Depois de um ano inteiro de férias, não posso dizer que sou um vampiro novo. Apesar disso, fica claro que o mundo mudou desde que iniciei este site 10 anos atrás. Pois é, faz muito tempo… Alguns seguidores daquela época ainda mantem contato comigo. Outros vindos das redes sociais apenas apareceram aqui para matar a curiosidade. No fundo, apesar dos contratempos, sou muito feliz pelo acontecimentos gerados em função de meus relatos virtuais.

Ao longo do ano de 2017 eu experimentei o mundo. Deixei de lado inclusive o trabalho, o clã e isso foi caótico para alguns. Sebastian, minha cria mais antiga teve de largar os estudos acadêmicos ao lado de sua esposa Claudia. Ambos tiveram de se dedicar a administração dos negócios mais burocráticos. Tendo inclusive de usar por alguns momentos o famigerado terno e gravata, algo completamente diferente daquilo que utiliza quando está na fazenda.

Franz, meu “irmão mais velho” também assumiu diversas funções que até então eram dedicadas somente a mim e precisou largar a cabana do mato. A cabana do mato não foi na verdade a principal coisa que teve de abdicar e quando teve de deixar algumas festas de lado em prol do clã a coisa ficou feia. Até guardei alguns áudios dele me xingando para a posteridade. H2 está sempre junto dele e seu relacionamento é bastante conturbado. Franz reclama com frequência, que nunca mais transformará “um velho” em vampiro.

Lilian e Rebecca no final de 2016 já haviam tomado seus próprios rumos com seus companheiros. Naquela época eu confesso que havia ficado um tanto quanto enciumado por elas estarem mais distantes. Só que o cotidiano vampiresco funciona dessa forma, a vida eterna proporciona um mundo conectado e realmente são muitos lugares, indivíduos e grupos para se conhecer.

Frederick, pelo o que sei desde a última vez que ele entrou em contato está numa jornada pessoal muito parecida com a minha. Não sei detalhes, mas é provável que esteja com seu amante por algum canto do velho mundo ou talvez pelo oriente?

Hadrian, Pepe e Claire são os sobrenaturais no qual mais tenho contato neste momento. Passamos por alguns momentos especiais ao longo do ano. Fatos que serão apresentados por aqui nos próximos meses.

Por hoje é isso e ótimo 2018 a todos!