conto repleto de mistérios e “causos” por aqui. “We’re crazy, all fall down We’re... Continue lendo

A bruxa sumiu – pt8

Dificilmente, eu me comovo diante alguma causa, mas o que aconteceu com Helen mexeu muito com minha cabeça. Esqueça que tivemos alguns momentos mais íntimos, o que entrou em jogo depois de ver seu corpo inerte e desfigurado, foi o meu lado mais sombrio e nefasto. Um lado que nunca deveria assumir o controle de meu corpo e que certamente deixaria horrorizada minha mais nova cria. “Se eles querem um demônio eles terão… Pepe também ficaria chocada ao ver a casa bagunçada, por o que há de pior nos lupinos?... Continue lendo

A bruxa sumiu – pt7

– Quando percebi que ia dar merda me escondi em baixo da mesa. Pow cara cê sabe que é foda ali, nego com metranca e tal, atirando pra tudo o que é lado, pirei, saca? Acho que pegaram a véia, botaram no saco e a gente pá. Fiquei ali até pararem de atirar, a mina lá… “Helen” chorando… A tia dela levou umas porrada e comigo foi o tal do terrorismo psicológico… Imagine uma pessoa tensa e cheia de poréns? Depois que ele me confidenciou tal momento, até era possível... Continue lendo