Tag: conversa

Uma nova jornada – Parte VI: novas experiências

– Becky você irá me matar desse jeito! – Só se for de prazer, dear. Novas experiências devem ser sempre bem-vindas… Naquele momento, eu não podia evitar o sorriso e o desejo que transpareciam em meu rosto. E, afastando a sede pelo sangue de Lorenzo lembrei-me que após aquela noite, demoraríamos um tempo para ter momentos juntos e íntimos novamente.  Após aquela típica festa de fim de ano, eu já havia passado pelos primeiros processos e soube que meu pequeno treinamento seria semelhante ao de um iniciante para que eu... Continue lendo

Uma nova jornada – Parte II: conversa entre amigos

Aquele som de telefone em espera e eu, cada vez mais ansiosa. Então, finalmente ouço sua voz grave e divertida: – Hey Becky, qual é o ar da graça? – Oi Fê! Muito ocupado? Está a fim de sair para bater um papo? Ter uma conversa num lugar bacana… – Humm como sabes que estou sem planos para hoje à noite? Tá sabes que não nego um “rolê”, ainda mais com essa lua gigante no céu. Te encontro ai antes da meia noite!! – Ok, cinderela, até daqui a pouco,... Continue lendo

Lilian à Reunião – Pt4

Eu devo estar tendo algum tipo de alucinação muito doida, ou todo esse quebra cabeça não fazia o menor sentido…. Sabe aquela sensação em que parece que você viveu dentro de uma ilusão por muitos anos? Ou talvez por quase toda tua vida? Eu estava assim, me sentindo completamente sem chão, queria correr dali, mas não era a melhor opção, ainda tinha que resolver toda esta trama, dar fim nisto tudo. Eu precisava sentar, pensar, precisava de conselhos, mas de alguém de fora, que entendesse este sentimento de abandono, de... Continue lendo

A hibernação de Eleonor – 1 de 2

Este não é um texto normal daqueles no qual eu gosto de gerar expectativas e apreensões em vocês. Tampouco, um daqueles textos em eu encho de firula ou figuras de linguagem  afim de satisfazer aqueles que procuram algo a mais além dos livros, filmes e seriado humanos. Este é portanto um texto baseado em fatos e situações reais. Ocorreu no final da semana passada, uma data que ficará por um bom tempo em minha mente: 16/07/15, a noite em que minha linda morena decidiu hibernar por pelo menos 50 anos.... Continue lendo

De volta a uma rotina nada normal – Parte VII

Eu estava concentrada no tilintar do gelo batendo no copo de Whisky. Olhando distraída o movimento do liquido, pensando em Lorenzo, quando Sophie voltou, após precisar atender uma ligação. Até então, a conversa não havia nos levado a nada, mas já conseguia perceber que aquela vampira, mais velha e experiente que eu, queria apenas uma aproximação. – Eu gostaria de pedir desculpas pela forma nada cordial, na qual nos conhecemos. – Disse ela, tirando-me de meus pensamentos. – Hum. Realmente, sua forma de apresentação foi totalmente estranha e desnecessária. –... Continue lendo

Sangue frio – Pt4

Sua chamada está sendo encaminhada para a caixa de mensagem, após o… Desisti de ligar para ele naquele momento após umas dez tentativas. Eu estava entediada, e de certo modo também já preocupada com aquela criatura. Naquelas noites, fiquei na casa de Hector em busca de alguns contatos e estudando relatórios. Tínhamos tanto trabalho pela frente que não tive tempo para mais nada. Ele havia decidido visitar alguns locais e já se passavam três noites de sua saída. “Raios, será que morreu ou foi capturado ou isso é próprio de... Continue lendo

Mais algumas lembranças de Becky –  Final

Algumas horas se passaram, tive tempo de analisar tudo o que havia dentro daquela sala. Pela janela percebi que estava a algumas horas do amanhecer e imaginava alguma maneira de sair daquele lugar. Estava apreensiva pelo que poderia acontecer em seguida. Até que finalmente alguém abria a porta. Mas, de súbito paralisei e meus instintos farejaram algo familiar como se eu já conhecesse quem entrava. Virei-me devagar. Ela me observava como se pudesse ver-me por dentro. Durante alguns minutos permanecemos assim, olhando uma para a outra. -Sente-se Rebecca… Humm, agora... Continue lendo

Mais algumas lembranças de Becky – Parte II

Há algumas semanas atrás, eu fiz uma pequena viagem.  Fui verificar um problema em uma das minhas contas bancárias que possuo na Inglaterra, pelo que me constava, determinada quantia em dinheiro havia sumido. Eu e minha mania de agir por impulso me fizeram esquecer de avisar alguém de que eu estaria lá, e por um instante meu sexto sentido me fez imaginar que havia algo errado. Enviei apenas uma mensagem para Ferdinand avisando que estaria fora por uns três dias, e que qualquer coisa entrava em contato. Marquei um jantar... Continue lendo

Servidão – pt3

Após estacionar o carro em uma rua mais ou menos movimentada, Abdullah  se dirigiu a casa de Madame Scylla, junto com o seu corvo, que o seguia de perto, escondido por entre às árvores. Parando em frente a um casarão antigo, de caráter histórico, Abdullah bateu na porta com os nós dos dedos, levemente, sem fazer muito barulho. —Sim? O árabe se endireitou e, antes de entrar no casarão, estendeu o braço, de forma a receber o peso do corvo. —Madame Scylla se encontra, eu presumo?—Sussurrou Abdullah para o pequeno... Continue lendo

Servidão – Entre atos 2 e 3

Ygor Pietro estava muito irritado. Não bastasse os erros de seu mais novo pupilo, o clã de Madame Scylla se recusava a aceitar um pagamento em espécie pela morte de um dos seus membros, Thomas E. Lloyd. Continuavam as negociações, mas a chance de o conflito, até o momento diplomático, tomar proporções militares era muito grande. -Me chamou, Pietro? -Uma voz feminina e calma veio da porta do salão em que o mesmo se encontrava sentado. -Sim, Emmanuelle, entre. Uma moça alta, perto de seus 30 anos de idade, olhos... Continue lendo