Eis que os dias e noites passaram… Nesse meio tempo desde que fui possuído pelo espírito do Ari e com o tempo que passei junto da Pepe e seus treinamentos, eu comentei que teríamos uma reunião de clã. Bom, tal reunião serviria para ver quem ainda faz parte do clã e quem sabe renovar nossos laços de sangue.

Apesar disso, tivemos de adiar. Lilian apareceu e trouxe novidades do seu sumiço. Sei que para ela e para quem leu, há uma pulga atrás da orelha quanto a sequência de nosso relacionamento. E nesse sentido resolvi trazer um pouco mais de detalhes. Inclusive, isso me fez tirar a poeira do equipamento e produzir um novo VampiroCast. Este aliás no qual vocês pode ouvir aqui em seguida ou continuar lendo, caso não seja possível nesse momento:

Direito de resposta é o que chama? Talvez… mas tendo em vista que a Lilian abriu seu coração, como os humanos dizem. Resolvi fazer o mesmo…

Vocês ainda não sabem tudo o que passei com Suellen, minha primeira esposa, pois obviamente isso está guardado a sete chaves e faz parte do final do Ilha da Magia, livro no qual devo terminar em breve. Sim, em breve!

Mas o que isso tem a ver com a Lili e os dias atuais? Pois bem… Desde a época quando fui transformado, passando pelo meu casamento. Depois, teve a Julie, a Eleonor, a Beth, a Claire e até aquela jornalista meio doidinha que foi para o lado negro da força, se é possa chamar assim… Os meus relacionamentos têm sido tensos. Inclusive com a Lilian, que é o objetivo deste papo.

Veja bem, alguém que está numa posição tal qual a minha, onde sou um vampiro. Onde enfrento todas as noites as consequências de ter sido transformado nisso, digamos que não posso me dar ao luxo ou pelo menos não me sinto confortável em ter um relacionamento, assim tão fixo.

O mundo mudou sabe, mesmo nós não temos mais a pressão que existia antigamente para se casar e viver junto para sempre. No que diz respeito aos vampiros esse para sempre é muito longo, sabe?

Enfim, numa noite dessas eu falei com a Lili, expliquei isso e acho que ela entendeu. Mais do que isso estou num momento de revisão de parcerias, nosso clã passa por uma fase de renovação de aliados. Alguns negócios e fabricas passaram por transformações em função da pandemia e isso toma muito tempo de mim.

Acho que a pressão e o stress do momento tiram esse lance da minha cabeça… E seria mais uma pressão minha de não querer nada sério com ninguém agora em termos de relacionamento.

Quem sabe, mais para o futuro quando toda a poeira desse movimento passar? Temos a vida eterna babe e se tiver que ser, será! Como diz o ditado…

Fora isso, tô aqui na luta indo atrás de cada um do clã, na expectativa de que eles me deem boas notícias nas próximas noites.

9 comentários

  1. Ahh Fer espero que tenhas boas notícias, pó orque deve ser ruim demais ficar sabe, meio sozinho, quando se é acostumado a viver rodeado de pessoas, e de todo aquele movimento, quando tudo muda vc fica meio que sem entender, eu mesma fico assim sabe, mas tomara que tudo se resolva e que seu clã se restabeleça, e que tudo fique bem com a Lili.. afinal, tentar abafar um sentimento tal qual esse é difícil… Mas com o tempo vai diminuindo… Ou não….

    • Só o tempo para responder certas perguntas… A gente muda, o mundo muda a gente e assim seguimos. Sempre na expectativa de resolver as coisas e de se resolver. Eu ao menos sigo com essa perspectiva, sabe.

      • Como eu te disse pessoalmente, eu precisei me reorganizar e entender cada sentimento antes e acredito, pelo que disse, que esteja passando pela mesma situação. O tempo é o dono de tudo.

        • Oi Lili, senti sua falta, e creio que logo tudo se ajeitará, como o Fer disse … Estamos sujeitos a mudanças eu mesma que o diga, só o tempo pra ajeitar as coisas, deve estar muito confuso, acho que todas nós mulheres passamos por isso, sendo imortais ou não, o sentimento pode ou não se abrandar ou pode vir até mesmo com mais intensidade, bom, vamos esperar que só o tempo terá as respostas para todas as nossas perguntas/dúvidas. Abraços Lili …

    • Sei como é Fer, depois que perdi o meu amor eu nunca mais consegui amar mais ninguém, acho que jamais conseguirei novamente, meu coração se fechou e com ele o trauma de sofrer tudo novamente, não sei se com vcs é assim sabe, quando vc vive muito tempo, vc sabe lidar melhor com as emoções, digamos, pode até parecer confuso no início mas como vc mesmo disse não se fica muito preso a sentimentos, pode até ser que sim, mas são tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo que não nos damos muito ao luxo, rsrs digamos de se dedicar ao máximo pra fazer um relacionamento fluir de forma que dure a eternidade, eu estou como vc Fer, e aguardo ansiosa pelo o que vem por aí no término do livro, e que segredos seriam esses ? Vamos esperar para saber rsrs

  2. Que nostálgico, finalmente você voltou com o vampirocast, particularmente prefiro as historias onde você as narra em forma de áudio, faz eu imaginar que estou com vocês ksksks, abraço Fe!, aguardo novidades.

Deixar uma resposta