A caixa de Suellen

Para entender melhor esta história leia as duas anteriores:
A morte de um Mago – 1 de 2
A morte de um mago – 2 de 2
[line]
Acordei, tomei uma bela ducha escaldante e ainda nu em meu quarto, passei por todo meu corpo um perfume levemente adocicado. Apesar de possuir vários frascos dos parisienses, ultimamente eu tenho apreciado o leve frescor doce do Stiletto Elegance. Confesso que minha fortuna poderia comprar qualquer perfume que eu quisesse, porém não tenho as ditas “frescuras” dos ricos e utilizo sempre os que me agradam independente de seus valores.

Enfim, o papo de hoje não é sobre, banhos, perfumes ou o sujo dinheiro, mas sim sobre a tal caixa. Neste momento em que inicio meus escritos, está tocando a clássica Stairway to Heaven e certamente alguns irão dizer que pode ser uma coincidência. Outros que é o destino, já eu, no entanto, prefiro pensar é por causa da alta e pura magia, que sempre nos envolve neste plano.

Então depois do banho e do perfume, eu olhei para o criado mudo e aquela caixa que estava sobre ele, parecia-me mais atraente do nunca. Era uma sensação estranha do tipo, que me dizia que eu precisava ao menos tocá-la. Obviamente não resisti, peguei-a e sentei-me sobre a cama, na intenção de mais uma vez tentar abri-la.

Uma leve sacudida e como uma criança que desconfia do pacote de presente, eu ouvia novamente breves ruídos do que havia dentro. Talvez fosse algo de metal, talvez de madeira, porém o que realmente me atraia nela eram os 7 kanjis Japonenes menores. Estes ficavam num dos cantos do cubo e não haviam sido entalhados como os demais. Eles pareciam ter sido feitos a mão com algum objeto cortante, talvez a ponta de uma faca? Pensei…

A fim de descobrir, liguei o notebook e procurei no Google por referências aos tais desenhos. A busca de inicio não foi fácil, haja vista que hoje em dia existem milhares desses ideogramas. No entanto e antes de tudo me lembrei de algumas dicas de Sebastian e resolvi definir de que parte do mundo oriental eles pertenciam. Imagens e mais imagens, até que me dei conta de que eram japoneses e na sequencia descobri que eram do tipo Hiragana e katakana.

Ao fim de uns 20 min mais ou menos, descobri a sequencia: もっと 愛します ou Motto aishimasu que significa em português: Te amo cada vez mais.
Neste instante a imagem de Suellen não saia mais de minha cabeça. Até que resolvi procurar em minhas coisas, pela única lembrança que eu ainda possuía daquela bela vampira: nossa aliança de casamento.

Aquele velho pedaço de ouro, já surrado pelos tempos, não é na verdade uma joia cara ou rara. Porém, sempre carregou consigo além de algumas inscrições em alemão, a energia do que havia sido um momento muito especial em minha não vida. Claro, que depois de tantas décadas ele já não emanava a mesma energia daqueles tempos, ou sou eu que já não a sentia, porém mais uma vez eu decidi colocá-la no dedo anular esquerdo.

Contudo, desta vez ao usá-l, eu senti uma espécie de energia, que inclusive arrepiou desde minha espinha, até os poucos fios de cabelos de meus braços. Além disso, ao fitá-lo por alguns instantes em meu dedo, percebi que a opacidade havia dado lugar a um moderado brilho e ao olhá-lo com mais afinco, percebi que alguns dos riscos haviam sumido. Não cheguei a me impressionar, mas depois de esquecer-me dele em meio as busca na internet, tomei novamente a caixa em minhas mãos e eis que então fui surpreendido por sua tão aguardada abertura.

Alguns ruídos de travas de madeira sendo liberadas, seguidos de uma espécie de destravamento e então um dos lados se abriu. Nesse momento um breve aroma de laranjeiras tomou conta do quarto e inclusive era muito parecido com aquele que eu sentira no funeral de Kieran.

Removi com cuidado a tampa e lá estava uma carta selada com cera vermelha. O carimbo de cera utilizando possuía a imagem de um dragão, algo que na época era muito utilizando pelo clã de Suellen. Junto havia ainda algumas ervas muito bem preservadas e um vidrinho. Dentro do compartimento havia um composto arenoso, cinza escuro e que impressionantemente não possuía cheiro algum.

Isto tudo até então me lembrava muito as poções de Suellen, porém só tive a confirmação ao abrir a carta e me deparar com 3 páginas escritas com a linda letra de Su…

Dentre os escritos em alemão, língua nativa de minha bela vampira, há uma espécie de confirmação do amor que ela sentia na época por mim. Ela comenta também sobre como nosso casamento havia sido o momento mais feliz de sua não vida, dos seus anseios, seus medos e de como queria ser feliz comigo. Há ainda na última página a descrição do ritual, no qual as ervas e o coposto do vidrinho são necessários. É algo relacionado à proteção, fruto do seu árduo estudo naquela época tão longínqua.

Bom, depois que tudo isso aconteceu, vocês já ficaram sabendo pelo meu Twitter, que sai de moto por ai sem rumo. Dei aquela famosa espairecida, em busca do controle de meus pensamentos e como sempre o vento na cara me ajudou muito. Ao menos, não estou mais ansioso e infelizmente tudo que tenho ainda é aquela sensação de saudades, misturada com um pouco de raiva e ódio. No qual vocês só saberão o porquê depois que lerem meu primeiro livro. Onde toda a minha história com Suellen será exposta em seus detalhes mais deliciosos e vampirescos.

Ferdinand W. di Vittore

Nascido em 1827, foi transformado em vampiro com 25 anos em 1852, enquanto ainda vivia na pequena cidade de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, Santa Catarina – Brasil.

Criou este site em 2008 com o objetivo de divulgar as ideias do seu clã, instituição fraternal em que ele, seu mestre e alguns amigos mais chegados pertencem. Além disso ele também publica aqui e no vampir.com.br histórias do seu cotidiano. Está quase sempre bem humorado e nos últimos anos possui um projeto chamado “Os escolhidos” em parceria com Hector. No qual eles “ajudam” a polícia e a sociedade na resolução de crimes hediondos.

Ferdinand também ocupa suas noites com a escrita e recentemente publicou um livro com suas memórias: https://my.w.tt/UiNb/gz325qd62s

Você pode gostar...

63 Resultados

  1. Beleza Eterna disse:

    Ual Ferdinand..
    Deu para sentir tudo daqui com suas descrições *.*

    ;*

  2. luciana fernandes disse:

    sensacional essa historia. espero que o livro saia logo

  3. Suellen Dahmer disse:

    Meine liebe, usarei um trecho de teu relato para começar…

    “certamente alguns irão dizer que pode ser uma coincidência. Outros que é o destino, já eu, no entanto, prefiro pensar é por causa da alta e pura magia, que sempre nos envolve neste plano.”

    Se fosse como nos últimos anos que me rondam, certamente eu estaria dormindo a esta hora, porém hoje fui despertada cedo, como se alguém clamasse em alto é bom tom meu nome, apenas um site veio e minha mente o teu.
    E coincidência ou não ligo o meu net, e me deparo com este teu belo relato sobre a minha Homônimo.
    como sempre gostei muito de saber mais sobre a tua não vida e aguardo ansiosa pelo teu livro.

    P.S, me agrada saber que temos gostos semelhantes.

    • Pois então minha cara, és a prova viva disso e, aliás, ao ler teu nome me estremesse os pensamentos, sabias? Um fato curioso de quando tu fizestes tua inscrição aqui no site, é que por hora imaginei que fosse alguém se passando por minha amada… Enfim, a magia está por todos os lugares e como já disse eu vivo isso a todo instante!

      • Suellen Dahmer disse:

        Ferdinand
        me ofendes ao pensar em minha pessoa desse modo, eu jamais brincaria com um sentimento tão puro, e nobre como o teu, pela tua adorada esposa,espero que essa fama ruim que tens sobre mim tenha passado.
        Outro fato curioso, não tenho intimidade para te aconselhar mais sou um pouco intuitiva as vezes.. e no momento a minha intuição exige que eu te diga..
        Procure a Beth,não continue em meios aos grilhões que te prendem a o passado. Acredito plenamente que era isso que a Suellen quis te mostrar com a abertura da caixa.

        • Então senhorita, acredito que eu tenha me expressado mal. Eu quis dizer apenas que tive uma impressão sim, mas foi algo momentâneo. Com certeza não tenho nada contra a senhorita, ainda mais por causa de seu belo nome. Então, fiques tranquila minha querida… Com relação a Beth ela está numa fase de recolhimento e não sou eu quem vai interromper isso. Beijos!

          • Suellen Dahmer disse:

            Encerramos o assunto com chave de ouro meu bem.
            Entendo que com a Beth não vai dar certo, sugiro que conheças uma outra capaz de te tornar um ser melhor como tu era quando era refém do teu grande amor a Suellen.
            Abraços, e seja feliz!

          • Talvez sim, talvez, não sinceramente não fico muito apreensivo e deixo o destino me surpreender a cada noite. Como dizem o importante é aproveitar cada momento em sua singularidade. Carpe Diem…

          • Doglas B. disse:

            magico ; o amor dos dois

  4. Lady Dark disse:

    Fantastico e Magico!

  5. Carla Silva disse:

    norsa ferdinand !!! voce deixou todos sem folego agora que historia !! linda cheia de magia sentimentos em fim estou anciosa pra ver logo teu livro ..bjss

  6. Beleza Eterna disse:

    Pois é meu querido…Tudo maravilhoso, o mistério ,a magia e a sedução.
    Todos(as) nós adoramos 😀
    Aguardo pelos detalhes do livro ^^

    Bjs ;**

  7. dorivania disse:

    bom dia á todos!
    primeiro adorei o blog,ficou incrivel.A historia…ferdinand sempre se supera.Fascinante como tudo que ele faz.

  8. Beatrice disse:

    Bom Dia ! ~

    Sou novata por aqui. Muito incrível a história. Tenho sempre acompanhado as mais belas histórias de Ferdinand, meus parabéns ! Beijos

  9. luciana fernandes disse:

    senhor ferdinand esta acontecendo algum com seu sait pois toda fez que entro meu ante virus da o alerta que tem uma ameça de virus pois antes não fazia isso obrigado eu adoro esse sait.

  10. luciana fernandes disse:

    ferdinand seu unico amor foi suellen?

  11. Carla Silva disse:

    oi coloquei este link pra voce dar uma olhadinha /vampiroeterno.blogspot.com.br/2012/05/um-pouco-mais-sobre-nos-vampiros.html olha a parte de ritual esse e verdadeiro ? porq cada pessoa coloca diferente ? existe varios ou e so um? sao tantas duvidas perdoe mim pelas perguntas… bjs

  12. special8like8me disse:

    Olá para todos,

    Tem pouco tempo que cheguei aqui e gostei muito de tudo que tenho lido.
    Lindas palavras Ferdinand. Espero que o misto de saudades, raiva e odio desapareça, mas devo confessar por experiência propria que quando sentimos amor e depois ele e transformado em odio, uma vez que o tempo consome e extermina o odio, o amor retorna. Mas verdadeiramente espero que para você, querido Ferdinand, seja só o tempo que trará clareza e controle.

    Beijos a todos

    • Bem-vinda senhorita! Sim concordo com o que me dissestes, o tempo é sempre o melhor remédio para tudo. Mas fiquem tranquilos, posso dizer que todas mulheres ou vampiras que passaram por minha não vida, estão na minha memória. É normal que as vezes nos sintamos ruins por cousas mal resolvidas, todavia, faz parte do eterno jogo de acertou ou erro. Beijos!

  13. Sofia Duarte disse:

    Há muito tempo que não passeava por aqui, foi muito bom ler-te novamente ^^
    Afinal de contas, com o tempo tudo se faz, tudo se sente, tudo se guarda na memória e se revive quando velhos baús se abrem dentro de nós…

  14. Beatrice disse:

    Os anos aproximam-se silenciosamente. Este mundo realmente dá muitas voltas e nos traz grandes surpresas, Ferdinand ! Quem sabe voce se surpreenda mais um pouco.

    • Acredito que se surpreender a cada nova noite, é uma das melhores formas de se manter vivo ainda 😉

      • Beatrice disse:

        Sem dúvida, e isso nos motiva ainda mais a encarar novos desafios. Com o que tem se ocupado ultimamente Ferdinand ? ;D

        • Infelizmente eu não posso apenas me dedicar ao Site, Twitter ou Facebook. Quem me dera, tenho muitos trabalhos ligados a administração de nossas empresas. Obviamente temos alguns ghouls que controlam várias cousas. Porém, é o jeitinho do dono que no fim resolve quase tudo…

          • Beatrice disse:

            É Ferdinand, está certíssimo. Passar a maior parte do dia trabalhando chega a ser bem cansativo, no entanto não temos escolha né. Vou lhe mandar um email, quando der responda-o, tem informações interessantes que quero compartilhar. Os Ghouls seriam tipo ajudantes de trabalho ou uma chefia superior ? Como está o andamento na busca por Eleonor ? Beijos

  15. luciana fernandes disse:

    olá ferdinand o problema com o sait parou.

  16. fabiana lee disse:

    olha, ferdinand estava com muitas saudades do site e não o estava acessando mais esses dias porque eu sofri um grave acidente…. E em coma parece que não estamos nesse mundo e vagamos por várias dimensões, ouvimos tudo mais são vozes quase no infinito vagas e imprecisas´, e nisso, ao despertar, percebi o quanto a vida é preciosa e que bom que sentes isto por suellen, pois não há nada melhor do que guardar boas recordações do nosso passado e poder relembrar sempre que estamos sós nos traz um conforto muito grande á alma , creio eu que mesmo que encontre muitos amores por aí acho que o de su sempre estará vivo em teu coração … beijos estava com muitas saudades mesmo …

  17. fabiana lee disse:

    agora terei de ir beijos á todos! e espero não poder me afastar mais do site por tais motivos pois me sinto solitária e não queria mais poder ficar longe de todos vocês pelos quais tenho muito apreço ! beijos fer!

  18. Doglas B. disse:

    Gostei interesante…
    Tem algo novo para mostra

  19. Muito bom…
    Bém detalhado mesmo.
    Adoro ler suas historias parabéns

  20. Suellen disse:

    Essa História me surpreendeu.. porque a sua amada tem meu nome, nunca imaginei que meu nome estaria em uma história de vampiros, logo eu que sou fascinada por esse tema. Linda História de amor.

  21. Allice disse:

    Ferdinand, de uma dica pra gente: em q pais vc mora????

  22. Allice disse:

    Pf Ferdinand, para em um lugar, pelo menos perto de Cajuru – SP!

    E me diga onde é!

    Quero muito lhe conhecer!!!!!

  23. Janielly Rodrigues disse:

    Bom dia amorzinhos ^^
    Nossa Ferdinand, estou em choque, que misterios hein? Putz tu não vai mais se livrar de mim tendeu? Janie ataca novamente hahaha

  24. Janielly Rodrigues disse:

    FERDINAND ME TRANSFORME!!!!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    #ZUANDOOOOO

  25. fabiana lee disse:

    jany u estava com saudades … e ferdinand onde andam os outros wampirs do site há tempos não os vejo por aqui… besitos !

  26. fabiana lee disse:

    oi senhor ferdinand wulffdert de vittore vejo que vosso site está sempre trazendo cada vez mais leitores para se deliciarem com suas histórias fascinantes como já disse …. küsses

  27. fabiana lee disse:

    e tu nunca perdes o teu humor não é mesmo senhorita janiely estava com saudades de tudo e de todos,e como é bom està aqui novamente

  28. Sabrina Leal disse:

    a história e tão boa que faz transmitir o sentimento ao leitor, parecia que ao ler estava lá vendo a caixa e sentindo o cheiro..

  29. Sabrina Leal disse:

    Isso é muito bom, gostei muito…

  30. ingred alves disse:

    Nossa ferdinand,ao ler essa historia me arrepiei e espero que seu livro saia em breve mesmo,pois estou aguardando anciosa para saber maiz de sua historia….
    Bjuss <3

  31. Suellem B. disse:

    Linda estória, suas palavras me deixam encantadas, mon cher.