Tag morte

Eu aclamo

Onde está meu ego? Perdido entre as sensações que nego? Ou será que realmente, o monstro sou? Nunca liberto-me do pavor, À alguém, eu conto meu temor… À alguém, eu faço as preces, Para encontrar sentimentos alegres. O desejo sanguinário…

O Justiceiro

Acabo de ler uma notícia que demonstra na prática o que tenho tentado mostrar por aqui desde 2008. Esta notícia publicada hoje no portal ClicRBS de Santa Catarina fala de alguém que assina uma carta que círcula pela região de Balneário…