Autor: (w) Lilian King

Vampiro Élfo

Gone – Parte III

Sabe qual é a melhor parte dessa loucura toda de me isolarem? É deixar pensarem que eles possuem algum controle sobre mim! A ironia disso tudo é aquela merda de sempre, quando você acha que está “por cima da carne seca” na verdade você está embaixo, pois se eles acharam que eu ficaria infeliz com essa situação toda, meus caros eles se enganaram completamente! Vão ver a disciplina que eu vou levar! Enfim vamos ao que interessa? Uma semana havia passado desde o dia em que recebi a noticia sobre... Continue lendo

Gone – Parte II

Daniel POV Depois de um tempo afastado da Ordem eu achei que voltaria aqui por algum motivo bom, mas infelizmente não era isso que iria acontecer, a minha volta aqui talvez fosse uma das mais dolorosas da minha existência, hoje eu iria colocar minha pequena para hibernar e dessa vez o tempo era indefinido, só que alguma coisa me dizia ter algo muito errado acontecendo por aqui. Quando nós entramos na fortaleza fomos recebidos por alguns bons amigos, Trevor, Michael e para minha surpresa Jonathan havia acordado após 200 anos... Continue lendo

goth cry

GONE

-Hey! Wake up sleepbeauty! ( Bom dia bela adormecida!) -What the fuck Steve? (Mas que porra Steve!) -Come on! It’s late! Get your ass from the bed!( Ah fala sério! Está tarde! Sai dessa cama!) -No! ( Não!) -Don’t be a fucking kid! Get up man! ( Não seja uma criança! Levanta!) -Why? (por que?) -Let’s get out! Have some ride Lili!( Vamos sair Lili! Vamos andar de moto!) -Oh for fucks sakes! ( Ah minha puta que pariu!) -Comeeeeeee Liliiiiiiii!!! (vamossssss Liliiiiiii!!!) -Okay okay… Let me put my pants... Continue lendo

Recomeço – pt I

“Todos viemos ao mundo da mesma forma, todos vamos embora para a mesma merda de buraco, de um jeito ou de outro.” By Lilian King. Engraçado como as coisas são, como o tempo cura quase tudo e como o nosso corpo e a nossa mente consegue acatar mudanças… Hoje eu levo uma vida completamente fora do normal, para vocês claro! Eu as vezes acordo e nem percebo o quanto da humanidade eu já deixei para trás e o quanto dos sentimentos já deixei de sentir. Tenho poucos apegos mundanos, talvez... Continue lendo

Uma amizade improvável – Parte final

Lembrei porque eu não sou fã de Londres, porque os bares (pubs) fecham as portas até a meia noite e todos ficam igual siri na lata dentro do pub… Agora imagina isso para um vampiro como deve ser bacana, imaginou?! Então a merda é que eu estava sozinha seguindo o rastro da minha atual, ex, mais ou menos companheira, sei lá cara, nem sei que nome se da um relacionamento distorcido assim, será que é “Disturb Relationship”, “What Fuck Relationship”, “Go fuck yourself Relationship”! Muitos nomes, mas mesmo assim eu... Continue lendo

Uma amizade improvável – Penúltima parte.

Sabe o que é a pior coisa do mundo? É você não ter ação sobre todas as coisas a sua volta! Eu me perdi no meu duelo com Alex e esqueci que ali em volta estava rolando o caos terrestre. Em tempos como este a nossa única ação é a instintiva, sabe aquela que você usa quando precisa de algo ou conseguir alcançar aquele objetivo tão almejado, era aquilo que eu sentia e era aquilo que eu buscava. Lutar com a espada definitivamente não era um desafio para mim, muito... Continue lendo

Uma Amizade Improvável pt 7

-Então quer dizer que você é o arrombado que anda nos perseguindo? – cara de uma coisa você pode ter certeza, não tente ser filho(a) da puta comigo, eu vou descobrir e vou acabar querendo fuder com a sua vida em grande estilo! Não me importa se você é um bosta miserável ou um milionário com pinto pequeno, o que importa é que eu vou atrás de você e vou acabar com a sua vidinha medíocre de alguma forma sensacional com direito a platéia. A cena era a seguinte, nós... Continue lendo

Uma amizade Improvável pt 6

A minha paciência estava perdida em algum lugar do mundo mas não por perto de mim, se eu tivesse um coração pulsante ele provavelmente teria saído pela minha boca… Daniel estava aqui, Steven estava aqui, Trevor estava aqui, mas faltavam os meus companheiros rednecks sobrenaturais, eu precisava deles… Nós todos precisávamos deles! Eu fiquei igual um tigre rondando o perímetro da casa, não consegui sentar e esperar tranquilamente, andei e fumei no mínimo um maço de cigarro do lado de fora, – Oi meu amor… Ainda bem que não és... Continue lendo

Uma amizade Improvável pt 5

Amizade improvável   Vamos lá, eu abro a porta e lá está uma Kate nua, nua, NUA! E não é aquele nú bom que a gente pode receber de vez em quando em uma booty call, nãoooo! Comigo tem que ser sempre na moeda do azar, tem que ser um nú com o ser machucado e pedindo ajuda! A minha sorte me fascina, juro, me deixa fascinada e encantada, sqn! Peguei Kate no colo e a levei até o sofá da sala, lá lhe dei um cobertor e um copo... Continue lendo

Uma amizade improvável pt4

Eu devia ter feito muitas perguntas para Steven antes de sair de casa daquele jeito, devia ter perguntado quem ela era realmente e o que ela queria. Mas sendo bem honesta, no fundo eu sabia que ele não teria todas as respostas e se tivesse provavelmente teria me falado… Segui até o endereço informado, mas alguns metros antes eu decidi guardar minha moto e seguir a pé, não queria chamar a atenção muito cedo, por tudo se Kate era uma vampira com uma “surpresinha”, seria bacana manter a precaução como... Continue lendo